O Plano Mestre (artigo de 12-10-2012)

A experiência, em particular nos últimos meses, mostra que a natureza humana é muito susceptível à influência física e não-física dos arcontes.

Os arcontes conseguiram fragmentar o movimento pela libertação. Os grupos positivos na superfície foram infiltrados e corrompidos, e aqueles que permaneceram puros foram ridicularizados e atacados. Todas as ideias com as quais possam contribuir, sobre como reduzir a fragmentação nos grupos positivos, e alcançar uma maior unidade entre eles antes do Evento serão muito bem-vindas.

Para além disso, existem muitas pessoas e grupos supostamente positivos que lutam pelo controlo dos fundos de garantia ou contas colaterais. Parece que a ganância tomou conta das pessoas, e as mesmas perderam a motivação de pôr esse dinheiro ao serviço da Humanidade.

Recebi informoções de uma fonte muito credível de que Keenan não é uma pessoa de confiança para os fundos de garantia ou contas colaterais. A verdadeira identidade do mandatário deve permanecer oculta por agora, para que ele possa trabalhar em benefício da Humanidade sem ser importunado. Existem alguns grupos positivos que trabalham com o objectivo de devolver esse fundos de volta à Humanidade, mas não vai encontrar informações sobre eles em qualquer lugar na internet. Eles não vão anunciar nada. Quando eles forem bem-sucedidos, as coisas vão simplesmente começar a acontecer.

Todos os factores acima mencionados foram a causa dos atrasos que frustraram muitos.

Assim sendo, o plano original foi ampliado e será apresentado aqui.

A primeira parte do Plano Mestre diz respeito aos avanços da Luz nos planos não-físicos. As forças da Luz usam tecnologia de vortex avançada para limparem os planos não-físicos. Todos esses vórtices criam uma rede de Luz que fica mais forte de dia para dia. Num certo ponto, uma massa crítica de Luz será alcançada, o que irá resultar numa chegada massiva das forças da Luz nos planos mental, astral e não-físico etérico, no interior da fina camada que envolve a superfície do planeta Terra e que agora contém ainda alguns arcontes e os seus lacaios reptilianos com as suas tecnologias negativas. Esse Avanço irá remover toda a escuridão remanescente de planos não-físicos.

Este é um passo crucial e deve acontecer antes do Evento. Caso contrário, os arcontes e os seus lacaios reptilianos iriam exercer pressão sobre os pontos fracos psicológicos da Humanidade, e isso poderia facilmente descambar em guerras e violência generalizada. As massas humanas são muito susceptíveis de regredirem para a violência, quando estão sob pressão, combinada com a influência arconte física e não-física, como a experiência com a Alemanha nazi e no genocídio do Ruanda demonstrou claramente. Sob a influência arconte os seres humanos também acusam e atacam rapidamente,  e isso pode facilmente levar a caças às bruxas e multidões enfurecidas que queiram linchar as pessoas que não são do seu agrado. Qualquer um poderia ser atacado e rotulado como >> colaborador << da cabala ou algo semelhante. Essas coisas precisam de ser evitadas e, portanto, o Evento não irá acontecer antes dos planos não-físicos serem recuperados.

A segunda parte do Plano Mestre diz respeito à parte física do próprio Evento. Como os grupos positivos à superficie estão agora fragmentados, eles não vão participar no Evento como um grupo. Os Pleidianos e o Movimento de Resistência, sendo dois dos principais grupos positivos que não estão à superfície, irão implementar um plano de acção chamado Plano Mestre de Gestão Fluída de Grupos [Fluid Management Group Masterplan]. Em primeiro lugar, o momento certo para o Evento começar será ditado pela Fonte através do seu impulso. Os Pleidianos e outras civilizações ET positivas têm uma visão abragente de todos o seres humanos, dos seus pensamentos e motivações, e eles vão facilmente determinar quem pode fazer parte do grupo físico fluído inicial, que irá activar o Evento. Eles vão transmitir essa informação ao Movimento de Resistência.

Os agentes de superfície da Resistência entrarão em contacto com as pessoas-chave desse grupo de superfície fluído. Algumas dessas pessoas-chave estão em posições dentro dos complexos militares russo, chinês e dos E.U.A. Essas pessoas-chave serão contactadas pessoalmente ou por telefone e ser-lhes-á oferecida uma opção simples. Eles serão convidados a fazer parte das operações do Evento. Eles vão aceitar ou recusar de acordo com o seu livre-arbítrio. Ser-lhes-ão dados alguns minutos para fazerem essa escolha. Se eles aceitarem, eles receberão mais instruções sobre quem deverão contactar e o que fazerem. Se eles recusarem, eles não serão mais contactados. Aquelas pessoas do grupo fluído, que serão então contactadas directamente, vão tomar as suas próprias decisões, fazendo desta forma com que o grupo fluído entre em acção. Todo este processo será muito rápido e vai ser uma surpresa para a cabala. Não haverá provavelmente nenhum alerta antecipado ou >> Luz Verde <<, pois dessa forma perder-se-ia por completo o elemento surpresa.

À medida que as operações do Evento prosseguirem, os Pleiadianos e outras civilizações ETs terão uma visão completa sobre os pontos fortes e fracos de cada ser humano que fará parte das operações. De acordo com isso, eles vão providenciar actualizações de informação em tempo real e continuamente à Resistência sobre como mudar as funções e posições das pessoas no grupo fluído. Pessoas que cometam erros comprometedores terão de deixar o grupo e perderão todo o acesso às informações e operações, sendo substituídas por outros. Desta forma, esse grupo fluído vai ser protegido das infiltrações da cabala e também dos aspectos negativos da natureza humana. Os agentes da Resistência não estarão directamente envolvidos nas operações, e só irão ajudar com informações e instruções. Toda esta operação deve ser coordenada por seres mais sábios do que a Humanidade na superfície do planeta, para ser bem-sucedida.

Após o Evento, as massas humanas receberão ajuda psicológica e cura espiritual para eliminarem o vírus arconte. O vírus arconte foi propagado entre as massas humanas através do controlo da mente induzido por trauma, de geração em geração. Quando isso for removido, os seres humanos vão descobrir que a violência é horrível, não resolve nada e não é inerente à natureza humana.

Um dos factores-chave que mantinha o controle das forças das trevas era o facto das pessoas serem educadas a não se apoiarem mutuamente. Uma das primeiras lições que a Humanidade precisa de aprender é a lição do apoio. As pessoas vão começar a utilizar o seu livre arbítrio e a escolher o Amor. Eles receberão assistência massiva das forças da Luz para aprenderem novamente como se amarem uns aos outros.

Nenhuma vingança contra a cabala será tolerada. Cada membro da antiga cabala terá direito a um julgamento justo e, aqueles que estiverem dispostos a confessar e cooperarem, poderão ser capazes de se reintegrarem na sociedade. O Evento não é acerca de vingança, é sobre a parar definitivamente toda a violência neste planeta através da remoção da cabala do poder.

Por causa de todos os atrasos motivados pelo factor humano, apenas a primeira parte do Plano de 2012 (o Evento) poderá acontecer em 2012. O restante do plano (a Reestruturação e o Primeiro Contacto) só irá acontecer mais tarde.

 Fonte: http://2012portal.blogspot.de/2012/10/the-masterplan-experience-especially-in.html

Deixar uma resposta

Top
%d bloggers like this: