Pela primeira vez, a NASA acaba de avistar algo a sair de um buraco negro

flare

Ainda não se sabe exactamente o que é, mas uma coisa é certa: a NASA avistou algo estranho no poderoso buraco-negro supermassivo Markarian 335.

O conjunto do telescópio espectroscópico nuclear (NUSTAR), da NASA, como que por um milagre avistou o halo de um buraco-negro “lançada” do buraco-negro supermassivo. Posteriormente, um pulso massivo de energia de raios-X foi expelido. Então, o que exactamente aconteceu? É isso que os cientistas estão a tentar descobrir agora.

Esta é a primeira vez que conseguimos associar o lançamento do halo a uma labareda”, disse Dan Wilkins, da Universidade de Saint Mary. “Isso vai ajudar-nos a entender como os buracos negros supermassivos alimentam alguns dos objectos mais brilhantes do Universo.

A principal pesquisadora do NUSTAR, Fiona Harrison, observou que a natureza da fonte energética é “misteriosa”, mas acrescentou que a capacidade de registar um evento como este deve fornecer algumas pistas sobre o tamanho e a estrutura do buraco-negro, e novas informações sobre o papel dos buracos-negros no Universo.

Felizmente, para nós, este buraco-negro fica a 324 milhões de anos-luz de distância. Assim, não importa o quão estranho sejam estes novos achados, mas é bom saber que o Markarian 335 não deve ainda ter um efeito devastador no nosso canto do Universo.

 

Nota PFC: Vale a pena também ver este vídeo interessante. Nele aprendemos sobre a muita actividade na região de Sagitario A, que fica nas proximidades do Sol Central Galáctico:

 

P07HRF8

PS: Excerto da entrevista Cobra de 21-03-2016:

Richard – Cobra, qual é a diferença entre os portais e os buracos negros que ligam lugares distantes do mesmo universo de outros que ligam diferentes universos?

COBRA – O buraco negro é apenas um conceito que é utilizado pela ciência atual para descrever uma determinada realidade de buracos de minhoca hiperdimensionais. Esses buracos de minhoca hiperdimensionais conectam dois pontos diferentes no continuum do espaço / tempo, e a distância entre esses dois pontos não é um problema porque estão sempre ligados às dimensões mais elevadas. E este é o princípio com base no qual o buraco de minhoca funciona, e até mesmo os portais estelares (fonte)

Fonte: http://www.blastr.com/2015-11-4/nasa-just-saw-something-come-out-black-hole-first-time-ever

Deixe um comentário

Top