Astrologia Galáctica

O Universo é criado como um padrão fractal, no qual a Luz da Fonte é dividida em raios, que são frequências do espectro da Luz ancoradas primeiro nas dimensões / planos mais elevados da existência. Esses raios / arquétipos são a base de tudo o que existe, desde as estrelas aos planetas, aos seres humanos, plantas, animais e pedras. Eles fluem pelas dimensões e também se organizam no espaço de forma geométrica sagrada num padrão fractal.

astrologia galáctica
Imagem do “Pequeno livro de coincidências no nosso sistema solar”

Assim, podemos ver dentro do nosso corpo um padrão em rede dos meridianos e chacras, correspondendo a vários órgãos e partes do corpo físico, sendo que cada chacra e parte do corpo vai ancorar diferentes raios / arquétipos.

O seguinte fractal está ao nível da família da Alma, onde um grupo de Almas é organizado num padrão de geometria sagrada e cada Alma ancora um raio / arquétipo diferente, sendo que juntos formam um espectro completo.

No próximo fractal vemos a rede planetária, com as linhas de Ley e vórtices que correspondem aos meridianos e chacras, cada um deles ancorando vários raios / arquétipos.

No fractal seguinte, vemos o mesmo padrão em rede no sistema solar, com todos os planetas e asteróides que são os chacras / vórtices do Sistema Solar, todos eles ancorando diversos raios / arquétipos, todos eles conectados numa rede energética. linhas, tal como as linhas de Ley ou meridianos.

E então nós vemos o mesmo padrão no próximo fractal, dentro da galáxia, com todas as estrelas sendo os vórtices / chacras da galáxia, todas as Estrelas ancorando vários raios / arquétipos, todos ligados em rede. E o mesmo padrão fractal pode ser visto novamente ao nível universal, com todas as galáxias sendo os chacras do Universo, ancorando vários raios e todos ligados em rede.

Tal como acima, assim é abaixo.

Astrologia Galáctica

Então, a Luz da Fonte é transmitida para a nossa galáxia através do Sol Central, ancorada através de todos os raios e frequências através de todas as estrelas e constelações, que então chegam ao nosso sistema solar através do nosso Sol e todos os planetas do sistema Solar, e depois chegando à Terra através das linhas de Ley e vórtices da rede planetária e, finalmente, chegando até nós através do nosso chacra do coração e ancorados em todos os nossos meridianos e chacras. Este sistema fractal funciona como as antenas do Universo, recebendo e transmitindo a Luz através de toda a Criação.

Assim, os nossos campos energéticos, os nossos arquétipos como indivíduos, são magnetizados através das estrelas e dos planetas, como o seu espelho. É por isso que podemos ler muito sobre vidas individuais e situações planetárias lendo as posições das estrelas e planetas, se soubermos ler isso adequadamente.

Astrologia Galáctica
Coração Galáctico | O Nosso Coração | O Coração da Terra

Um exemplo bem conhecido disso é o padrão de Vénus no céu que ressoa com proporções douradas e cria um padrão de rosa, que é na verdade a fonte ou o transmissor para o desenho das rosas na Terra:

Astrologia Galáctica

Todos os planetas, asteróides e estrelas transmitem as suas próprias frequências para a rede galáctica dessa forma. Eles são todos seres conscientes e vivos, exactamente como o planeta Gaia / Terra é.

Esta é a base de como e porquê a astrologia funciona. É por isso que todas as culturas antigas, não importa o quão tecnologicamente desenvolvidas elas eram, desde a Grécia antiga e Egipto até aos antigos nativos americanos e australianos e chineses antigos, praticamente todas as culturas antigas, estavam sempre a observar as estrelas como uma bússola para as suas vidas. Eles estavam a ler os sinais, estavam a ver símbolos semelhantes nas constelações, usando as estrelas em correspondência com ervas e remédios, e alinhavam os seus locais sagrados com os alinhamentos estelares. Esta é a essência e o propósito original da Astrologia, que eu quero contribuir para trazer de volta.

Astrologia Galáctica

Astrologia Galáctica

Astrologia Galáctica

Astrologia Galáctica

A fundação da chamada astrologia ocidental é um desígnio universal, que foi ancorado na Terra nos tempos da Atlântida e depois transmitido através de gerações através das escolas de mistério, em particular no Mediterrâneo Oriental.

Astrologia Galáctica
Zodíaco de Denderah do Egipto antigo

Este projeto básico das 12 constelações é a estrela de 12 pontas (com o 13.º ponto no centro) que ressoa com a geometria da flor da vida, que é o projecto básico para todo o sistema fractal universal de raios.

astrologia galáctica

A astrologia, ou astro-logos, a linguagem das estrelas, influencia e afeta toda a Criação, quer estejamos conscientes disso e acreditemos, ou não. Mas a forma como nos relacionamos com ele e o nosso nível de Consciência muda a forma como essas influências astrológicas nos afetam. Isso é muito bem compreendido por muitas pessoas quando observam as influências da Lua nova e da Lua cheia. Todas as outras influências astrológicas funcionam exactamente da mesma maneira a esse respeito.

Um exemplo muito claro de como a astrologia afeta as situações é como, em 1455, durante uma conjunção Urano-Plutão, Gutemberg inventou a prensa tipográfica. Algumas décadas mais tarde, a conjunção Urano-Netuno em 1479, a família Medici da nobreza branca de Itália usa a imprensa para distribuir livros e informações que foram suprimidas, ajudando a desencadear o Renascimento.

O mesmo padrão foi repetido no século 20, com a conjunção Urano-Plutão em 1965, quando os primeiros modelos de computadores foram inventados. Algumas décadas depois, na conjunção Urano-Neptuno, em 1993, os computadores são produzidos em massa e ligados à Internet, de modo que as informações suprimidas pudessem chegar às massas, levando finalmente a um novo Renascimento.

Existem inúmeros exemplos como este, tanto nas vidas individuais como em eventos planetários.

Aqui é importante entender que a versão moderna da astrologia tem sido muito distorcida e mal usada ao longo dos séculos.

Em primeiro lugar, a astrologia não pretende fazer previsões exactas. Não é o livro pré-escrito do destino de nossas vidas. A astrologia pode ler as energias arquetípicas que estão em jogo numa situação, mas a forma como isso se manifestará depende do livre-arbítrio. A astrologia é como termos um lápis roxo e um laranja, ou amarelo e azul, mas o que desenhamos com os lápis é connosco. É como ler uma previsão do tempo enérgica, mas o que fazemos nesse dia ainda depende de nós.

Assim, a forma como experienciamos um planeta ou um signo é influenciada pela forma como escolhemos lê-lo e pela forma como a nossa Consciência ressoa, conscientemente, por meio das nossas escolhas e / ou subconscientemente, através da Consciência Coletiva e da rede planetária.

A astrologia foi mal utilizada, enfatizando demais as distorções e versões negativas dos arquétipos dos signos e planetas do zodíaco, e depois dando previsões, na sua maioria negativas e distorcidas às pessoas.

Isso tornou-se uma profecia auto-realizável, sendo que quando as pessoas ouviam as previsões tendiam a acreditar, pelo menos subconscientemente e, portanto, tendiam a manifestar essas interpretações negativas. Ao nível planetário, todo esse processo ancorou significados distorcidos dos planetas e signos na Consciência colectiva e na rede planetária, o que afetou negativamente e ainda mais o modo como as pessoas viviam a influência dos planetas e estrelas. Por exemplo, uma vez difundida a ideia de que Saturno ou Lilith são maus, eles tendem a ser sentidos dessa maneira, mesmo que as pessoas não se apercebam disso conscientemente, porque esse era o arquétipo principal ancorado na rede planetária. Assim, parte do nosso trabalho agora é voltar a ancorar os significados originais positivos dos planetas e constelações na rede e na Consciência Coletiva.

Outra forma pela qual a astrologia foi distorcida é que muitos planetas e asteróides femininos não foram tidos em, deixando a maior parte do foco nos planetas masculinos. Além disso, o Sol recebeu um simbolismo puramente masculino, enquanto na verdade o Sol como o Sol Central e todas as estrelas e nosso chacra cardíaco, possuem polaridades masculinas e femininas.

Aqui estão alguns dos principais planetas femininos que geralmente não estão sendo usados na astrologia moderna:

Chariklo. Embora quase todos os astrólogos modernos usem Chiron, poucos deles mencionam Chariklo, embora o asteroide Chariklo seja maior que Chiron. Chariklo é a mulher de Chiron no mito, e ela representa a Graça Divina, as energias curativas do Amor cósmico, o retorno do Feminino Divino, o arquétipo do Amor Feminino que muda a forma da água.

astrologia galáctica

– Eris. Mesmo que Eris seja maior que o planeta Plutão, ele também é ignorado. Eris é um arquétipo da feroz Deusa guerreira que termina os ciclos de frequências para trazer o retorno do Feminino Divino.

– Ceres. Embora Ceres seja bastante conhecido na astrologia moderna, raramente é usado apesar do facto de ser um planeta anão maior que Plutão. Ceres é o arquétipo da Deusa Mãe, gerando as energias da Alma, relacionando-se com os mistérios de Eleus e com o arquétipo virgem / sacerdotisa virgem. Essas sacerdotisas não tinham a ver originalmente com a castidade, mas simplesmente significavam que não eram casadas, e mantinham a presença da Deusa na Terra nos templos da Deusa, ancorados e nascidos através dos seus corpos.

– Pallas Athena. Novamente, embora este asteróide seja bem conhecido, não é usado com frequência. Atena é uma deusa guerreira, do arquétipo amazonas, a Deusa da sabedoria que coloca o Amor em acção prática e traz Luz no escuro (como seu símbolo é a coruja). Como um ser ascendido, Athena trabalha com as naves-mãe do comando de Ashtar. Uma das suas principais âncoras na Terra é a cidade de Atenas, na Grécia.

astrologia galáctica

Lilith. Mesmo que isso seja frequentemente usado na astrologia moderna, tem sido muito distorcido. Lilith é um ponto vazio no espaço perto da Terra, que detém uma força magnética muito forte e que pode ser detectada no radar. Como tal, representa o vazio magnético primordial do vazio, a energia do ventre cósmico.

Existem muitos outros arquétipos de Deusas e Deuses em asteróides e planetas no nosso sistema solar, como Ísis, Juno, Madalena, Medusa, Vesta, etc.

astrologia galáctica

Outro aspecto da astrologia que foi removido da astrologia convencional são as estrelas e os seus significados reais. Ao ler um gráfico, podemos ver as posições do Sol Central, um portal estelar, as Pleiades, Sirius, Dubhe, a estrela de DouMu, Antares, Aldebaran, Vega, Arcturus, Beteigeuse, Tau Ceti, etc. Isto pode dar muita clareza e significado poderoso para a leitura de gráficos de indivíduos, em particular das Sementes Estelares, pois podemos obter pistas sobre as nossas origens e energias que estamos a trazer e que têm a sua origem além deste sistema solar. Também é significativo para eventos e portais planetários, meditações em massa, etc.

Como sempre foi conhecido desde os tempos antigos, várias estrelas e planetas têm correspondências com diferentes partes do corpo, ervas e plantas, cristais, metais, Seres Ascensos e Arcanjos, etc., porque toda a Criação é construída a partir dos mesmos raios / arquétipos vindos das dimensões mais elevadas.

Entender essas correspondências tem muitas aplicações, para ajudar na cura individual, para ajudar no nosso trabalho energético individual e colectivo, para que possamos sincronizar o nosso trabalho energético com alinhamentos específicos e usar ervas específicas, cristais, cores de Luz, conexão com seres de Luz, etc. .

Por tudo isso, vou começar a falar mais sobre astrologia e todas as suas ramificações, e agora também estou disponível para dar leituras de gráficos pessoais para os interessados. Essas leituras particulares e individuais não são previsões futuras, conselhos pessoais ou curas. Tudo o que fazemos é ler os arquétipos e energias ancorados no campo energético e como eles se manifestam, para ajudar a entender a nossa missão e propósito e lugar nesta vida, e para ajudar a trabalhar com situações particulares nas nossas vidas. Como estas energias se manifestam é sempre de livre arbítrio. Também podemos obter pistas sobre as origens da Sementes Estelares, ou sobre como duas pessoas se relacionam comparando os seus gráficos e também como os planetas e as estrelas nos influenciam num determinado ano ou em momentos específicos. Com tudo isso, também podemos encontrar técnicas de energia, seres de Luz e ferramentas com as quais alguém pode trabalhar e que ajudarão em sua jornada.

Para mais informações, pode-me enviar um email para [email protected] e visitar esta página:

http://recreatingbalance1.blogspot.com/p/galactic-astrology-readings.html

astrologia galáctica

Também pode aprender mais com o trabalho de Lalita Karoli, que tem trabalhado muito para recriar um projecto verdadeiro e harmonioso para a Astrologia, e que muito me ensinou:

Neste vídeo, ela também dá um exemplo de como podemos usar a Astrologia com cristais para auxiliar na harmonização e estabilização dos alinhamentos planetários:

💖 Muito Amor 💖

Fonte: https://recreatingbalance1.blogspot.com/2018/08/galactic-astrology.html

Deixe um comentário