A Onda Galáctica do Amor (artigo de 26-07-2015)

No centro da nossa Galáxia existe uma enorme estrela dupla, a fonte de Luz e vida nesta Galáxia, a Deusa Galáctica, o Pleroma, o Sol Central Galáctico, que respira e pulsa num ritmo regular, onde cada batimento cardíaco leva 26.000 anos a completar-se. Toda vez que o coração Galáctico bate, o centro Galáctico envia uma onda de partículas físicas e não físicas altamente carregadas por toda a Galáxia. Este batimento cardíaco Galáctico produz o arrasto que causa precessão do eixo da Terra para se alinhar com o ciclo de 26.000 anos:

https://endgametime.wordpress.com/understanding-precession-of-the-equinox/

Agora, estamos a aproximar-nos de uma onda Galáctica neste momento que culminará no Evento.

Os Pulsos Galácticos anteriores foram bastante intensos, tal como tem sido descrito de forma muito precisa por Paul LaViolette:

http://www.starburstfound.org/downloads/superwave/Nexus2009.pdf

Ele e muitas outras pessoas esperam que o actual pulso Galáctico, que está prestes a chegar, seja bastante intenso:

http://www.starburstfound.org/superwave/preparedness/nextevent.html

Na realidade, existem poderosas Forças da Luz presentes no nosso Sistema Solar para garantir que o processo seja muito mais harmonioso desta vez.

Mesmo assim, haverá ainda muita intensidade emocional e algum aumento na actividade tectónica do planeta:

Michael Snyder, Right Side News 5-14-15… “40 Volcanoes Are Erupting Right Now, And 34 Of Them Are Along The Ring Of Fire”

Em todo o caso, o principal aspecto deste pulso Galáctico será uma onda de Amor Cósmico. Esta energia do Amor é a base da realidade cósmica universal que agora está prestes a dar à costa. Esta energia tem proporções galácticas e não pode ser interrompida pela cabala, independentemente do que tentam fazer.

Essa energia irá erradicar completamente a anomalia primária e a entidade plasmática  em forma de polvo, em redor da Terra, que foi chamada de Yaladaboth nos ensinamentos Gnósticos:

http://www.bibliotecapleyades.net/biblianazar/esp_biblianazar_jehovah07.htm

http://www.metahistory.org/gnostique/telestics/MadnessEgo.php

Os mitos gnósticos afirmam claramente que o Yaldabaoth estava escondido na “espessa nuvem” do plano plasmático:

http://www.gnostic-jesus.com/gnostic-jesus/Syrian-Egyptian/Sethian-creation.html

A energia plerómica do Amor Galáctico irá dissolver todos os falsos ensinamentos dos arcontes, como poderão ler nestes dois excelentes artigos:

http://howtoexitthematrix.com/2015/07/02/is-anyone-coming-to-save-us/

http://recreatingbalance1.blogspot.com/2015/07/ending-lightworkers-loops.html

À medida em que nos aproximamos do Evento, essas energias farão emergir ainda mais as reacções humanas reprimidas. Por isso, é de extrema importância que as pessoas aprendam a debater de forma construtiva e parem de se atacar umas as outras. Instruções de como fazer isso podem ser encontradas no seguinte artigo:

http://sitsshow.blogspot.com/2015/06/visit-to-icc-site-on-mars-tsunamic.html

American Kabuki colocou isto de uma forma ainda mais simples:

http://americankabuki.blogspot.com/2015/07/truth.html

Muitas pessoas estão à espera que a onda Galáctica chegue em Setembro ou mesmo antes disso. Isto é muito improvável, uma vez que a análise da complexidade de ondas mostra o primeiro pico de probabilidade para, provavelmente, entre  Outubro e Dezembro. A análise da complexidade de onda é um modelo computacional muito sofisticada do Movimento de Resistência, que prevê tendências futuras com base nos ciclos cósmicos e análise dos vectores de livre arbítrio.

É importante compreender que o Evento é uma interacção entre a nossa consciência global e o Centro Galáctico, e que as energias Galácticas estão a vir ao nosso encontro, com base na nossa capacidade de as receber. É por isso que é tão importante para muitas pessoas despertarem o mais rapidamente possível.

Também é muito bom criar uma conexão pessoal com o Centro Galáctico nas suas meditações. Se as energias que estiverem fluindo através de vocês forem muito intensas, poderão comunicar-se com o Centro Galáctico para modulá-las, diminuindo a sua intensidade.

A nossa comunicação activa com o Pleroma e o Centro Galáctico está a criar um ciclo de retroalimentação que irá pôr em marcha o Evento, no momento certo.

A Ruptura está próxima!

Fonte: http://2012portal.blogspot.ch/2015/07/galactic-wave-of-love.html

2 thoughts on “A Onda Galáctica do Amor (artigo de 26-07-2015)

    • Olá Beatris

      Por favor leia este artigo

      http://pt.prepareforchange.net/2016/01/28/planeta-x/

      O Nibiru não existe. Os corpos celestes mantêm as suas distâncias relativas (aqueles que têm um núcleo vivo, não estão incluídos os cometas e asteróides) pelo que o Nibiru poderá ser uma referência a uma das esferas (Bio-satélites) da Civilização Central ou de outra civilização ou, como alguns advogam, uma referência mitológica à estrela irmã do nosso Sol (o nosso sistema solar é na realidade um sistema binário).

Deixar uma resposta

Top
%d bloggers like this: