A Ascensão é a Reabilitação Genética do ADN Humano Original

A guerra pela Consciência está a emergir para a superfície, com mais peças a serem expostas à Luz do dia para aqueles que estão dispostos a ver. Este mês nós identificamos as agendas mais rebuscadas para manipular o ambiente, o tempo, a cadeia alimentar, a expressão humana do ADN e a expressão mais elevada da Consciência, através da engenharia genética. Quando compreendemos o potencial do design de ADN de 12 cadeias durante o processo de Ascensão, não é de admirar que os poderes instituídos tenham tentado destruí-lo de todas as formas possíveis. Este esforço começou a escalar após a Segunda Guerra Mundial com o contacto alienígena e novamente nos anos 90, quando mais crianças Índigo e Cristal começaram a chegar em maiores números. À medida que ligamos os pontos entre as múltiplas vias usadas para controlar e manipular a Consciência humana, podemos ver porque um evento de Divulgação Integral é necessário. Até então cabe a cada um de nós fazer o nosso melhor para avaliar com precisão o jogo de forças no nosso dia-a-dia, e tomar decisões informadas e conscientes sobre com o que é que nós interagimos.

Os controladores e a comunidade de inteligência estabeleceram uma variedade de programas militares secretos que actuam em cooperação explícita para realizar os objectivos dos poderes instituídos de escravização da Consciência bio-espiritual, através do controle das mentes e da Engenharia Genética. Estas muitas operações secretas são realizadas contra o público para obter acesso e controle sobre as ondas cerebrais humanas. Intencionalmente moldam a cognição do cérebro, pensamentos e comportamentos e limitam a percepção e o quociente de inteligência (QI) nas massas, a fim de erradicarem a genética ancorada na Terra e continuarem a modificar a expressão génica da Humanidade. Em termos mais simples, essas tecnologias ocultas são direccionadas para o público com a finalidade de expressar genes controlados pela mente. Este é um tipo de Engenharia Genética que tem sido conduzido através de uma variedade de experiências tecnológicas, médicas e farmacológicas, escondidas atrás de operações militares encobertas que foram exploradas pelos Controladores desde a Segunda Guerra Mundial. Muitas dessas experiências ocultas militares e de bio-tecnologia como os rastos químicos, vacinas e a produção de alimentos geneticamente modificados, são visíveis no mundo exterior. No entanto, muitas pessoas ainda não estão cientes da agenda de escravidão global que inclui o controlo da expressão genética da população humana.

A Engenharia Genética também é chamada de modificação genética e é a manipulação directa de um ADN de organismos usando bio-tecnologia e pode potencialmente incluir uma série de outros métodos, como a transmissão de sinais de frequência extremamente baixa para alterar as ondas cerebrais. Quando a maioria das pessoas pensa em engenharia genética, eles acreditam que é o processo de adicionar manualmente novo ADN a um organismo. Mais vulgarmente, a engenharia genética é entendida como a remoção física dos genes de um organismo e colocá-los noutro. Esta é uma percepção limitada da engenharia genética dada ao público e à ciência convencional, que não está ciente das tecnologias avançadas de Luz e de Som usadas contra o público para o controle explícito da expressão genética humana. A engenharia genética e a modificação do genoma humano também ocorre através da manipulação ou controle das ondas cerebrais do organismo, expondo o corpo e a Consciência a diferentes campos electromagnéticos de radiação ou de fotões, bem como outras substâncias químicas. Na tentativa de descrever mais detalhadamente como os poderes instituídos empregam as tecnologias ocultas para controlar a Humanidade e para produzirem potenciais de hibridação alienígena com o ADN humano no planeta Terra, passaremos a descrever alguns dos muitos métodos usados ​​para mudar a expressão genética, assim como impactar negativamente o ADN humano.

Biologia Básica

Para entender como a expressão de genes controlados pela mente está directamente relacionada com a escravidão da Consciência num organismo e como esse processo funciona, existem alguns princípios biológicos fundamentais que devem ser cruzados ​​com o conceito de electromagnetismo que existe no mundo das forças. Vamos começar por rever alguns conceitos básicos biológicos.

O ADN é uma linguagem universal que é o modelo para toda a vida. O ADN é uma molécula encontrada no núcleo de cada célula e é constituída por quatro subunidades químicas que são representadas por A, T, G e C. No ADN, a base nitrogenada é composta por estes ácidos nucleicos: Adenina (A), timina (T), guanina (G) e citosina (C). Metafisicamente, cada um desses ácidos nucleicos está associado a uma substância elementar básica do corpo planetário como a Terra, Água, Fogo e Ar. Quando poluímos estes quatro elementos na Terra, poluímos o ácido nucleico correspondente no nosso ADN. Isso ajuda-nos a entender porque é que os poderes instituídos instigam a poluição em massa e o despejo tóxico na Terra sem responsabilização, porque esta é outra forma de prejudicar directamente expressão maior do ADN humano. A ordem destas subunidades químicas na cadeia de ADN contém um código de informação inteligente para a célula. A linguagem genética usa essas quatro subunidades químicas para escrever o conjunto de instruções sobre como fazer as proteínas que o organismo ou corpo precisam para se desenvolver, crescer e viver. Segmentos menores de ADN são chamados de genes e cada gene contém um conjunto de instruções sobre como produzir uma única proteína, bem como gerar muitas mensagens para instruir as funções das proteínas dentro do corpo. As proteínas são muito importantes porque elas constroem a escada do ADN e fazem todo o trabalho enzimático nas células que é necessário para a estrutura, função e regulação dos tecidos e órgãos do corpo. As proteínas regulam todas as reacções metabólicas na célula e servem, assim como as enzimas são necessárias para catalisarem as reacções celulares no corpo. Tudo o que pode ser visto na biologia física é composto de proteínas ou é o resultado das funções dessas proteínas.

Uma das formas que a engenharia genética trabalha é removendo fisicamente um gene dum organismo inserindo-o noutro, dando ao organismo a capacidade potencial de expressar o traço codificado pelo gene inserido. O gene com os traços desejados deve ser revestido e copiado de milhares de genes que foram colectados. Isso é chamado de clonagem genética. A clonagem dos genes repetitivos contribui para mutações genéticas herdadas na descendência do organismo o que pode, eventualmente, destruir a impressão original do ADN. O novo clone do gene é chamado de transgene e é entregue nas células do organismo receptor para gerar algum nível de transformação genética. A forma mais comum de transformar o transgene é inseri-lo numa bactéria ou vírus e, posteriormente, entregá-lo nas células do organismo que está a ser projectado. Outro método consiste em disparar partículas de ouro microscópicas revestidas com cópias do transgene sobre as células do organismo receptor.

Os engenheiros genéticos que usam este método têm pouco controlo sobre o local onde o transgene se insere no genoma, e podem ser necessárias muitas tentativas para conseguir alguns organismos transgénicos viáveis ​​prontos para a reprodução. Uma vez criados os organismos transgénicos, a criação tradicional é usada para melhorar as características do produto final ou a criação geneticamente modificada. A engenharia genética é uma maneira de adicionar novos traços à “piscina” genética de um organismo, usando qualquer coisa na natureza de uma planta ou de um animal para inserir num ser humano. Como muitos de nós percebemos, o mesmo processo exacto ocorreu com a engenharia genética usada para os métodos de hibridização alienígena em certas linhagens da Humanidade, a fim de alcançar certos resultados que melhoram ou degradam os traços do corpo humano orgânico. Quanto mais engenharia genética o corpo humano recebe, para ser enxertado com traços de várias outras espécies, incluindo as hiperdimensionais, mais o corpo perde a sua capacidade de activar o ADN original e retomar a sua função orgânica.

Ascensão é a Reabilitação Genética do ADN Humano Original

Isso alude ao porquê do Ciclo de Ascensão da Terra estar intimamente ligado à reabilitação genética do ADN humano original registado na arquitectura do corpo planetário. Ao observar a arquitectura da Terra não há contestação de que o corpo de manifestação original é um corpo de diamante com 12 cadeias de ADN, que foi desligado para ser reduzido a duas cadeias activas. Claramente a engenharia genética conduzida neste planeta não foi pensada para acelerar e activar as cadeias de ADN superiores da Humanidade. Isso unilateralmente põe a descoberto o propósito por detrás da engenharia genética que está a ser realizada na Terra, o de promover a escravidão Humana. A abdução de humanos com certos tipos sanguíneos, genótipos ou amostragem de genética específica tem sido efectuada a fim de ampliar a gama de agendas ocultas dos controladores, desde a eugenia à esterilização, com a finalidade de criar corpos mais adequados para a realização de agendas não-humanas . A tecnologia extensiva usada para clonagem genética e repetida de corpos humanos resulta na produção de corpos espiritualmente mortos ou drones biológicos. Este abuso da tecnologia tem contribuído muito para a natureza parasitária das entidades hiperdimensionais e não-humanas, que não podem sobreviver sem colherem energia de criaturas vivas orgânicas. O movimento do transhumanismo é uma indústria em que esta agenda é claramente visível, substituindo a função orgânica das cadeias superiores do ADN humano por dispositivos tecnológicos sintéticos que executam a programação da Inteligência Artificial, a fim de destruirem a função espiritual da biologia.

A Guerra pelas Mentes

Desde a Segunda Guerra Mundial tem havido uma grande revolução no que diz respeito à militarização e abordagem da guerra como resultado dos principais governos do mundo terem feito contacto com alienígenas negativos, o que lhes introduziu uma série de tecnologias avançadas em troca do acesso à genética humana, programas de melhoramento genético e recursos terrestres. Durante essa fase de criação de programas militares encobertos para executarem experiências com essas tecnologias avançadas de origem alienígena, tornou-se comum o conhecimento nas facções das agências de inteligência secretas que as ondas cerebrais humanas e comportamento podem ser influenciados ou controlados através da exposição à Luz e som ou com frequências electromagnéticas. Certas exposições electromagnéticas são invisíveis e podem alterar a forma como o cérebro processa a informação enquanto influencia condições específicas na mente e no corpo, muitas vezes sem a Consciência da pessoa. Os métodos utilizados na abordagem à guerra contra os inimigos mudaram rapidamente, em direcção ao controle total sobre os processos biológicos da humanidade através da combinação de exposições a um espectro de campos electromagnéticos. Através da escolha do cérebro humano e da bio-neurologia, a mente, o corpo e a Alma podem ser manipulados para se controlar os seus pensamentos e emoções, transmitir sugestões, interferir com a memória de longo e curto prazo, inserir imagens, executar experiências áudio e sensoriais e assumir o controlo sobre as funções voluntárias e autónomas do corpo. O objectivo é o de confundir ou destruir os sinais orgânicos que normalmente mantêm a mente e o corpo num estado de equilíbrio, ao mesmo tempo que se fecham os interruptores genéticos que são responsáveis ​​pela sinalização do ADN no corpo humano.

Os primeiros estágios do desenvolvimento dessas tecnologias electromagnéticas foram utilizados para se realizarem pesquisas e experiências com soldados para aumentarem o seu desempenho em combate, usando os mesmos métodos para destruir seus inimigos. O Departamento de Defesa usou centenas de milhares de militares em experiências humanas com exposição intencional a substâncias perigosas e letais. Assim, uma nova classe de armas militarizadas baseadas no campo electromagnético foi adicionada ao complexo militar. Em meados da década de 1950 houve uma batalha entre essas facções de inteligência pelo controlo total sobre essas tecnologias ocultas para uso destrutivo com o propósito de travar uma guerra pelas mentes, silenciosa, contra a população global, a fim de alcançar a dominação do mundo e a sua escravidão. Isso foi apoiado pelos alienígenas negativos para dividirem essas facções beligerantes da cabala em compartimentos menores, que eles poderiam controlar melhor estando divididas, e vencer a guerra psicológica. Essa infiltração levou ao direccionamento das populações civis pelos militares humanos, que começaram a usar armas de engodo deliberado e de controle mental para obterem os efeitos que as operações de inteligência desejavam, como a lavagem cerebral.

O uso da Luz e do Som para estimular as ondas cerebrais pode ser usado para modificar e alterar a actividade cerebral de uma pessoa, processos de pensamento e comportamento num período de tempo relativamente curto. O que é pouco compreendido é que isso também pode ser usado para alterar a função natural da sinalização do ADN no corpo humano, ligando e desligando interruptores genéticos no corpo humano. A força que ganha o controlo sobre a nossa função mental é semelhante à força necessária para construir os músculos dos nossos corpos. Obviamente, essas técnicas de obtenção de controle sobre a mente podem ser usadas de forma produtiva e saudável para ajudar a curar os padrões de ondas cerebrais, ou podem ser usadas de formas destrutivas e prejudiciais que fracturam a mente e a Alma. No controlo da mente, aquele que controla a mente também controla a Alma, a fonte da energia electromagnética e a Consciência dessa pessoa. Como resultado, os governos do mundo envolveram-se em extensos programas de experiências humanas antiéticas, a fim de desenvolverem métodos de guerra tecnológica para controlar o comportamento humano e interromperem os padrões de pensamento da Humanidade para muitos fins encobertos. Anulando o ritmo natural dos padrões cerebrais e das ondas cerebrais, são desencadeadas reacções químicas que alteram o estado mental e emocional da população. Este uso é uma forma de condicionamento clássico pavloviano, a fim de se moldar o comportamento que é aprendido para que as pessoas mais facilmente aceitem as transmissões de controlo da mente e métodos de engenharia social, como a sensação de desamparo aprendido ou pensamentos polarizados.

Resposta Cerebral a Sinais Externos de Frequências Extremamente Baixas

Para impactar e manipular a Consciência humana tudo o que é necessário é criar um sinal complexo, através de uma frequência após resposta (FFR), quando o cérebro bloqueia um sinal externo vindo do ambiente e os neurónios começam a espelhar esse sinal. O sinal pode ser uma onda portadora num espectro de frequência que é projectado para criar sentimentos de angústia ou desencadear dor emocional. Como resultado, a química do cérebro altera e muda, geralmente mergulhando a Consciência da pessoa numa gama de emoções negativas inferiores e com percepções confusas e fragmentadas. Para populações grandes podem ser enviadas frequências de transmissão que são projectados para incitarem à agitação, agressão ou ansiedade em áreas demográficas específicas. Posteriormente, os controladores podem colocar feeds de notícias nos meios de comunicação para incitarem ao medo, culpa e promover o sensacionalismo e linguagem de vitimização, a fim de destacarem certos grupos marginalizados com o objectivo de os segmentarem intencionalmente. Nos actuais meios de comunicação convencionais  mainstream você pode local onde esta táctica de guerra psicológica está exactamente a acontecer agora? Esta é a estratégia de guerra psicológica de dividir e conquistar para que os seres humanos percepcionem outros seres humanos como o inimigo, incitando assim à violência, estupro, hostilidade e comportamento criminal. É possível modular sinais em qualquer portador electromagnético para transmitir uma mensagem ao cérebro para alterar a sua química, inserir formas mentais e instigar comportamentos para moldar ou preparar essa pessoa para realizar alguma acção nociva ou criminosa.

Os campos electromagnéticos actuam como moduladores da transferência de informação baseados em moléculas, e eles podem interceptar e modificar os processos de interacção molecular dentro dum corpo humano, em qualquer tipo de organismo. Como exemplo, a transferência de informação molecular dos ácidos nucleicos no ADN humano pode ser alterada, modificada ou invertida quando exposta a transmissões programáveis ​​dos campos electromagnéticos, tal como os de frequências extremamente baixas. Em resultado disso os campos electromagnéticos podem ser usados ​​para controlarem os interruptores genéticos ou influenciarem as vias bioquímicas e são capazes de desencadear uma série de efeitos dentro de um organismo vivo, bem como em ambientes controlados ou em algo que ocorra fora dos organismos vivos. As exposições ao electromagnetismo afectam os organismos de formas negativas e positivas relativamente aos seus processos fisiológicos, e a reacção também está ligada à configuração genética e ao nível de Consciência do organismo. O organismo que tem um menor intervalo de percepção da Consciência, é geralmente o mais impactado a partir dos impulsos provenientes da mente inconsciente. Este é outro exemplo de como campos electromagnéticos podem ser usados ​​para fins de engenharia genética ou modificação, interferindo com a bio-neurologia e o sistema biológico natural do corpo de fluxo de informação e transferência entre ADN, ARN e proteínas.

Quando temos uma melhor compreensão de como o controle da mente é usado em todos os meios de comunicação massas para produzir sistemas de crenças de dividir e conquistar, podemos melhor discernir a agenda e recusarmo-nos a participar nela. O antídoto para as transmissões de controlo da mente está na conexão com o seu espírito interior e em desenvolver o seu eu espiritual todos os dias com qualidades emocionais mais elevadas, como a empatia e a compaixão, e genuinamente preocupar-se com o que acontece com as pessoas e com o planeta.

A Luz Natural é uma Ponte para a Expressão Genética

Quando abordamos a Luz como energia radiante, torna-se mais claro que o quantum de Luz é a forma que o Universo tem de transferir pacotes de energia inteligente para a Consciência. A Luz é um padrão de manifestação de energia electromagnética criado por uma combinação de múltiplas bandas de frequência dentro de uma dimensão do tempo. Em resposta às exposições de Luz as moléculas de ADN activam enzimas, que afectam os processos metabólicos do corpo que controlam a expressão génica. Exercer o controlo negativo sobre a expressão génica humana, como activar ou desactivar interruptores genéticos, é o mesmo que modificar ou suprimir os potenciais do ADN.

Em todas as formas biológicas na natureza, existem muitas moléculas diferentes que respondem directamente à Luz e a intervalos particulares de frequências em certos comprimentos de onda. Essas moléculas activadas pela Luz são proteínas ou partículas produzidas por enzimas proteicas que estão ligadas ao controle da expressão genética. Essencialmente a exposição à frequência de Luz, como os raios do Sol, pode naturalmente activar potenciais genéticos registados no ADN humano que controlam os processos de transferência de informação molecular nas células e tecidos de um corpo humano. Para acelerar as ligações de ADN e activar a expressão genética, a combinação da exposição à frequência de Luz, juntamente com o controlo de ondas cerebrais ou manter a concentração profunda em estados mentais pacíficos, como durante a meditação, é capaz de activar e controlar as formas mais elevadas de expressão genética de um corpo dum ser humano. O corpo humano é um projector de Luz holográfico. Isso significa que o corpo humano e o cérebro actuam como um filtro de Consciência para as ondas de luz, e os seres humanos emitem luz biológica. O sistema nervoso central humano processa os impulsos luminosos transmitidos a partir do código do ADN, o que ainda transmite neurologicamente ao cérebro o conjunto de instruções para activar a expressão genética.

Os genes podem ser ligados através do poder da Luz e do poder do pensamento, ou ao combinar ambos ao mesmo tempo.

Nenhum dispositivo, implante ou fármaco sintético é necessário para que este processo genético ocorra naturalmente num corpo humano. É uma função natural da biologia humana da Luz quando é permitido existir sem bombardeio contínuo de frequências de inteligência artificial, controlo mental e implantes, enquanto sobrecarrega a bio-neurologia com uma série de exposições ambientais tóxicas e nocivas. Nós estamos num mundo onde as ligações à expressão genética mais elevada foram desligadas pela vontade de outros que servem os programas de entidades hiperdimensionais que envenenam intencionalmente o corpo humano e corpo terrestre.

Quando temos esse conhecimento sobre a função natural do corpo humano, então podemos reverter o processo e olhar para ele de todos os lados. Que factores podemos ver no nosso ambiente hoje que poderão ser usados ​​para prevenir uma expressão génica mais elevada ou para desactivar a ligação para uma maior expressão genética do corpo humano?

Alguns desses factores podem parecer ser o controlo sobre o acesso natural às frequências da Luz solar, como através da modificação do tempo em massa [geoengenharia] na zonas mais baixas da atmosfera. Existe uma poderosa agenda de engenharia social para ganhar controlo sobre pensamentos e obter o acesso à mente humana, a fim de ser evitado o pensamento livre e aberto sem ostracismo social e perseguição. Existe também uma agenda mais secreta através dos organismos geneticamente modificados para ganhar o controlo sobre as funções das cadeias de proteínas do corpo humano que activam especificamente o ADN e a expressão génica mais elevada. Todos esses factores têm influências mensuráveis ​​sobre o nosso corpo, mente, e espírito e mais especificamente sobre o ADN humano, que está a passar por um programa de engenharia genética ou modificação para servir uma agenda anti-humana.

Engenharia social

Quando a Humanidade começa a reconhecer verdadeiramente o poder da mente, combinado com o poder da ressonância harmónica que existe dentro da Consciência colectiva humana para co-criar a natureza da realidade holográfica, torna-se cada vez mais evidente que existe uma base puramente materialista na agenda global de engenharia social promovida pelos Controladores. Se o nosso maior potencial genético pode ser desligado pelo poder dos nossos próprios pensamentos, onde podemos querer colocar nosso foco e atenção?

A engenharia social anda de mãos dadas com a engenharia genética. É o processo necessário para controlar a mentalidade cultural e os sistemas de crenças do ser humano ou da espécie que é alvo de engenharia genética como um meio de exercer o total controlo sobre a sua biologia, bem como os seus pensamentos, comportamentos e acções. Uma vez que os sistemas de crença sejam mantidos firmemente no lugar como o dogma imposto pela estrutura de poder e de autoridade, é mais fácil criar estruturas de Consciência compartimentalizada que mantêm um parâmetro de frequências limitadas de exploração mental, emocional e espiritual e que põe um fim à criatividade e à imaginação. Quando uma Consciência é aprisionada e incapaz de evoluir, crescer ou de explorar para além da rigidez dos limites mentais da cerca de frequência, gera uma crescente fragmentação mental e espiritual e uma série de disfunções psicológicas e comportamentais desviantes.

A engenharia social é um tipo de controlo mental que busca manipular as pessoas para abdicarem do seu próprio direito à privacidade, de se tornarem informadas e auto-informadas, para que a estrutura social possa explorá-las com a desinformação que é usada para assumir o controlo dos seus comportamentos. O principal método de aplicação é através do bullying, ameaças, intimidação e tácticas de engodo através do controlo da percepção e pela criação de medos pessoais ou de massas, reais ou imaginários, nos seus alvos.

Durante e após as Guerras Mundiais, as agendas agressivas de engenharia social foram postas em práctica pelas sociedades secretas do controladores das entidades hiperdimensionais, através das comunidades médicas e científicas que haviam começado a formar-se no campo da Psicologia. Consequentemente, as disciplinas académicas e clínicas da psicologia utilizam o modelo científico apoiado pelas entidades hiperdimensionais e, portanto, são materialistas e orientadas para a patologia, ignorando completamente a realidade energética da Consciência e da natureza da Alma.

Um dos principais objectivos desses programas agressivos de engenharia social é o de condicionar a aprendizagem do desamparo transmitido ao. O desamparo aprendido é um comportamento típico de um ser humano ou animal que ocorre quando um animal sofre repetidamente estímulos dolorosos e negativos, aos quais é incapaz de escapar ou de evitar. Depois de ser saturado repetidamente com experiências dolorosas e negativas, a pessoa muitas vezes não consegue aprender, não tenta métodos de escape ou de evitação em novas situações em que tal resposta seria provavelmente eficaz. Por outras palavras, a pessoa aprendeu que é desamparada em situações onde há uma presença de estimulação dolorosa e negativa e aceitou que perdeu o controlo total, e assim desiste de tentar fazer qualquer coisa para mudar a situação.

Desde a Segunda Guerra Mundial, os Controladores empregaram programas de desamparo aprendido nos seus métodos de engenharia social, para se hibridizarem como uma arma silenciosa de guerra biológica. Esta arma é utilizada contra a população humana global sem a sua Consciência ou Consentimento.

“O público pode instintivamente sentir que algo está errado, mas isso é por causa da natureza técnica da arma silenciosa, e eles não podem expressar seus sentimentos de forma racional, ou lidar com o problema com a inteligência. Portanto, eles não sabem como pedir ajuda, e não sabem como se associarem a outros para se defenderem contra ela. Quando uma arma silenciosa é aplicada gradualmente, o público ajusta-se / adapta-se à sua presença e aprende a tolerar a sua invasão nas suas vidas até que a pressão (psicológica via económica) se torne grande demais e eles vergam. Portanto, a arma silenciosa é um tipo de guerra biológica. Ela ataca a vitalidade, as opções e a mobilidade dos indivíduos numa sociedade conhecendo, compreendendo, manipulando e atacando as suas fontes de energia natural e social e as suas forças e fraquezas físicas, mentais e emocionais”. (Fonte: Silent Weapons for Quiet Wars).

Essas armas silenciosas também são usadas para reforçar os compartimentos nos segmentos da Consciência terrestre através de hologramas controlados pela inteligência artificial, bem como desactivarem explicitamente interruptores genéticos que suprimem o potencial de Ascensão em massa, numa realidade de Consciência maior durante este tempo de bifurcação e morfogénese planetária.

As Proteínas Activam ou desactivam genes

O processo de ligar e desligar os genes é conhecido como regulação de genes. A regulação genética pode ser controlada por sinais electromagnéticos vindos do ambiente ou de outras células que activam as proteínas chamadas factores de transcrição. Um factor de transcrição é também designado por um factor de ligação ao ADN específico da sequência e é uma proteína que se liga a sequências de ADN específicas, controlando assim a velocidade de transcrição da informação genética do ADN para o ARN mensageiro. Essas proteínas ligam-se às regiões reguladoras de um gene e aumentam ou diminuem o nível de factores de transcrição. Controlando o nível de factores de transcrição, este processo pode determinar a quantidade de proteína produzida e o nível funcional para o qual a proteína foi concebida, que é feito por um gene em um dado momento. A regulação de genes pode ocorrer em qualquer momento durante a expressão génica, mas ocorre mais vulgarmente quando a informação no ADN de um gene é transferida para o RNA mensageiro. Uma das maneiras pelas quais os factores de transcrição de proteína podem sofrer interferências no corpo humano é através da produção de alimentos geneticamente modificados e adicionando produtos químicos tóxicos, em pequenas doses, que são usados ​​como conservantes em produtos comercialmente produzidos e que são comercializados como alimentos.

Os OGMs são a Grande Invenção dos Controladores

Os alimentos geneticamente modificados (GM), são alimentos produzidos a partir de organismos que tiveram alterações introduzidas no seu ADN usando os métodos de laboratório de biotecnologia de engenharia genética, alguns dos quais estão sujeitos a direitos de propriedade intelectual pelas corporações. O objectivo comercial dos OGM’s não é o de alimentar o mundo ou melhorar a agricultura, apesar do que as corporações dos controladores tentam difundir como marketing positivo. Pelo contrário, eles existem para ganhar a propriedade intelectual sobre as sementes e melhoramento de plantas, a fim de conduzir a agricultura para caminhos que beneficiam a estrutura dos controladores para a escravidão global. Esta agenda está a ocorrer à custa dos agricultores, de toda a Humanidade e do mundo natural.

O público é informado de que a venda comercial de alimentos geneticamente modificados começou em 1994, embora provavelmente tenha sido introduzida na cadeia alimentar algum tempo antes. Assim, os resultados a longo prazo e testes de alimentos geneticamente modificados no corpo humano é relativamente recente e continua a ser um assunto controverso e reprimido, a fim de evitar mediatismo negativo nos meios de comunicação convencionais. Os OGMs foram forçados aos agricultores porque eles ainda tinham que ter lucros com os alimentos produzidos em massa para venderem aos monopólios corporativos, enquanto a Terra e o solo eram  mais envenenados, poluídos e esgotados. Quando a Humanidade vive fora do equilíbrio com as forças da natureza, o reino natural revela sinais de rápida decadência, doença e infestação por pragas. Existem poucos esforços para limpar os métodos abusivos de resíduos tóxicos massivos e poluição química do solo na produção comercial de alimentos, mas em vez disso são espremidos os lucros corporativos através da engenharia genética de alimentos e gado vezes sem conta, enxertando novos genes e criando assim organismos inteiramente diferentes com novos traços. O controlo sobre a cadeia alimentar mundial tornou a escolha de comer de forma saudável mais difícil para a maioria das pessoas. Mesmo os animais não escolhem comer alimentos geneticamente modificados se tiverem possibilidade de escolher. No entanto, sabendo as razões claras para a existência OGM é sugerido então que consumi-los e parar de os dar às crianças, tanto quanto possível.

Plantas GM como a soja, milho, semente de algodão e canola, tiveram genes estranhos forçados no seu ADN. Os genes inseridos vêm de espécies como bactérias e vírus, que nunca estiveram na alimentação humana. Os transgenes também são transferidos para as bactérias do solo da terra e para o corpo humano. Muitas destas bactérias e vírus interferem com os factores naturais da transcrição da proteína no corpo humano que são programados ligar ou desligar os interruptores genéticos. Os genes naturais podem ser apagados ou permanentemente ligados ou desligados, e os genes mudam o seu comportamento e traços. Mesmo o gene inserido pode ser danificado ou rearranjado e pode criar proteínas aberrantes que podem desencadear alergias ou doenças. Proteínas produzidas por plantas de engenharia são diferentes do que deveriam ser. Inserindo um gene num genoma de plantas e animais usando a bio-tecnologia resulta em proteínas danificadas que são passadas ​​para aqueles que consomem esses alimentos.

Assim, os alimentos geneticamente modificados podem deixar resíduos e materiais de desperdício metabólico dentro dos nossos corpos, visto que o corpo humano tem dificuldade em digerir e eliminar produtos químicos sintéticos e biotecnológicos dos alimentos geneticamente modificados. Isso produz contaminantes relacionados com os OGM’s que são semelhantes à poluição. A maioria das culturas transgénicas é projectada para ser tolerante a herbicidas, resistindo a grandes quantidades de herbicidas químico, o que ao longo de muitos anos de uso tem produzido super-ervas daninhas que são resistentes aos herbicidas, o que aumenta as pulverizações químicas em curso nas culturas alimentares. Esses herbicidas são neurotoxinas que estão ligadas a uma variedade de doenças e defeitos congénitos. Genes que foram inseridos em alimentos geneticamente modificados podem transferir-se para o ADN das bactérias nos nossos intestinos onde elas continua a operar. O insecticida tóxico que é produzido pelo milho geneticamente modificado pode entrar directamente na corrente sanguínea e viajar para os órgãos de todo o corpo.

A maior parte dos riscos para a saúde e para o meio ambiente dos OGMs são totalmente ignorados pelas regulamentações superficiais e pela avaliação da segurança dos governos, citando pesquisas fraudulentas por aqueles com interesses conflituosos que tentam convencer o público de que os alimentos geneticamente modificados são seguros. A Food and Drug Administration (FDA) dos EUA, por exemplo, não requer estudos de segurança e não impõe a rotulagem de OGMs. Actualmente, não há monitorização de doenças relacionadas com OGMs e não há estudos em animais a longo prazo. Uma vez que ganhamos a compreensão dos objectivos dos controladores para além da avidez corporativa e da corrupção política, a vontade de envenenar cadeia alimentar da população humana começa a fazer muito mais sentido. É por isso que a investigação científica independente e relatos de problemas com os alimentos geneticamente modificados é totalmente atacados e suprimida, enquanto qualquer crítica da ciência publicada por detrás dos métodos de biotecnologia de alimentos de engenharia genética, permanece fora dos limites para a revisão e discussão pública.

Vacinas e Neurotoxinas

As vacinações são um tratamento médico sob a forma de uma injecção com a finalidade de aumentar a imunidade que deve ser administrada a um indivíduo saudável. Muitas pessoas estão a despertar para as ações antiéticas do anel de corrupção corporativo, médico, farmacêutico e das agências governamentais, que estão a forçar muitas doses de vacinação em combinações não testadas para serem administradas a bebés e crianças saudáveis. Muitas dessas legislações controversas que estão a tentar promover a vacinação forçada, violam a linguagem muito clara na secção de Consentimento Informado do Código de Ética Médica da AMA [American Medical Association]. O consentimento informado está directamente relacionado com a preservação do direito dos seres humanos à auto-propriedade, autonomia e prevenção de conduta abusiva. A vacinação forçada é projetada para destruir as leis que protegem o consentimento informado e de liberdade médica, e todas as pessoas devem estar conscientes deste ataque feito contra os nossos direitos humanos e contra o nosso corpo. Essas acções destinam-se a fazer regredir a Humanidade e repetir a linha de tempo da Segunda Guerra Mundial quando a eugenia, a gaseificação de cidadãos indesejáveis ​​e outros crimes contra a Humanidade eram perfeitamente legais e aplicados pelas nações fascistas que procuravam a dominação mundial, com o apoio dos controladores.

Diferentes vacinas contêm diferentes ingredientes que podem incluir vírus alterados vivos ou inactivados e bactérias, produtos químicos, metais, proteínas, antibióticos e humanos, ADN e RNA de animais e insectos. As respostas individuais às vacinas são baseadas na ligação genética fraca da pessoa, mas as reacções adversas sempre podem estar directamente ligadas prejudicialmente à bio-neurologia da introdução de neurotoxinas na corrente sanguínea. A composição genética única de cada pessoa responderá à neurotoxina com diferentes sintomas físicos que podem ser classificados por uma variedade de doenças clínicas, mas o ataque ao cérebro, ao sistema neuronal, ao ADN e às mitocôndrias são evidentes. As vacinas tendem a combinar múltiplos metais em quantidades vestigiais, como o alumínio e o mercúrio, o que aumenta exponencialmente o seu impacto tóxico e danos sobre os neurónios e produz disfunções cerebrais. Não é de admirar que a idade para o início da demência continue a descer e o Alzheimer cresça rapidamente na população. Quando a bio-neurologia é danificada, é mais difícil para essa pessoa encarnar a sua Alma ou corpo espiritual, porque o corpo repele a frequência de ressonância do seu EU superior.

Adicionalmente, as vacinas de vírus vivos são cultivadas em várias células humanas e animais recolhidas a partir de tecido fetal abortado, macacos, vacas, galinhas, cães, ratinhos e outros animais. A forma como muitas vacinas são produzidas é através da contaminação viral entre espécies. Quando o ADN estranho é injectado num ser humano, a resposta imune do corpo é a de atacar esse ADN estranho. Quando esse ADN animal estranho se liga às células humanas, a resposta imunológica inclui atacar as suas próprias células. Injectar esses vestígios de ADN de várias espécies na corrente sanguínea também causa problemas com a sinalização do ADN no corpo, o ADN original da espécie humana. É a confusão da linguagem no ADN humano, destinada a confundir a comunicação nas células. O corpo humano não pode identificar o sinal de ADN original quando se torna hibridizado com várias espécies, e dessa forma as células são incapazes de reconhecerem as ressonâncias de frequência do seu verdadeiro ADN.

Este é outro nível de controlo baseado na introdução, através da injecção de ADN animal na corrente sanguínea, para mudar geneticamente a população humana para se tornar mais animalesca com o passar do tempo. Esta é uma forma de modificação genética intencional e de hibridação forçada, com múltiplas espécies animais, a fim de degradar o ADN humano. Infelizmente, até que um evento de Divulgação Integral revele o verdadeiro propósito do CDC [Center For Disease Control], as massas são submetidas a fraudes científica, encobrimento pelos meios de comunicação e uma conspiração massiva. O CDC é apoiado pelos controladores no topo e o calendário de vacinação para a infância é projectado com base no facto de que no final de 1980 muitas mais crianças Indigo e Cristal crianças estavam a nascer na Terra. Estas são almas das estrelas, seres que se voluntariaram para ajudar o planeta Terra a mover-se para uma Consciência mais elevada durante o Ciclo de Ascensão. Como resultado, o assalto combinado dessas vacinações em algumas dessas almas muito sensíveis e antigas em pequenos corpos de bebé poderá ter sido destrutivo e devastador para sua bio-neurologia e Consciência. Esta é a intenção e o evento causal que gerou a campanha de vacinação agressiva do CDC, encurtando os intervalos das doses, ao mesmo tempo em que os Indigos estavam a surgir em massa.

Como um ser humano que está preocupado com as crianças da Terra e o futuro da Humanidade, todos nós devemos fazer a nossa própria pesquisa e estar atentos a quem beneficia da informação que estamos a ler sobre estes temas. Pelo menos, seguir o dinheiro e perguntar que tipo de pessoa pode dormir à noite com as suas altamente recompensado grandes contas bancárias, sabendo que estão a cometer este crime contra crianças? O interesse em injectar vestígios de ADN animal e neurotoxinas conhecidas, misturadas com bactérias e vírus na corrente sanguínea de crianças, não é para o benefício de seres humanos.

Rastos Químicos e Obstrução Orgânica da Luz

“Rastos Químicos” tornou-se o termo do público para a modificação artificial classificada em curso, dos sistemas climáticos da Terra, usando nano-materiais reflexivos e aerossóis que refletem a luz solar. Os aerossóis são dispersados ​​através de rastos de avião a jacto que se expandem em nuvens artificiais reflexivas. O sistema climático do planeta está a desintegrar-se à medida que os geo-engenheiros tentam desesperadamente controlá-lo com medidas cada vez mais destrutivas. A actividade solar é a chave para ligar os interruptores genéticos para a activação do ADN humano. Quando a atmosfera superior está a sofrer uma forte ionização, ela muda partes das cargas das partículas desses campos, e a atmosfera inferior na superfície da terra é afectada pela exposição às relações alteradas electrão-protão. A tentativa de controlar a taxa das partículas carregadas criadas através do campo de ionização à medida que entra na atmosfera inferior na direcção da superfície planetária é uma das agendas negativas para as pulverizações com rastos químicos. Esta é uma tentativa de bloquear a conexão natural que de trocas entre a atmosfera superior e a atmosfera mais baixa da terra, visto que estas são as áreas em que os controladores tentam manter as suas cercas de frequências. Essas cercas têm proporções de electrões específicas que serão comprometidas se esses rácios mudarem. Os controladores manipularam a magnetosfera na camada superior atmosférica para invadir o cérebro planetário, há milhares de anos, usando a tecnologia para controlar o campo magnético. Quando o campo magnético é controlado, o controle mental começa, portanto, e esta é uma das fontes de energia da programação de controle mental na Terra.

Os rasto químicos também interferem com as funções dos neurotransmissores, visto que os neurotransmissores são o meio químico através do qual os sinais fluem de um neurónio para o outro nas sinapses químicas. As sinapses químicas permitem que as nossas células nervosas formem circuitos dentro da nossa rede neuronal. Os controladores fizeram tudo o que puderam para desligar a comunicação celular dentro do corpo humano, para desligar, dividir e separar todas as nossas partes. A função natural dos neurónios ou células nervosas humanas é a de formar circuitos. Os circuitos são coisas que se conectam entre si para partilhar informações em várias partes. Ao criar circuitos, isso permite que a comunicação seja partilhada entre os vários níveis de células nervosas e das funções corporais.

As sinapses químicas são cruciais para os cálculos biológicos subjacentes às nossas percepções e à maneira como pensamos. São as sinapses químicas que definem como nosso cérebro está a processar neurotransmissores, e isso é o que ajuda a criar o que percepcionamos como realidade. Elas moldam as nossas percepções, o acesso que temos à Consciência dimensional múltipla e à maneira como pensamos. Estes produtos químicos permitem que o sistema nervoso se conecte e controle outros sistemas do corpo. Estas são sinapses que usam os produtos químicos do nosso corpo, neurotransmissores que conectam e controlam os sistemas corporais, dando instruções aos órgãos ou às glândulas para os ajudar a funcionar de forma ideal.

Para além disso, os implantes exógenos trabalham no corpo humano de forma semelhante, como os processos químicos de geoengenharia que são utilizados na pulverização de rastos químicos nos céus. Os rastos químicos são utilizados como uma tecnologia de bio-engenharia desenhada para moldar o corpo humano até à submissão a agendas de engenharia social, com uma variedade de nano tecnologias ou implantes de metais pesados. Quando o material estranho é introduzido no corpo natural isso perturba o equilíbrio energético, electromagnético e o ritmo homeostático do corpo. Isso coloca o corpo num estado de hiper-imunidade, ou numa síndrome de “luta ou fuga”, porque o corpo está sempre a lutar contra o invasor. O corpo desenvolve mecanismos de enfrentamento para lidar com o invasor estranho, enquanto o stresse extremo é colocado sob o sistema nervoso central, o cérebro e o sistema imunológico. Os rastos químicos e os implantes exógenos geralmente agem para gerar sobrecarga de frequências metálicas, para trancar sinais com programas de inteligência artificial ou tecnologia relacionada. A experimentação com diferentes níveis de patogénicos pulverizados que são geneticamente desenhados parece ser designada para diferentes regiões ou cidades metropolitanas por todo o mundo, como a pulverização de estirpes de Micoplasma por toda a costa oeste dos EUA, e a engenharia genética de nano tecnologia com insectoides ou outro ADN não humano que é pulverizada sobre a costa leste.

Eventualmente, quando o corpo humano está absolutamente sobrecarregado com esses elementos de stresse combinados, isso perturba o organismo corporal e, em  resultado disso, parasitas, fungos, leveduras e outros microorganismos crescem em demasia e tornam-se patogénicos para o corpo. É importante entender que os parasitas enérgicos acabam por se manifestar e transformar-se numa variedade de parasitas físicos no corpo humano. Os parasitas físicos afectam todas as funções corporais, funções do corpo mental e formas de pensamento, induzem estados emocionalmente histéricos, bem como promovem a desconexão com o EU interior e as energias espirituais. A infecção parasitária física também pode levar a uma infestação mais fácil do corpo espiritual por entidades demoníacas, pois eles são parasitas também. Se o corpo é fortemente implantado e, portanto, parasitado, a terapia anti-parasitária, tais como desintoxicações, jejuns e meditação são altamente sugeridas para recuperar o equilíbrio energético no organismo homeostático integral do corpo, mente e espírito.

Quando as pessoas estão sobrecarregadas com toda essa exposição electromagnética artificial, poluição genética, toda essa exposição a substâncias químicas e tóxicas, isso interfere directamente no cérebro e com os neurotransmissores. Para além disso, para agravar o problema, a muitas pessoas também são prescritas drogas psicoactivas que também interferem com a função de sinapse química, porque está a forçar ou a retardar a produção de neurotransmissores no cérebro. Isso pode bloquear o cérebro de receber sinais de comunicação nas frequências mais altas, como os sinais de ADN humano e as frequências mais altas da nossa Alma, do nosso Espírito, da nossa família espiritual, dos nossos Guardiões. Isso ocorre porque esses reinos existem muito acima da escala de frequências da realidade material. Essas combinações são vulgarmente usadas como um tipo de cerca de frequência induzida electroquimicamente e localizada, para interferir com a bio-neurologia humana e, portanto, bloquear o desenvolvimento da Consciência mais elevada. Ela prejudica a evolução bio-espiritual da raça humana e o processo de Ascensão individual daquelas pessoas que são mais impactadas por esses ataques.

A fim de removemos a cerca de frequências de supressão, temos que aceitar que ela existe. Quando nos tornamos conscientes de que algo está a suprimir a nossa Consciência, este é o primeiro passo que nos leva a eliminar o problema, porque agora estamos a concentrar-nos na nossa Consciência superior e a tornarmo-nos autoconscientes.

Conclusão                            

Este é um tópico muito complexo sobre o qual volumes poderiam ser escritos. Tenho tentado dar exemplos de engenharia genética que são visíveis para nós na nossa vida diária. Eu nem sequer abordei o assunto dos programas de criação de animais exóticos e da abdução. No entanto, o que permaneceu escondido é que os controladores hiperdimensionais tiveram uma influência massiva sobre a engenharia genética e social da raça humana, que levou à escravização da Consciência na Terra e à promoção de todas as guerras mundiais nos tempos actuais. As guerras lutaram pelo poder de acesso à avançada tecnologia alienígena para a miliarização global, o controle tecnológico da mente, a colonização espacial, bem como o sacrifício de sangue humano e a colheita de Almas em grande escala, com a finalidade de dominar o mundo por entre as cabalas governamentais. O fim da Segunda Guerra Mundial deu início aos enormes esforços organizacionais para a criação de empresas criminosas de conglomerados galácticos, escondidas em alguns dos Programas Espaciais Secretos, que administram ao nível mais elevado o tráfico humano para a escravidão, supersoldados, escravidão sexual, usando seres humanos da Terra como uma mercadoria para o comércio com civilizações fora do planeta.

As Elites no Poder recusam-se a revelar à população terrestre a existência de extraterrestres, entidades hiper-dimensionais, colónias humanas fora do planeta e conglomerados que escondem avançados abusos tecnológicos. Eles estão envolvidos em graves crimes de genocídio contra os habitantes da Terra, bloqueando o acesso ao consentimento informado das actividades terrestres com malícia intencional, enganando todos os habitantes da Terra, protegendo e abrigando o comércio de escravos humanos galácticos. Isso permite que esses sindicatos criminais não-humanos e humanos continuem a sequestrar milhares de milhões de adultos e crianças para engenharia genética, projectos militares secretos, escravidão sexual, alimento, jogos de estimação, trabalho escravo e uma variedade de agendas de escravidão e tortura contra a Humanidade.

Se mais pessoas tivessem acesso a essas informações sem serem ameaçadas, atacadas ou perseguidas, isso permitirá que muitas pessoas saiam e comecem a dizer a verdade. Ao ocultar esta informação e continuarem a promover mentiras e enganos, permitem que as pessoas que estão a trabalhar para apoiar a Ascensão, a Divulgação Integral ou tópicos relacionados continuem a ser perseguidos, alvejados, intimidados e até mesmo brutalizados. Esta é outra razão pela qual o evento de Divulgação Integral na Terra é tão importante. Isso removeria um enorme fardo de ameaças e ataques contra aqueles de nós que apoiam a Divulgação a ser dada à população deste planeta. Se as pessoas tiverem as informações relacionadas com este Processo de Divulgação, elas estariam muito mais dispostas a estar abertas à compreensão das leis da natureza e também a verem como a actual cultura da morte foi projectada socialmente para violar essas leis, a fim de escravizar as pessoas. Muito do que vemos prejudica as pessoas no mundo de hoje e pode ser interrompido com apenas bom senso e a capacidade de reduzir algum egoísmo humano e ganância.

É por isso que um evento Integral de Divulgação extraterrestre para os habitantes da Terra é extremamente importante. Enquanto esta agenda permanecer escondida, ela gera uma infecção parasitária cada vez mais profunda na Terra que prejudica todos os seus habitantes.

Por favor, aceite apenas o que é útil para o seu crescimento espiritual e descarte o resto. Obrigado pela sua coragem de ser alguém que procura a Verdade. Eu sou Deus, Soberana, Livre!

Até à próxima, e permaneça na luminosidade do seu caminho do coração com o seu Avatar Crístico da Sabedoria. Por favor, seja gentil consigo e com os outros.

Em Amor, Lisa Renee

Fonte: http://ascensionenergies.com/2017/04/15/ascension-is-genetic-rehabilitation-of-original-human-dna/

Deixe um comentário

Top