Actualização de David Wilcock ~ A Divulgação Total e a Ascensão: A Guerra Está a Aquecer! ~

Embora as coisas pareçam até “demasiado calmas” no mundo visível, de momento, a guerra no mundo dos programas espaciais secretos nunca foi tão quente ou intensa.

Nós já não conseguimos obter informações completas devido a questões de segurança operacional – mas temos pistas muito sólidas sobre ao que isto está a levar.

A ilustração de artista no topo deste artigo é uma imagem criada por um profissional, da área onde a batalha está a ocorrer agora, baseada em informações de alto nível.

Esta não é de todo uma situação normal. Devido à tecnologia de “camuflagem” esta guerra é na sua maior parte invisível para nós, mas há vestígios da batalha que podemos observar.

As naves em forma de lágrima são draconianas, e a triangular em forma de viga estão relacionadas com um novo e inesperado ataque surpresa a partir daquilo que parece ser a Aliança.

Vamos fornecer o contexto completo neste artigo para ajudá-lo a entender o que está acontecer agora, e onde é que isto poderá levar.

A fim de criar a história, é necessário criar uma a nova visão abrangente através de alguns exemplos pouco conhecidos, mas convencionais.

PRIMEIRA PARTE: OS CULTOS À CARGA E OS PROGRAMAS ESPACIAIS SECRETOS

UMA MUDANÇA RADICAL PODE RAPIDAMENTE TORNAR-SE NO “ENTEDIANTE NOVO NORMAL”

Basta olhar para o dispositivo que você está a usar para ler estas palavras agora. É parte da sua rotina diária usá-lo. Você não precisa de pensar muito sobre isso.

O gadget geralmente funciona da maneira que é suposto. Embora você não saiba tudo, você aprendeu a usá-lo e consegue utiliza-lo.

Você pode ler artigos, reproduzir vídeos com efeitos impressionantes, conversar com pessoas que você pode ver no ecrã, e encomendar mercadorias e serviços.

Com apenas alguns cliques, você pode garantir que, em menos de 24 horas, alguém vai chegar à sua porta com uma caixa contendo o que quiser.

Você não tem que ter trabalho algum para obter esses itens. Você nem tem de ir a qualquer lugar para os encontrar. Eles só se manifestam como que por magia.

TUDO PARECE NORMAL

Agora, olhe à volta. Se você estiver dentro de casa, observe coisas como as janelas de vidro, o piso alcatifado, aparelhos eléctricos e as roupas que está a vestir.

Você provavelmente tem uma carteira contendo cartões de plástico que com os quais pode obter as coisas que quer apenas passando-os através de uma máquina com botões.

Olhe para aquilo de que os materiais à sua volta são feitos, as funções que desempenham e as comodidades pelas quais paga. Tudo parece muito normal.

No entanto, se você projetasse alguém à algumas centenas de anos atrás para a sua situação, eles iriam deslumbrar-se com as coisas misteriosas que vissem.

Se eles posteriormente voltassem ao tempo deles, eles logo iriam relatar encontros com “deuses” místicos num reino celestial com magia inexplicável.

TUDO QUE EXPERIENCIAMOS ACABA POR SE TORNAR “NORMAL”

Você também pode saltar de um avião e viajar através de grandes distâncias que teriam levado meses, fosse de cavalo ou de barco, antes dos caminhos-de-ferro terem sido inventados em 1804.

Agora você pode viajar suficientemente rápido para que o tempo do seu corpo que antes era de dia agora se torna noite – e vice-versa.

 

 

Qualquer local interior é, em última análise, apenas alguma forma de um quarto. Estamos num quarto, sentados talvez, a olhar pela janela, e tudo isso é muito típico.

Se você está em um carro, comboio ou avião, você ainda está dentro de um veículo familiar.

Os bancos, as janelas, a decoração e tudo o que você vê fora desse veículo é totalmente não-desafiador para os seus sistemas de crenças. Todos sabem disso.

MUITAS PESSOAS DIFERENTES PARA CONHECER

Você vê as pessoas de todas as raças diferentes no decorrer da sua rotina diária – tanto pessoalmente como através de outras formas. Os asiáticos, latinos, caucasianos, pessoas de ascendência Africana e outras.

Você não fica no mínimo pouco surpreso ou perturbado pelas diferenças na aparência. É tudo muito normal para si.

É só quando algo ou alguém novo aparece que, por um breve período de tempo, toda a sua realidade pode ficar de pernas para ar.

Logo, porém, até mesmo uma nova e radical mudança – como descobrir uma raça nova e diferente de pessoas – se torna uma parte da normalidade da vida diária.

OS CULTOS À CARGA

Thayer Watkins, um membro do corpo docente da Universidade Estatal de San Jose, é um dos muitos estudiosos que investigou o fenómeno intrigante dos “cultos à carga” que se formaram nalgumas ilhas do Pacífico Sul.

A maioria dessas ilhas estão localizadas numa área chamada Melanésia, a nordeste da Austrália. Esta área estava muito perto do Japão e do cenário das batalhas que ocorreram durante a Segunda Guerra Mundial.

Várias ilhas diferentes da Melanésia que tinham vivido em isolamento quase completo, subitamente foram contactadas por pessoas misteriosas de pele branca durante a guerra.

Os militares sobrevoavam com tecnologias avançadas, pois estas ilhas poderiam ser infiltradas pelo inimigo e usadas como bases para montar novos ataques.

A Austrália e a Nova Zelândia eram países Aliados e haviam receioa de que o Japão iria tentar invadi-las por via aérea ou por via marítima pelo nordeste.

Estas ilhas também foram usadas como áreas de preparação para batalhas sangrentas, como a de Guadalcanal, que está dentro das Ilhas Salomão, conforme o mapa abaixo.

Assim, a Melanésia de repente tornou-se uma área de importância tática fundamental na Segunda Guerra Mundial, providenciano um exemplo muito dinâmica da “inculturação” da história do século 20.

 

Os nativos foram expostos a um certo nível de sofisticação, a civilizações e a tecnologias diferentes de tudo o que eles poderiam ter esperado até então.

Isto é de muito maior importância para a nossa situação actual do que alguém possa imaginar.

O povo da Melanésia não tinha conhecimento do mundo maior ao redor deles.

No que lhes dizia respeito, a Melanésia era o mundo conhecido, e todo o mundo que havia para conhecer existia lá.

A ideia de que a sua população era muito pequena, e existiam lugares muito maiores para se viver do que aqueles onde estavam, nunca lhes tinha ocorrido.

Nem poderiam imaginar a tecnologia para além do nível primitivo que haviam alcançado por conta própria.

O PROFESSOR THAYER WATKINS FALA SOBRE OS CULTOS À CARGA

Aqui está uma citação do professor da Universidade Estatal de San Jose, que nos ajuda a obter essa discussão começou.

Esta é uma questão de importância fundamental no mundo dos delatores sobre o qual ouvi durante anos. Após seguir a pista desta pesquisa, agora eu entendo porquê.

Nós adicionamos imagens para reforçar a ideia. Dê uma vista de olhos:

Prof. Thayer Watkins sobre os “Cultos à Carga”

http://www.sjsu.edu/faculty/watkins/cargocult.htm

Após a Segunda Guerra Mundial, os antropólogos descobriram que uma religião fora de vulgar tinha emergido nos ilhéus do Pacífico Sul.

Ela era centrada em torno do conceito da carga, que os ilhéus percepcionavam como a fonte da riqueza e do poder dos europeus e americanos.

Esta religião, conhecida como o Culto à Carga considerava que, se as próprias cerimónias fossem realizadas, riquezas imensas seriam enviadas a partir de algum lugar paradisíaco.

Era tudo muito lógico para os habitantes dos ilhéus.

 

 

Os habitantes perceberam que eles trabalhavam no duro, mas eram pobres, enquanto os europeus e os americanos não trabalhavam, mas em vez disso escreviam coisas em papel.

A seu tempo, um carregamento com coisas maravilhosas chegaria.

Os membros dos Cultos à Carga construíram réplicas de aeroportos e aviões com ramos e galhos.

Eles reproduziam os sons associados aos aviões para tentar activar o embarque das cargas.

 

 

Embora a existência dos cultos à carga só se tenha tornado conhecidoa após a Segunda Guerra Mundial, os cultos desenvolveram-se muito antes, quando os europeus chegaram pela primeira vez à área em navios.

Haviam lendas nos ilhéus do seu deus ancestral ter viajado para o oeste, prometendo voltar um dia…

Os nativos iriam construir uma cabana na floresta, e os membros do culto trariam dinheiro e deixá-lo-iam na cabana na expectativa de que ele iria crescer.

Por vezes, réplicas das pastas seriam usadas para guardar o dinheiro.

Infelizmente, o dinheiro era frequentemente roubado desses bancos na selva, deixando os nativos ainda mais pobres do que estavam antes…

 

 

 

 

 

Na Nova Guiné, as autoridades australianas contaram com a ajuda de um filho de um guerreiro famoso para desencorajar o culto à carga.

Ele foi eficaz, e como recompensa os australianos ofereceram-lhe uma viagem para Sydney.

Enquanto estava em Sydney, este homem visitou um museu antropológico. Lá, ele viu os objectos de culto sagrado do seu povo em exibição.

Quando o homem voltou para Nova Guiné, ele espalhou a palavra de que a fonte do poder dos australianos teria sido a arte sacra roubada ao seu povo – e construiu um templo para os conservar.

Um novo culto desenvolveu-se em torno desta ideia.

As promessas dos “deuses” não foram mantidas

Os soldados da Segunda Guerra Mundial que visitaram e assistiram estas ilhas também partilharam também os seus próprios ensinamentos cristãos, incluindo a ideia do fim dos tempos e da Ascensão.

A guerra terminou. O inimigo dos EUA nunca tentou invadir as ilhas ou usá-las como uma área de preparação.

O significado táctico das ilhas desapareceu. As promessas dos “deuses” não foram mantidas. Ninguém voltou a dar-lhes mais “carga”.

Os “cultos à carga” formados após essas culturas terem deixadas em paz. Os resultados foram bastante inesperados.

Até mesmo os aspectos mais mundanos da nossa civilização “moderna” foram elevados com cerimónias religiosas arcanas elaboradas, consideradas de altíssima importância.

 

 

 

UMA CIVILIZAÇÃO COMPLETAMENTE DIFERENTE DA NOSSA PODERÁ ESTAR A OPERAR NA TERRA SEM O NOSSO CONHECIMENTO

Embora este conhecimento esteja disponível publicamente, ele comporta uma importância muito maior no seio da comunidade de delatores do complexo militar-industrial do que para o mundo em geral.

Você e eu podemos estar a viver em “ilhas” aqui mesmo na Terra, a que chamamos de continentes – e a pensar estes são os únicos lugares onde qualquer pessoa pode viver.

Apesar do quanto avançados possamos crer que somos, nós podem não fazer a menor ideia do verdadeiro alcance das pessoas e tecnologias que estão a funcionar ao nosso redor

Estas pessoas podem ter-nos visitado e ter-nos dado “carga” naquilo que podemos pensar ter sido num passado distante. Logo formamos sistemas de crenças elaborados a partir dessa experiência.

A “carga” original pode à muito ter desaparecido, mas várias relíquias e obras de arte permanecem – em homenagem ao que os nossos antepassados uma vez presenciaram.

Outras “cargas” podem ter sido deixadas aqui nos tempos mais recentes – e inspirado muitos dos avanços que agora tomamos como certos na nossa sociedade.

Nós agora acreditamos ter todas as respostas. Nós fervorosamente acreditamos que nós compreender a realidade, e que as nossas conclusões são palpáveis, até mesmo óbvias.

Lutamos e defendemos os nossos sistemas de crenças, mesmo até à morte, uma vez que são “normais”. É o que “Deus” nos revelou – o deus da ciência.

Nós sentimos que a tecnologia que temos agora é a melhor que existe, ou será.

Mal podemos imaginar ter algo melhor neste momento.

Cada nova mudança é gradual o suficiente para que nós fiquemos apenas um pouco mais animados do que estávamos antes, e esta também acaba por tornar-se “normal”.

A REVISTA SCIENTIFIC AMERICAN DISCUTIU A RELIGIÃO DO CULTO À CARGA EM MAIO DE 1959

Como os cultos à carga, temos apenas breves vislumbres de “objectos voadores não identificados” e “extraterrestres” no nosso quotidiano.

Nem todos acreditam nos relatos de numerosas testemunhas. Aqueles que o fazem são só ainda mais encorajados pela oposição existente.

Como os cultos de carga, o conhecimento que adquirimos dos nossos visitantes pode rapidamente ser moldado em sistemas de crenças que são raramente ou nunca questionados:

Em Maio de 1959 a Scientific American publicou um artigo sobre as Religiões do “Culto à Carga”

http://www.scientificamerican.com/article/1959-cargo-cults-melanesia/

O povo do planalto central da Nova Guiné é apenas o mais recente a ser levado pelo frenesim religioso resultante dos “cultos de carga.”

No entanto invariadamente embelezados com detalhes dos mitos nativos e crenças cristãs, todos esses cultos possuem o mesmo tema central: o mundo está prestes a acabar numa catástrofe terrível.

Posteriormente Deus, os ancestrais ou algumoutro herói da cultura local vai aparecer e inaugurar o abençoado paraíso na Terra.

A morte, a velhice, a doença e o mal deixarão de existir. As riquezas do homem branco reverterão a favor dos melanésios.

Embora a notícia de um movimento numa área tenha sem dúvida muitas vezes inspirado movimentos similares noutras áreas, a evidência indica que esses cultos têm surgido de forma independente em muitos lugares como resposta paralela à mesma enorme corrente de stresse social e tensão.

Entre os movimentos mais conhecidos para os estudiosos da Melanésia estão o “Culto Taro” da Nova Guiné, a ” Loucura Vailala ” da Papua, o “Culto Nú” de Espiritu Santo, o movimento “John Frum” das Novas Hébridas e o “Culto Tuka” das Ilhas Fiji.

Às vezes os cultos têm sido tão bem organizados e fanaticamente persistentes que acabaram por paralisar os governos.

Esses surtos surtos têm apanhado muitas vezes as autoridades de surpresa ao verem-se confrontados com a oposição em massa de forma alarmante…

Quando as tropas de ambos os lados na Segunda Guerra Mundial chegaram à Melanésia, a sua chegada foi anunciada como um sinal do Apocalipse.

Os fuzileiros que desembarcaram nas Novas Hébridas, a caminho da sangrenta batalha de Guadalcanal, depararam-se com nativos a trabalhar furiosamente.

[Os nativos estavam] a preparar aeródromos, estradas e portos para os navios e aviões “mágicos” que eles acreditavam que vinham de “Rusefel” (Roosevelt), o simpático rei da América.

VAMOS PENSAR SE EXISTE ALGUM PARALELO

Se você acha que os “cultos à carga” não têm qualquer semelhança com o que está a acontecer agora, estas imagens podem fazer com que você pense duas vezes:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

NÃO INTREPRETE ISTO DE FORMA ERRADA

Por favor, não leve a mal. Esta informação não se destina a menospreza-lo ou às suas crenças.

Ela está simplesmente a ser oferecida para lhe dar um exemplo muito relevante da verdade. Cada época que se pensou que se “sabia tudo” acabou mal.

No nosso caso, a Europa, África, Ásia e as Américas são as “ilhas”, onde este culto à carga muito maior se formou.

Quase ninguém de nós alguma vez visitou a Antártida ou bases no interior da Terra.

Nós sabemos estes lugares existem, mas o acesso a eles é muito bem regulado.

O nosso próprio “culto à carga” tem certas crenças religiosas sobre esses lugares que nunca são questionadas. Portanto, acreditamos que quase ninguém vive nessas áreas.

Tudo o que pensamos que sabemos é “normal” para nós, e, portanto, considerado como um facto da vida quotidiana.

Nós somos as ilhas com os nossos próprios “cultos à carga”

Agora temos amplas evidências, inegáveis, de que nosso sistema solar e a nossa própria Terra já é colonizada em grande escala por pessoas com as quais normalmente não estamos familiarizados.

Isso inclui notavelmente testemunhos correlacionados de delatores, bem como provas fotográficas de estruturas anómalas na Lua, Marte e noutras luas.

Estas estruturas incluem pirâmides, obeliscos, um rosto humano gigantesco, enormes cúpulas de vidro e telhados de compartimentos subterrâneos escavados.

Muitas destas evidências tem sido resumidas e apresentados nos Mistérios da Ascensão, que eu acabei de escrever e cujo lançamento está previsto para 30 de Agosto.

Link para comprar os “Mistérios da Ascensão” na Amazon

 

ALGUMAS PESSOAS nas nossas ilhas sabem sobre “O RESTO DO MUNDO”

Há também pessoas nas nossos próprios “ilhas” que já estão profundamente envolvidas nesta civilização maior.

Eles têm escondido essa ligação do resto de nós.

Novos testemunhos de delatores revelaram que a cabala – os banqueiros da elite global – estavam a criar um programa espacial secreto (PES), desde o final de 1700, pelo menos.

OS PRIMEIROS PASSOS PARA O PROGRAMA ESPACIAL SECRETO FORAM PARA CRIAR DIRIGÍVEIS

O primeiro passo da cabala foi a criação de bases secretas na América do Sul no início de 1800.

Lá, eles tentaram alcançar a viagem espacial através da tecnologia secreta de balões e dirigíveis.

O trabalho começou numa escala maior em 1825, e o sucesso significativo foi alcançado em 1850.

No mundo aberto, desclassificado, o primeiro dirigível movido a vapor apareceu em 1852. Ele viajou 17 milhas a cerca de 6 milhas por hora.

 

 

Como sempre, a tecnologia classificada era muito melhor do que qualquer outra coisa que o mundo tinha visto.

O Conde Ferdinand Von Zeppelin patenteou um projeto de um dirigível rígido, em 1895, que levou a que os dirigíveis se tivessem tornado armas destrutivas na Primeira Guerra Mundial

A patente de Von Zeppelin foi outro exemplo de uma tecnologia classificada que vazou para fora assim que pôde, eventualmente, ser utilizados para fins tácticos.

 

Em última análise os projectos dos dirigíveis foram interrompidos depois de eventos como o Hindenberg em 1937, e a percepção de que fortes correntes de vento pudiam provocar acidentes e matar todos a bordo.

Os dirigíveis secretos alemães da Primeira Guerra Mundial eram tão grandes que eram utilizados como porta-aviões voadores, capazes de transportar vários aviões ao mesmo tempo.

 

 

OS DIRIGÍVEIS SECRETOS FORAM REVELADOS NUMA GRANDE EXIBIÇÃO EM 1895-1896

No mundo secreto, as coisas corriam muito melhor em 1800.

O apogeu foi alcançado numa onda de avistamentos de “dirigíveis” onde pessoas de língua alemã pilotaram os aparelhos ao longo da Ferrovia Transcontinental nos EUA.

A estrada de ferro foi construída e era propriedade de Harriman, um membro da cabala. O aparelho pousou e indivíduos de língua alemã falaram com moradores e até os levaram a passear.

Uma vez que este era um programa classificado com a pretensão de colonizar o nosso sistema solar, esses eventos nunca foram oficialmente reconhecidos até hoje.

Aparelhos de antigravidade e com a capacidade de deixar a órbita da Terra só chegaram após os alemães fecharem acordos com certos grupos de ET no início do século 20.

Estes dados foram fornecidos por delatores, incluindo “Bruce,” um informador de topo de Hoagland em destaque no novo livro, bem como o engenheiro aeroespacial William Tompkins.

GUERRAS ESTÃO EM CURSO PARA NOS IMPEDIR DE SABER A VERDADE

Guerras foram travadas durante milénios para manter as nossas ‘ilhas’ de conhecimento sobre as populações muito maiores que nos rodeiam, e a tecnologia que eles têm.

Como os melanésios pouco antes da Segunda Guerra Mundial, nós pensamos que os continentes-ilha em que agora vivemos representam a totalidade da vida civilizada que existe no universo.

Agora, ao invés dos mares que são muito difíceis de viajar através de longas distâncias, temos a vastidão do espaço.

Assim como os melanésios não têm barcos que poderia ter usado para circunavegar o globo, não temos abertamente qualquer tecnologia que nos permita viajar para o espaço.

Portanto, guerras podem estar a acontecer no nosso sistema solar e ao redor da nossa Terra com o uso da tecnologia de camuflagem, a qual desconhecemos completamente.

Estas guerras parecem, pelas nossas referências, ser muito antigas.

Os relatos escritos delas, desde então, transformaram-se em religiões, cheias de crenças e de encenações cerimoniais.

Os melanésios não tinham ideia da verdadeira dimensão do nosso mundo. Tudo o que viam eram uns quantos soldados e a sua tecnologia. Sistemas de crenças inteiros foram criados à volta disso.

Conforme caminhamos para a 2.ª parte deste artigo, vamos discutir a enorme quantidade de vida humana na nossa galáxia, e as diferenças de percepção do tempo que podem suceder.

O TEMPO NORMAL PARA NÓS PODE SER MUITO LENTO PARA OUTROS

Agora que nós analisamos os cultos à carga e a ideia de que uma missão secreta para colonizar o espaço já estava em andamento desde 1800, é importante alargar o nosso foco.

O próximo conceito de ‘normal’ que precisa ser quebrado é o da nossa ideia de tempo, e a velocidade a que ele passa.

Temos agora provas científicas de que existem formas de vida na Terra que experienciam o tempo de forma muito mais lenta do que nós.

Isto foi descoberto por um grupo de cientistas da Irlanda e da Escócia, e publicado em 2013:

11/16/13: O tempo passa mais devagar para as moscas, estudo descobre:

https://www.theguardian.com/science/2013/sep/16/time-passes-slowly-flies-study

As moscas evitam ser golpeado exactamente da mesma forma que Keanu Reeves se esquiva às balas no filme The Matrix – assistindo ao tempo a passar lentamente.

Para o insecto, aquele jornal enrolado a movendo-se à velocidade da Luz poderia muito bem estar a avançar em câmara lenta.

Como Reeves se esquiva das balas para trás e para o lado, a mosca tem tempo suficiente para escapar…

A evidência vem de estudos sobre a capacidade dos animais em detectar ondas separadas de cintilação rápida de luz.

“Frequência de fusão cintilante crítica” – o ponto em que os flashes parecem fundir-se em conjunto, de modo que uma fonte de luz aparenta ser constante – fornece uma indicação da percepção do tempo…

“Uma grande quantidade de pesquisadores têm observado isso em diferentes animais, medindo a sua percepção da luz cintilante” disse o Dr. Andrew Jackson, do Trinity College Dublin, na República da Irlanda.

“Alguns podem percepcionar uma cintilação como rápida e outros como sendo muito mais lenta, de modo que a luz cintilante ganha a aparência de um borrão.

“Curiosamente, há uma grande diferença entre as espécies grandes e pequenas. Os animais menores do que nós vêm o mundo em camara lenta. Parece ser quase um facto da vida.

“Nosso foco foi em vertebrados, mas se você olhar para as moscas, eles podem perceber a luz bruxuleante até quatro vezes mais rápido que pudermos.

“Você pode imaginar uma mosca literalmente vendo tudo em câmera lenta.”

OS INFORMADORES TÊM BEM PRESENTE A QUESTÃO DA FREQUÊNCIA CINTILANTE

Este efeito da”frequência cintilante” é do amplo conhecimento dos delatores já desde há algum tempo.

O nosso informador Pete Peterson realizou uma pesquisa elaborada em projectos ocultos sobre as variações em indivíduos da sua percepção real da luz cintilante.

Certas pessoas podem detectar uma cintilação de luz a uma frequência muito mais rápido do que outras.

Essas pessoas não são susceptíveis às técnicas de propaganda e controlo da mente. Eles também têm em média 10 a 15 pontos a mais de QI.

Cerca de 18 por cento da população tem essa característica, e está distribuída por todas as raças.

Parece que isto está directamente correlacionado com a quantidade de ADN humano extraterrestre que essa pessoa tem.

Este “aumento vibracional” também pode ser ensinado. Não é estritamente de natureza genética. A “sabedoria eterna” de todos os grandes ensinamentos espirituais diz-nos como fazer isso.

O GERADOR DA FREQUÊNCIA CINTILANTE

Pete também inventou um “gerador de frequência cintilante”, que foi usado por todos os políticos norte-americanos de alto nível para os ajudar a evitar várias estratégias de controlo da mente.

Era um pequeno dispositivo do tamanho de uma caixa de fósforos usado sob uma lapela no fato. Você iria apontar a luz para o seu olho e girar o botão até que a oscilação parecesse sólida.

Então você teria que usar o aparelho que iria usar uma forma de correntes de micro-gravidade para estimular a sua mente a permanecer numa frequência cintilante superior.

Existem várias tecnologias, tais como a das ondas de extremamente baixa frequência ou ELF, que podem afectar negativamente o humor das pessoas – como exemplo.

Estes dispositivos eficazmente anulam estas influências. Todos os políticos dos anos 60 e 70 secretamente usavam estes dispositivos de acordo com Peterson.

ET HUMANOS É OUTRO DOS GRANDES SEGREDOS

A chegada e cruzamento de humanos extraterrestres na Terra – pessoas que parecem semelhantes a nós ou apenas como nós – é outro dos grandes segredos.

Eu encontrei esta informação a partir de uma ampla variedade de delatores independentes, e correlacionados com amplas evidências demonstráveis no mundo quotidiano.

Nos Mistérios da Ascensão, traçamos completamente a história desde à 500.000 anos dos imigrantes humanos para a Terra que se tornou no que hoje conhecemos como a cabala.

Essas pessoas chegaram como gigantes com crânios alongados. A melhor estimativa de tempo do seu desembarque forçado na Terra é de à 55.000 anos atrás, como discutiremos no livro.

Estavam muitas dezenas de pontos de QI à frente de todos os outros. Eles retratavam-se como “deuses” e criaram regência por todo o mundo.

 

O Busto do faraó egípcio Akhenaton / filha Meritaten de Nefertiti – vista lateral

Eles criaram grandes civilizações com tecnologias avançadas, apenas para leva-las repetidamente de volta à Idade da Pedra através de cataclismos autorizadas por ETs positivos.

Ao longo de milhares de anos, alguns deles ganharam dimensões humanas normais, mantendo os crânios alongados.

Isto incluiu as dinastias egípcias, Peruanas, Boskop da África do Sul e da Sibéria, como discutido no livro.

 

 

Others remained as giants, while still having the elongated skulls.

Certain of these scattered, worldwide groups managed to survive, and retained a full record of who they were and where they had originated from.

The documents are still held now in the Vatican. Peterson personally held the books and saw diagrams of huge space stations and ships inside them.

Despite the fascination and detail of this story, this is still only one of a wide variety of groups who are living and working in our solar system at this time.

The Cabal group we call “the Empire” in the book has kept its existence hidden from the rest of us, since they are afraid of being singled out as invaders.

 

THE ELITE ARE BEING EXPOSED

Furthermore, they consider themselves to be the “elite,” the descendants of gods, and the rest of us to be inferior beings — even “useless eaters.”

Some high-level members still have the elongated skulls and remain in hiding. They are not “reptilian shapeshifters,” as some legends have surmised.

As strange as this may sound, this is the main group controlling Western governments, the financial system and media, and it espouses Luciferian beliefs.

The dam is starting to break on this story.

Earlier this week, the main page of Huffington Post carried a testimonial from Elijah Wood of the Lord of the Rings trilogy, exposing darkness in Hollywood.

 

23/5: Elijah Wood diz que Hollywood tem uma crise de Pedofilia nas suas mãos

http://www.huffingtonpost.com/entry/elijah-wood-says-hollywood-has-child-abuse-crisis_us_5742f86ee4b0613b512aaeba

Enquanto ele teve a sorte de ter a sua mãe a protegê-lo quando ele foi para Hollywood, enquanto miúdo, Wood admitiu: “Eu tenho sido levado por caminhos obscuros para perceber que essas coisas provavelmente ainda estão a acontecer”.

Ele também disse que há “muitas víboras nesta indústria” e que Hollywood tem a “escuridão no seu baixo-ventre”.

“Se você for inocente, tiver muito pouco conhecimento do mundo e quiser ter sucesso”, disse ele, “As pessoas com interesses parasitas vão vê-lo como uma presa. O que me irrita nessas situações é que as vítimas não podem falar tão alto como as pessoas que estão no poder “.

Wood pode ser a celebridade mais alto nível a revelar o que sabe – e isto só chegou à primeira página do Huffington Post esta semana.

Um outro artigo na sequência desse, na quinta-feira 26 de Maio, partilhou o testemunho igualmente comprometedor de Corey Feldman. As coisas estão a aquecer relativamente a esta história.

A cabala não pode silenciar as pessoas indefinidamente. As fissuras estão a aparecer na barragem.

A GUERRA DOS TRONOS É UM DOCUMENTÁRIO DA CABALA, DISSIMULADO COMO FICÇÃO

Informadores também me transmitiram que a “Guerra dos tronos” foi concebido para revelar segredos “Illuminati” sobre a história britânica, mal disfarçados como ficção.

Eu ouvi isso há alguns anos, vi 3 a 4 temporadas antes de me desligar disso devido à violência contra as crianças aí evidenciada e agora, finalmente, as pessoas estão a descobrir isso.

No início desta semana, o Digg.com – um agregador de conteúdos online “virais” mais populares – ligada a um vídeo que mostra isso de forma muito eficaz.

Embora este indivíduo fale um pouco rápido demais para o meu gosto, ele, no entanto, partilha uma série de pontos e evidências irrefutáveis ligando a Guerra dos Tronos à história britânica:

A toca do coelho é muito, muito funda

A “Guerra dos Tronos” é apenas um dos inúmeros exemplos de filmes e programas de TV que expõem a agenda da cabala / Illuminati.

A realidade surpreendente é que quanto mais aprofundamos isto, mais propaganda vamos encontrar.

Fiquei particularmente chocado ao assistir ao filme “Zoolander 2”, no qual a história da linhagem de Caim, um mito-chave da cabala, foi exaustivamente apresentada no filme.

Nesta religião, Lúcifer, a serpente, era realmente um ser humano extraterrestre que fecundou Eva no jardim.

Abel era filho de Adão e Caim era o filho de Lúcifer.

A única diferença no filme é que “Caim” é alterado para “Steve”, o que lhe dá uma sonoridade mais cómica.

Expusemos todos esses ensinamentos religiosos ocultos em Outubro de 2014, nesta ligação, bem antes do filme ter estreado.

Estariam eles a copiar-nos? Muito improvável.

 

O personagem de Owen Wilson passa os primeiros 15-20 minutos do filme a usar uma asa de águia dourada sobre o olho direito – um símbolo claro da cabala.

Isso não significa que Wilson seja “um deles”. Uma fonte de alto nível disse-me que os “actores de comédia querem sempre trabalhar, e são incentivados a aceitar todas as ofertas.”

Parece que muitos dos actores têm pouca ou nenhuma compreensão do que está realmente a acontecer. Dessa forma, eles nunca são uma ameaça se decidirem falar.

Justin Bieber é morto a tiros ao PROTEGER A linhagem de Caim

Justin Bieber é morto a tiro no início do filme, e é uma das muitas celebridades que morreram protegendo os segredos da linhagem.

 

 

TODO O TERCEIRO ACTO É UM SACRIFÍCIO DE CRIANÇAS

O filme é gravado numa estrutura de três actos. Estes três actos são considerados, tradicionalmente o da Preparação, Conflito e Resolução. Também é semelhante à ideia de começo, meio e fim.

Todo o terceiro acto de Zoolander 2 apresenta um sacrifício de crianças do filho escondido de Zoolander, que é da linhagem oculta de “Steve”.

Num “passeio” surpreendente, a maioria dos ícones principais de moda do mundo aparecem nas suas formas genuínas como participações especiais no terceiro acto.

Participações especiais de figuras da moda em Zoolander 2:

http://www.latimes.com/fashion/la-et-mn-zoolander-production-20160212-story.html

http://www.telegraph.co.uk/film/zoolander-2/celebrity-cameos-list/

Valentino, Tommy Hilfiger, Alexander Wang e Marc Jacobs estão entre os principais designers que aparecem na comédia de passarela de Stiller, ao lado de um punhado de modelos: Kate Moss, Naomi Campbell, Jourdan Dunn e Karlie Kloss.

OS ÍCONES moda estão todos participando num ritual ao estilo da cabala

Estes designers de moda do mundo real vestem todos casacos com capuz, e reúnem-se num calabouço de pedra para participar no sacrifício de crianças.

Não importa o quão ignorante você possa ser sobre a existência deste grupo, eu o desafio a assistir a esta cena e não ficar assustado.

Aqui está como foi descrito pelo site Kids in Mind, documentando cenas de filmes que são potencialmente prejudiciais para as crianças assistirem:

Zoolander 2 Criança Cena Sacrifício – as crianças em mente

http://www.kids-in-mind.com/z/zoolander2.htm

Estilistas encapuçados e camuflados a entrarem uma antiga igreja de pedra escura e reunirem-se em torno de uma área central iluminada.

[Neste cenário,] um outro homem de roupa espalhafatosa levanta-se e abre uma área circular no chão. Um menino pré-adolescente [então] sobe, amarrado a uma mesa.

O homem grita e reclama sobre a indústria da moda, tem uma grande faca e tenta esfaquear o menino no coração.

[Isso ocorre] enquanto homens e mulheres que vestem mantos cantam, “O sangue de Steve!” mais de uma dúzia de vezes.

O homem grita que ele quer que o sangue do gordinho adolescente que foi escolhido.

Este problema não é tão obscuro como se possa pensar

“Bem, isso é apenas um filme”, o desinformador céptico ou pago poderia dizer. “Eles estão apenas a satirizar teorias da conspiração Illuminati”.

Aqui é uma referência bibliográfica directa retirada do novo livro, e um trecho extenso do que é revelado sobre a dimensão do problema:

Holden, Michael. “A polícia afirma que diz que 261 suspeitos de Abuso Sexual de Crianças são figuras de destaque público”. Reuters, 20 de maio de 2015:

http://www.reuters.com/article/britain-abuse-idUSL5N0YB3PH20150520

LONDRES, 20 de maio (Reuters) – A polícia britânica investiga alegações históricas de abuso sexual de crianças. disse que mais de 1.400 pessoas haviam sido apontados como suspeitos, incluindo 261 descritos como “pessoas de destaque público”, incluindo dezenas de políticos e estrelas de TV.

Os escândalos de abuso infantil ao longo dos últimos anos levaram o governo a lançar um grande inquérito público para os detectives abrirem um inquérito sobre as alegações de crimes históricos por aqueles que ocupavam posições de poder.

O chefe Simon Bailey, o oficial líder da investigação denominada “Operação Hidrante”, disse que 1.433 pessoas estavam a ser investigadas, das quais 216 estavam mortas.

Entre oss suspeitos contam-se 135 figuras da TV, filmes ou rádio, 76 políticos envolvidos tanto na política local como nacional, 43 da indústria da música e sete do mundo do desporto.

“Esta investigação é enorme e um testemunho de como a atitude das vítimas está a mudar, disse Sheila Taylor, executiva-chefe da Rede Grupo de Trabalho Nacional, uma instituição de caridade que aborda a exploração sexual infantil.

A questão do abuso infantil ganhou destaque generalizado em 2012, quando se provou que o falecido apresentador da BBC Jimmy Savile tinha abusado de centenas de vítimas ao longo de décadas.

Desde então, outros nomes conhecidos foram condenados, as alegações foram feitas contra vários políticos antigos ou falecidos, enquanto o sdetetives também estão a investigar reivindicações sobre figuras poderosas, forçando a polícia a focar as investigações sobre redes de pedofilia envolvendo pessoas de alto perfil.

Bailey disse que 666 dos criminosos investigados foram acusados de terem abusado em instituições, incluindo escolas, orfanatos e instituições religiosas.

Hmm … Agora, por que DIZEM 666 ABUSADORES utilizaram escolas e instituições religiosas?

O número 666 parece ter sido deliberadamente incluídos neste artigo da Reuters como uma pista “para aqueles com olhos para ver” que este é um problema de culto Luciferiano.

O grande número de figuras públicas envolvidas – 135 figuras da comunicação social, 76 políticos, 43 figuras da indústria da música e sete personalidades do desporto- deve ser considerado.

Quantas mais haveriam realmente numa era em que existiam apenas quatro principais estações de televisão? Estes números sugerem que eram a maioria, e não uma minoria.

Se você quiser ler sobre a plena e feia verdade do problema, confira o artigo do Daily Express sobre como Jimmy Savile fazia parte de uma rede satânica.

Você vai ler o testemunho ocular de alguém que foi violada num hospital de crianças por Savile e outros com vestes negras, como parte de um ritual satânico.

 

ESTA INFLUÊNCIA NEGATIVA AFECTA-NOS A TODOS

Os Mistérios da Ascensão discutem este problema na sua totalidade, incluindo a forma como esta influência negativa na nossa sociedade nos afecta na nossa vida quotidiana.

Ela também revela alcance total, cósmico, de como essas pessoas aqui chegaram, e os vários grupos de ET que estão em ação no grande drama que agora estamos a viver.

Nós somos o novo equivalente da Melanésia, e o mundo é muito maior e tem muitas mais pessoas do que aquilo que vemos nas “ilhas”.

A BATALHA PELA DIVULGAÇÃO TOTAL

Grandes guerras estão agora em curso e que estãoa trazer a batalha pela Divulgação Total para a vanguarda do nosso tempo.

Hillary Clinton está a usar a promessa da Divulgação para tentar atrair mais eleitores para a sua campanha presidencial em apuros, como um exemplo.

O New York Times cobriu esta história em detalhe no dia 10 de Maio.

Além disso, manobras militares ocorreram na semana passada em Tampa, Florida, sugerindo que estão em curso possíveis exercícios de preparação para grandes eventos no nosso futuro próximo.

Ouvimos informações desde à já muitos anos de que haverão prisões de muitos elementos de alto nível da cabala nalgum momento crítico, envolvendo manobras militares combinadas.

 

O COLECTIVO ANONYMOUS ATACOU AS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS DA CABALA

Vários artigos neste site detalharam como pelo menos, uma parte do Anonymous é uma divisão secreta do exército norte-americano a trabalhar contra a cabala.

Este é um dos grupos daquilo a que agora chamamos a Aliança da Terra.

Outro sinal dessa guerra são os ataques que o Anonymous fez contra bancos da cabala recentemente:

 

5/26: “Anonymous” ataca Instituições Financeiras da cabala, e os meios de comunicação social ignoram isso completamente:

http://www.activistpost.com/2016/05/anonymous-hits-new-york-stock-exchange-world-bank-the-fed-vatican-total-media-blackout.html

SÓ NA NOSSA PRÓPRIA BIOTA EXISTE UMA ENORME VARIEDADE DE DIFERENÇAS

Agora vamos voltar para a ciência da percepção do tempo, visto ser de muito maior importância para a compreensão de certos ETs humanos, muito mais do que pensamos.

Pesquisadores irlandeses e escoceses encontraram grandes diferenças na percepção de tempo entre várias espécies na Terra, e compararam-na com a sua dimensão, como neste caso:

11/16/13: O tempo passa mais devagar para as moscas, estudo descobre:

https://www.theguardian.com/science/2013/sep/16/time-passes-slowly-flies-study

Entre os animais estudados estavam mais de 30 espécies, incluindo roedores, enguias, lagartos, galinhas, pombos, cães, gatos e tartarugas.

Estes últimos são criaturas grandes com uma taxa metabólica lenta, para quem o tempo passa de forma relativamente rápida.

Criaturas menores e mais ágeis tinham a capacidade mais refinada de perceber a informação numa unidade de tempo, afirmaram os pesquisadores num artigo da revista Animal Behaviour.

Por outras palavras, eles eram capazes de observar mais cintilares de luz por segundo.

A SCIENTIFIC AMERICAN MENCIONOU O MESMO ESTUDO EM 2014

Este estudo inovador foi referido num artigo da Scientific American a 1 de Julho de 2014.

