Actualização de status do Sistema Solar (artigo de 09-02-2015)

A fase da ruptura significa que as Forças da Luz já não estão apenas focadas no quimera e na cabala. Também estão a encetar todos os esforços para a ruptura final. Durante a fase de ruptura, o Véu será lentamente dissolvido e a quarentena gradualmente será levantada. Existem operações em curso para que o processo de Divulgação rompa através dos meios de comunicação sociais convencionais, através de fontes de alto nível na Índia e na Rússia. Essa ruptura deverá acontecer quando o grupo quimera perder influência suficiente sobre os militares nos países acima mencionados.

O nosso Sistema Solar esteve sob o controlo do império quimera / Orion / Andromedano (negativos) e seus lacaios draconianos/reptilianos nos últimos 26 mil anos, efectivamente colocando o planeta Terra sob o estatuto de quarentena, isolando-o das civilizações ET positivas.

As Forças da Luz foram forçadas a assinar um tratado de não interferência, que previa que não iriam interferir directamente na superfície do planeta Terra e que, por sua vez, o quimera também adoptaria o mesmo procedimento. Embora esse tratado tenha sido bastante prejudicial para o desenvolvimento da Humanidade nos últimos 26 mil anos, também impediu a Humanidade de ser atacada directamente pelo quimera e pelos seus lacaios draconianos/reptilianos. Esta é a razão pela qual os agentes do Movimento de Resistência não estão contactando os seres humanos na superfície deste planeta. Este tratado também é a razão pela qual os reptilianos não comeram massivamente seres humanos enquanto estes tomavam o café da manhã, ao ar livre nas cidades da superfície, após 1996 quando sua presença à superfície do planeta aumentou sobremaneira, com 500 milhões de entidades presentes. Este tratado também é a razão pela qual as bombas strangelet não foram detonadas em muitas ocasiões. Assim que a ameaça do quimera for removida, as Forças da Luz intervirão directamente na superfície deste planeta.

As tentativas indirectas de furar a quarentena começaram no século 19, quando os Pleiadianos inspiraram a criação da sociedade secreta NYMZA (Sonora Aero Club), para construir dirigíveis:

http://en.wikipedia.org/wiki/Charles_Dellschau

Tesla tinha ligação com a NYMZA e tentou construir uma nave espacial para viajar até Marte. A sua tentativa falhou, depois do banqueiro JP Morgan ter parado de financiar o empreendimento.

Marconi foi aluno de Tesla e depois de ver como a cabala maltratou Tesla, ele e algumas outras pessoas (incluindo o famoso alquimista Fulcanelli) mudaram-se para a América do Sul, onde construíram uma cidade secreta subterrânea, nos Andes, em 1937:

http://www.bibliotecapleyades.net/tesla/esp_tesla_35.htm

Tesla, Marconi e Fulcanelli eram todos membros da Irmandade da Estrela.

A segunda tentativa Pleiadiana para furar a quarentena começou no início do século 20, com as sociedades Thule/Vril na Alemanha. Em breve, espécies mais hostis assumiram o controlo do programa espacial alemão, que culminou na construção de uma base lunar secreta pela alemanha nazi, durante a 2 ª Guerra Mundial. Como semelhante atrai semelhante, a base lunar nazi foi tomada pelos reptilianos, logo após o fim da guerra, e todo o pessoal exterminado.

A tentativa mais directa de furar a quarentena foi feita no dia 20 de fevereiro de 1954, quando o presidente Eisenhower se encontrou com representantes Pleiadianos e do Comando Ashtar, na Base Aérea de Edwards:

http://exopolitics.org/Study-Paper-8.htm

Pressionado pelos militares negativos, Eisenhower foi forçado a rejeitar um acordo com os ET positivos para mais tarde assinar um tratado com as raças negativas Zeta e draconiana em seu lugar.

No entanto, os Pleidianos conseguiram negociar uma permissão com os militares negativos para construir uma base secreta sob a ilha Bora Bora, na Polinésia Francesa, sob a condição de que a sua existência fosse desconhecida da população da superfície.

James Francis MacIntyre, o Bispo de Los Angeles, esteve presente na reunião, na Base da Força Aérea de Edwards e relatou o processo aos jesuítas. Existem fotos e filmes de naves Pleidianas, tiradas nessa reunião, na biblioteca do Vaticano. Os jesuítas também foram regularmente actualizados, pelos militares negativos, com todas as tecnologias que os militares tinham recebido dos Zetas e Draconianos. Um programa espacial secreto jesuíta foi iniciado em 1956 para construir bases na Lua e em Marte. O programa não foi muito bem-sucedido e, ironicamente, recebeu o nome de código Marconi.

Vatican
A Biblioteca do Vaticano retém conhecimento das civilizações no interior da Terra, da Confederação Galáctica da Luz e do Comando Galáctico Asthar nas suas livrarias.

O programa espacial secreto começou realmente no início dos anos 60, quando o grupo quimera deu permissão aos militares negativos dos E.U.A., países europeus da NATO, URSS e China para a construção de bases secretas conjuntas na Lua e Marte, em determinadas áreas restritas. Para além disso, foi assinado um tratado secreto entre a cabala e o complexo draconiano/reptiliano/zeta, que deu apoio técnico à cabala na construção de bases lunares e marcianas, e em troca essas raças alienígenas negativas receberem permissão para construir bases subterrâneas na Terra, juntamente com os militares negativos.

Uma base marciana conjunta dos E.U.A./U.R.S.S. foi, assim, construída em 1964 e, posteriormente, expandida nas décadas seguintes, quando mais bases na Lua e em Marte foram adicionadas ao programa. A principal base lunar foi construída no lado mais distante da lua e recebeu o nome de código C.O.L. (Comando de Operações Lunares).

O programa espacial secreto, no seu todo, foi chamado de Solar Warden [Ala Solar] e supersoldados de elite foram aceites no programa, após serem submetidos a uma lavagem cerebral com a ideia de que estariam a defender a Terra de alienígenas negativos. Alguns diplomatas da O.N.U. sabiam da existência da Ala Solar e, ingenuamente, acreditavam ser um programa global de defesa da Terra contra a ameaça alienígena. Na realidade, o objectivo do programa espacial secreto foi o de construir infraestruturas Humanas/draconianas por todo o Sistema Solar, para apoiar a invasão arconte, que aconteceu em 1996:

https://authenticmentoring.wordpress.com/2014/08/04/how-many-whistle-blowers-does-it-take-to-expose-the-secret-space-program

Do lado humano, o programa foi dirigido pelos << 4 profanos >> (Bush pai, Henry Kissinger, Donald Rumsfeld e Dick Cheney). Os << 4 profanos >> na realidade são draconianos que encarnaram em corpos humanos à 26.000 anos atrás, sendo estes os quatro draconianos/humanos híbridos mais vistos.

Breakaway
A dívida mundo inteiro já ultrapassa os 233 triliões de dólares. A quem devemos? Acho que os Marcianos vão exigir o pagamento em breve.

Dick Cheney foi o líder da Corporação Marciana (Mars Corporation) e, num certo ponto, reclamou ser o proprietário de toda dívida planetária que a Terra tem para com a Mars Corporation e para com a civilização separatista, que tem sugado a força de trabalho da Terra através do sistema de bancos centrais dos Rothschild:

http://newsinsideout.com/2015/02/disclosuregate-former-congress-members-bribed-cheneys-secret-mars-program

As Forças da Luz infiltraram-se no programa espacial da Ala Solar de muitas formas. Eisenhower, encurralado pela cabala e forçado a associar-se aos alienígenas negativos, criou algumas células secretas dentro do programa Ala Solar, que estavam a trabalhar para a Luz.

Além disso, a Organização (a percursora do Movimento de Resistência) teve equipas secretas infiltradas no programa Ala Solar. A Organização também cooperava com os Andromedanos positivos que estavam bem cientes da situação no Sistema Solar.

As Forças da Luz construíram a sua própria base lunar no interior da cratera Tycho e eu visitei essa base em 1983. Era uma grande estrutura em dome, com uma bela piscina interior, de onde se podia ver a Terra. Muitos anos depois, tive um momento surreal, quando estava numa piscina semelhante na Terra, coberta com uma cúpula de vidro e olhava para a Lua em quarto crescente. Foi então que tive um choque: o meu cérebro ficou confuso ao ver a Lua crescente uma vez que, para ele, através daquela estrutura de vidro em forma de dome eu deveria estar a ver a Terra em vez da Lua!

Após a invasão arconte, em 1996, o nosso Sistema Solar foi invadido por entidades draconianas e reptilianas. A sua principal base militar era em Caronte (lua de Plutão), com muitas fortalezas no principal cinturão de asteroides. Nesse período, muitas pessoas-chaves foram levadas para bases militares subterrâneas e traumatizadas por meio de programações mentais contra a Confederação Galáctica e o Comando Ashtar. Esta é a razão pela qual muitas pessoas estão agora tão fortemente programadas contra o Comando Ashtar.

Durante a massivaa ofensiva de libertação, entre 1999 e 2004, as Forças da Luz do Movimento de Resistência, Pleidianos, Sirianos, da Frota Andromedana e do Comando Ashtar, removeram a grande parte da presença draconiana/reptiliana do nosso Sistema Solar.

CHSaturn

Após 2004, o remanescente das forças draconianas/reptilianas trabalhou em estreita colaboração com os << 4 profanos >> para defender o planeta Terra da frota de libertação das Forças da Luz e Galáctica, manipulando os super soldados da Ala Solar contra a Luz. Entre 2004 e 2012, as Forças da Luz limparam este Sistema Solar de toda presença draconiana/reptiliana, excepto aqueles que trabalham directamente com o grupo quimera. Durante esse tempo, a Ala Solar operou essencialmente a partir de dois locais:

  • Em operações sublunares e na órbita da Terra com os X-22A, SR-33A e veículos sublunares TR3-B, baseados na Base Aérea de Peterson no Colorado, que por acaso também é a sede do NORAD (rede de radar para detecção OVNI) e do Comando Aéreo Estratégico:

http://www.aliendave.com/Article_US_SpaceBase_UTAH.html

http://en.wikipedia.org/wiki/Peterson_Air_Force_Base

  • As operações do Sistema Solar eram dirigidas a partir da base subterrânea de Kings Peak, em Utah, onde a maioria das pessoas e infraestrutura foram transferidas das Área 51 e S4, quando esses dois locais se tornaram muito conhecidos.

Em 2012, as forças da Luz extinguiram a Ala Solar e desde então a cabala está circunscrita à superfície deste planeta, agora dependendo essencialmente das promessas (vazias) do quimera, de que irá retirá-los para fora do planeta quando ocorrerem as detenções em massa. Agora sentem-se abandonados e começam a ficar preocupados:

http://www.zerohedge.com/news/2015-01-31/what-do-they-know-why-are-so-many-super-wealthy-preparing-bug-out-locations?page=2

Desde o início do ano passado, as Forças da Luz estão a lidar com o quimera directamente. Desde o final de Janeiro deste ano, quando as bombas strangelet e toplet físicas foram desactivadas, começaram as operações de limpeza deste Sistema Solar dos últimos vestígios das trevas. Esta operação tem o nome de código de Operações Multidimensionais do Sistema Solar [Multidimensional Operations Solar System cujo acrónimo é MOSS]. Esta operação ainda está em curso. Avanços importantes aconteceram nos últimos dias. Após a conclusão com sucesso da MOSS, e sensivelmente na mesma altura, o Evento, a Divulgação e o Primeiro Contacto acontecerão, pondo um fim ao estado de quarentena do planeta Terra.

Traduzido do artigo original em: “Solar System Situation Update”, publicado no dia 9 de Fevereiro de 2015.

Traduzido originalmente por “Sementes das Estrelas”:
COBRA / Portal 2012 – “Atualização de Status do Sistema Solar” – 09.02.2015

Deixar uma resposta

Top
%d bloggers like this: