leis da manifestação

Dissuasão Energética e Manifestação do Livre-arbítrio

 

A dissuasão energética tem sido uma questão muito difundida neste planeta, que parece ainda não estar bem compreendida, mesmo entre os Trabalhadores da Luz.

As Trevas têm um sistema que funciona para dissuadir as pessoas de fazerem coisas positivas, de forma a que elas não se apercebam do que está a acontecer. Nisto, eles usam uma sinergia de:

– Implantes físicos e não físicos

– Armas físicas e não-físicas dirigidas pessoalmente tais como certos pensamentos negativos dirigidos por rádio-frequências, sentimentos, sugestões, energias, etc.

– Magia negra

– Entidades negativas não físicas

Eles têm as pessoas sob vigilância constantemente e usam todas essas coisas diariamente, adaptadas a cada momento, para dissuadirem as pessoas de fazerem coisas positivas, levando-as a esquecer, ou a “não se sentirem inspiradas”, ou a acreditarem que não conseguem, o que acaba por levar as pessoas a afastarem-se de uma forma ou de outra. Eles têm trabalhado arduamente de forma a que os alvos destes ataques não se consigam aperceber do que se está a passar, isto é, de modo a que as pessoas acreditem que é o seu próprio processo pessoal e o seu próprio sentimento pessoal, quanto na verdade elas estão a ser manipuladas externamente.

Parece que muitas pessoas têm a ideia de que isso só acontece de vez em quando e apenas nos indivíduos que não estão despertos. Este não é o caso. O meu objectivo não é trazer negatividade, mas sim mais compreensão sobre a situação para que possamos resolvê-la.
Todos somos alvos, e apesar da incrível estupidez das forças das trevas ao fazerem essas coisas, infelizmente, eles também têm um certo tipo de inteligência e estratégia para planear e manipular a longo prazo todos os indivíduos e os seus relacionamentos. Eles têm gravadas todas as nossas vidas passadas no plano de plasma e etérico, usando os implantes, eles estudaram-nos, eles sabem o que realizamos ou temos feito ao longo das nossas jornadas e, até certo ponto, eles compreendem as nossas fraquezas e os nossos sonhos. Eles sabem o que devem e quando devem pressionar os nossos botões psicológicos. Convido-vos vivamente a permanecerem totalmente conscientes das vossas próprias envergaduras psicológicas e a realizarem regularmente uma auto-análise, o mais honesta e objectiva possível.

Eis uma lista de algumas das coisas positivas que eles tentam dissuadir nas pessoas de fazerem diariamente:

– Juntarem-se e promoverem meditações em grupo

– Manterem uma prática espiritual individual, positiva e disciplinada

– Manterem um estilo de vida mais saudável (uso produtivo do tempo, libertação de vícios, conexão com a natureza, alimentação saudável, etc.)

– Manter relacionamentos harmoniosos com respeito mútuo pelo livre arbítrio, perdoar

– Fazer mudanças positivas na vida (mover-se para relacionamentos mais saudáveis, melhores padrões de vida, etc.)

– Enterrar Pedras Cintamani

– Qualquer outra coisa que efectivamente gere progresso em direcção à Libertação

Então, se experimentou resistência e dificuldade para fazer alguma destas coisas, como por exemplo encontrar motivação interna ou oportunidades para as realizar, pode ter a certeza, e lembre-se, isto não veio do seu próprio processo natural pessoal, mas sim em resultado de uma manipulação externa.

Algumas dicas para ajudar a cancelar essas manipulações e voltar para o nosso próprio processo natural:

– Esteja ciente de que isto é a prática comum e diária neste planeta, provavelmente até ao Evento

– Reserve regularmente algum tempo para si mesmo para parar todas as suas actividades e as suas opiniões por alguns momentos, e reflicta honestamente sobre o que está a fazer e o que está a acontecer na sua vida, tão objectivamente quanto puder.
– Pergunte-se a si mesmo se está realmente a fazer o que é certo, a coisa mais benéfica que pode fazer, de acordo com sua ética básica?

Uso do Livre Arbítrio. Lembre-se que podemos realmente fazer uma escolha sobre absolutamente qualquer coisa que esteja a acontecer nas nossas vidas, internamente e externamente. Fazendo essas escolhas de acordo com o que realmente queremos, o que realmente sabemos no nosso coração que é a coisa certa a fazer, pela justiça, pela paz, pelo bem de todos e, depois, ter uma disciplina para manter as nossas acções em alinhamento com essas escolhas numa base diária
(e, lembrando-se de respeitar absolutamente do Livre Arbítrio dos outros a cada momento).

O Livre Arbítrio é o principal antídoto para esta situação. Infelizmente, a Humanidade tem sido incrivelmente ausente no uso do seu Livre Arbítrio, tendo-se deixado influenciar de forma individual e colectiva em qualquer direcção encaminhada pelas trevas.

O Livre Arbítrio é a fonte da Centelha de toda a Criação

Imagine-se sendo um deus ou deusa sentado numa nuvem no céu, capaz de manifestar absolutamente qualquer coisa instantaneamente. Como é que consegue fazer isso? Faz isso com a sua vontade.

Este cenário é praticamente o que está acontecer, a única diferença é que nos planos inferiores da Criação, em particular no plano físico, as etapas do processo de manifestação são um pouco mais complexas.

O princípio mais básico da manifestação é que tudo é criado primeiro no plano espiritual mais elevado, menos denso. Depois, este reduz-se em densidade através de cada um dos planos, tal como está descrito aqui:

planos da criação

Cada um desses 7 planos têm 7 sub-planos. Cada um desses 49 planos são estados da matéria. O mundo espiritual, onde a nossa Alma e espírito residem, é simplesmente um estado de matéria mais denso. O mundo físico corresponde às 3 linhas na parte inferior da imagem acima (denso, líquido, gasoso). Acima destes estão os planos plasma, etérico, astral/emocional, mental, etc. As nossas emoções e pensamentos são tão concretos como o mundo físico, pois são também feitos de matéria, simplesmente matéria menos densa.
Da mesma forma que o sólido, líquido e gasoso estão unidos entre si e interagindo dentro do nosso corpo físico, também os nossos corpos superiores de plasma, etérico, astral, mental estão interligados da mesma forma.

Então, porque é que a maioria das pessoas neste planeta não estão a conectar-se apropriadamente com a sua Alma e o seu EU superior?
O principal obstáculo neste planeta está na membrana plasmática (na figura acima, correspondente à linha pontilhada acima do plano gasoso). O próprio plasma é natural e existe em todo o Universo sem causar danos. No entanto, neste planeta, este está carregado de anomalia acumulada na entidade yaldabaoth (essa entidade só existe no plano do plasma). Toda comunicação e intercâmbio entre o mundo físico e todos os outros mundos de atravessar o plano do plasma, e a anomalia interfere muito com esse processo. Isto é o que cria, na maioria das pessoas, esse aparente isolamento e separação entre o mundo físico e todos os mundos não-físicos. No entanto, quando o plasma não é anómalo, ele pode servir como um canal para conectar o físico com os mundos não físicos.

O outro principal separador está na outra linha pontilhada acima (ver imagem) no meio do plano mental. Essa membrana é de alguma forma semelhante ao plasma e separa os planos abaixo dele, que são os planos da personalidade que estão sujeitos à dualidade, e os planos acima, que são Luz pura e Unidade pura.
Como pode ver na figura, a glândula pineal e a glândula pituitária no nosso corpo físico têm uma conexão directa que atravessa as membranas plasmáticas e mentais, permitindo que o corpo físico se ligue directamente ao plano mental superior, que é uma porta de entrada para os planos superiores e, portanto, para a Alma e para o EU superior. Esta é uma das principais formas de se estabelecer a conexão.

Também na foto acima, pode verificar que a Vontade está no nível mais alto dos planos espirituais. Na verdade, é a fonte da Centelha de toda a Criação, inicia o processo de manifestação e define a sua orientação. Depois disso, nós simplesmente mantemos essa decisão forte e clara, e a trazemos para baixo, para os outros planos, através dos nossos pensamentos, emoções, etc., e finalmente para as acções físicas. É exactamente o que Cobra definiu no processo de manifestação em 3 etapas:

1) Decisão/Vontade
2) Invocação (pensamentos, emoções etc, por exemplo, visualização)
3) Acções físicas.

Isso descreve exactamente o processo que traz a matéria dos planos espirituais superiores, através de cada plano, até ao mundo físico. É assim que tudo o que existe foi criado. Ao usarmos esse processo com dedicação, podemos manifestar qualquer coisa.

Outra forma de o descrevermos, é que nosso Eespírito e Alma são as âncoras do Livre Arbítrio e da Vontade Divina, e eles enviam o impulso e a mensagem para isso. O nosso trabalho aqui é ouvirmos a mensagem e alinharmos a nossa personalidade, até que a nossa personalidade e o nosso EU superior se fundam.

Vamos manter a nossa Vontade firme e forte tão regularmente quanto pudermos, escolhendo o que queremos que a nossa vida seja, de acordo com o que sabemos no nosso coração ser o correcto, em termos de Ética, Justiça, Paz, e bem-estar para todos.

Vitória da Luz!

Fonte: http://recreatingbalance1.blogspot.se/2017/09/energetic-dissuasion-and-free-will.html

Deixar uma resposta

Top
%d bloggers like this: