Diferenças entre Permacultura e agricultura Biológica

Difference Between Organic Gardening and Permaculture

Um jardim em Permacultura é muito mais do que um jardim orgânico. É um jardim projectado:

  • É um sistema focado em fechar o ciclo de fertilizantes, utilizando resíduos, reduzir a dependência de imputs, criando solos saudáveis e diversidade nos produtos.
  • Os próprios resíduos são recuperados pelo sistema que não tem como objectivo poluir o meio ambiente ou seja, nem com excesso de nitrogénio libertado para os sistemas de água, nem propagando sementes de plantas daninhas em qualquer sistema natural.
  • Usa-se o design para minimizar as tarefas de jardinagem e gastos de energia em geral. O trabalho árduo, mundano e repetitivo é a alegria das que pessoas que practicam permacultura. A observação permanente e variedade mantêm as pessoas envolvidas e motivadas para o cultivo dos alimentos. Os activistas da permacultura são motivados pela redução da sua pegada ecológica e desenvolveram um estilo de vida saudável e diversificado. A Permacultura precisa de envolver todas as pessoas com diferentes competências, não apenas os jovens e fortes que podem carregar pesos pesados.
  • Destina-se a imitar a natureza. Visualmente essa é a diferença mais notável entre a jardinagem orgânica e a permacultura. Nos jardins em permacultura (sistemas domésticos é o termo mais holístico) raramente existe solo exposto visto que a conservação do solo e da água é uma prioridade elevada. Há uma utilização mais complexa do espaço. Às plantas é permitido gerar sementes e são plantadas de forma intercalada para o controle das pragas. É improvável que encontre campos de cultivo com extensas fileiras de uma só espécie.
  • O sistema de Permacultura tem como objetivo captar e maximizar o aproveitamento da água, do sol e de outras energias naturais, como por exemplo vento, poeira, folhas e excrementos de pássaros por exemplo.
  • Um sistema de permacultura tem como objetivo fornecer alimentos nutritivos e habitat tanto para as pessoas como para animais e pássaros nativos.
pclt-1024x973
As Diferenças entre agricultura orgânica e Permacultura: maior rendimento por produto mas menos produtos * amadurecimento simultâneo dos produtos * atenta monitorização das pragas * utilização preferencial do trabalho manual * maior diversidade de produtos o que inclui: alimentos, combustível, recreação e habitação * utilização do jardim / horta para proteger e nutrir a habitação (proteger do vento, dar sombra, filtrar o ar) * a captação de água determina o design do jardim / horta * utilização preferencial dos recursos locais * gestão integrada do controlo de pragas * partilha das colheitas com os animais de trabalho

Qual é a diferença entre a Agricultura Orgânica e Permacultura?

Essencialmente, a Permacultura utiliza a jardinagem orgânica nas práticas agrícolas, mas vai além dessas práticas e integra o jardim e a casa para criar um estilo de vida em que os impactos sobre o meio ambiente são positivos.

A Agricultura Orgânica promove o uso de fertilizantes naturais, fazendo uso do ciclo natural do carbono, de modo a que os resíduos das plantas se tornem nutrientes (fertilizantes) de outras. Na agricultura biológica, no entanto, e como em todas as prácticas agrícolas convencionais, o solo fica desprovido de nutrientes cada vez que um camião carregado de produtos é carregado.potato-2-1024x682

A Permacultura vai mais um passo além. A Permacultura traz a produção de alimentos para mais perto dos consumidores e os resíduos do consumidor voltam para o ciclo. Também reduz o desperdício de energia no transporte dos alimentos através da produção de alimentos onde as pessoas estão. Na Permacultura as pessoas contribuem na sua vida diária para a produção dos seus alimentos e supressão das outras necessidades.

Quando é que a Permacultura não é orgânica?

Haverá momentos em que um sistema de permacultura não é estritamente orgânico pois poderá estar a usar os recursos locais em vez de importar recursos orgânicos certificados, ou talvez o designer queira aumentar a diversidade, trazendo algumas plantas menos comuns ou sementes de outras fontes que não sejam orgânicas.

Redireccionar os recursos locais

Isto geralmente não é por causa da utilização intencional de pesticidas, mas muitas vezes devido à utilização de um subproduto que de outro modo seria desperdiçado. Nós poderemos usar sapatos velhos como vasos para plantas, um velho pneu de camião ou utilizar pneus para fazer margens para um pequeno lago. Às vezes as escolhas são difíceis e nós temos de fazer uma análise rápida de custo / benefício e tomar uma decisão.

A Permacultura pode converter um recurso

Seria preciso pesar o benefício de usar um desperdício local gratuito (por ex. Estrume de cavalo) versus encomendar a uma fornecedor orgânico que pode ser bom, mas que está noutro país. Quando projectamos bem, o sistema de permacultura pode actuar como um purificador ou agente de transformação. Às vezes, podemos transformar e, de seguida, utilizar um desperdício poluente (dentro do que é realisticamente possível). No caso do estrume de cavalo, poderíamos questionar o produtor sobre a sua medicação anti-desparasitação, verificar se esses produtos podem ser degradados pela alta temperatura da compostagem e, posteriormente, eliminar o produto indesejado antes de utilizar o composto resultante. Um bom design de permacultura terá como objectivo ter mais output do que imput. A jardinagem orgânica poderá não ter em conta as verificações e variáveis necessárias para reduzir o impacto sobre o sistema natural em toda a sua amplitude.

permaculture-cup-of-tea

Fonte: http://www.permaculturevisions.com/the-difference-between-organic-gardening-and-permaculture/

 

Deixe um comentário

Top