7/1/14: animais de pequeno porte vivem num mundo de camara lenta:

http://www.scientificamerican.com/article/small-animals-live-in-a-slow-motion-world/

A evidência sugere que espécies distintas, de facto, experienciam o passar do tempo em escalas diferentes…

A percepção do tempo depende da rapidez com que o sistema nervoso de um animal processa a informação sensorial.

Para testar essa capacidade, os pesquisadores mostram aos animais uma luz piscando rapidamente. Se os flashes de luz copiscarem com rapidez suficiente, os animais (e os humanos) percepcionam-o como um sólido luz, sem piscar.

O comportamento do animal ou da sua actividade cerebral, tal como medido por eléctrodos, revela a mais elevada frequência na qual cada espécie observa a luz como piscar.

Os animais que podem detectar o piscar em frequências mais altas percepcionam o tempo numa resolução mais fina.

Por outras palavras, os movimentos e os eventos parecerão desenrolar-se mais lentamente para eles, como se estivessem a esquivar-se de uma bala num filme de acção.

Os cientistas que comandaram o novo estudo reuniram dados obtidos em experiências anteriores sobre a velocidade a que a informação visual é processada em 34 vertebrados, incluindo lagartos, pássaros, peixes e mamíferos…

Os cães podem captar a informação visual pelo menos 25 por cento mais rápido do que os seres humanos – apenas o suficiente para fazer com que um programa de televisão pareça uma sequência de imagens bonitas.

UM MAPA DAS DIFERENTES VELOCIDADES DE PERCEPÇÃO DO TEMPO

É interessante reflectir sobre a ideia de que os cães não vão desfrutar da TV tanto quanto nós, porque não parece “real” para eles.

A taxa de actualização da tela não é suficientemente rápida para eles. Nós somos facilmente enganados até mesmo num filme de 24 frames por segundo, mas eles não seriam.

O artigo da Scientific American também apresentou o seguinte gráfico, mostrando as diferenças na percepção da “frequência do piscar” nas várias espécies.

Esta é medida em hertz, ou ciclos por segundo:

A tartaruga vai observar-nos com um movimento 400 por cento mais rápido do que a sua própria zona de conforto, visto o seu fluxo de tempo ocorrer na faixa dos 15 hertz e nosso ser nos 60.

Da mesma forma, a mosca doméstica vai observar-nos como se nos estivéssemos a mover 400 por cento mais lento do que a sua própria zona de conforto, visto a sua frequência de oscilação ser na faixa dos estonteantes 250 hertz.

Os insectos vivem somente um tempo muito curto por comparação.

Pelo menos em alguns casos, existe uma relação directa entre o tempo de vida e a velocidade da percepção do tempo.

A mosca viveu uma vida cheia, e teve uma variedade de experiências dinâmicas, dentro da unidade temporal da sua curta existência.

AGORA VAMOS EXPANDIR ISTO E PERCEBER COMO SE APLICA AOS SERES HUMANOS

Há ampla evidências, depoimentos redundantes de vários delatores, fontes cientificamente validadas como a Lei do Um e ciência alternativa, de que o próprio tempo pode passar a velocidades diferentes.

Alguma da verdade é ainda vulgarmente conhecida pelo modelo da relatividade de Einstein, onde viajar a velocidades próximas da luz faz com que você se mova através do tempo muito mais depressa.

Se você estivesse dentro daquela nave a uma velocidade próxima da luz, você poderia percorrer 1000 anos da nossa história percepcionando-os como apenas 1 ano.

As fontes que acabei de mencionar também revelaram que algumas pessoas evoluíram para percepcionar o tempo dessa forma.

Os eventos que inspiraram o Novo Testamento na Bíblia, por exemplo, poderia ter sido desenvolvimentos bastante recentes, quando vistos de uma perspectiva extraterrestre.

Como discutido por W. L. Graham no site Bíblia Reality Check, a Bíblia está cheia de referências ET, incluindo a palavra “Senhor” traduzida corretamente como “os poderosos”.

2 Pedro 3: 8 é uma citação da Bíblia que diz “um dia com (os poderosos) é como mil anos, e mil anos como um dia.”

Vários estudiosos da Bíblia acreditam que o termo “dia” nesta e noutras passagens, na realidade significam “ano”, dando-nos assim uma razão de 1.000 para 1.

Alguns desses dados são citados nos Mistérios da Ascensão, que requereram a minha atenção até eu dar início a umas merecidas férias há duas semanas.

VAMOS MUDAR A ESCALA DE REFERÊNCIA

Digamos que esta citação da Bíblia não é mera especulação ou loucura mas, na realidade, com base em informações obtidas a partir de seres humanos extraterrestres positivos.

Vamos afirmar que, agora, você percepciona 1000 anos como 1 ano. Digamos que agora está prestes a ser o equivalente a Junho 2016 dentro do seu próprio quadro de referência.

Nesta escala de tempo, os humanos da Terra teria só agora desenvolvido meios motorizados de transporte, começando pela locomotiva, desde os últimos dois meses e meio mais ou menos.

Isso significaria que antes de Março de 2016, todos estavam a viajar a cavalo e charrete.

A nossa própria civilização só teria desenvolvido transportes motorizados, a comunicação à distância e outras subtilezas “modernas” desde a Primavera, e ainda falta algum tempo para o Verão.

A chegada e os ensinamentos de Jesus, como outro exemplo, só teriam ocorrido no final de Maio de 2014.

A grande catástrofe que exterminou uma civilização a que alguns chamaram de Atlantis teria começado na superfície da Terra por volta do Verão de 2003.

A catástrofe Lemuriana de à 50.000 anos atrás que teria eliminado a maior civilização de gigantes que desembarcou forçadamente na Terra, teria ocorrido por volta de 1966.

TODA A EVOLUÇÃO FUNCIONA DESTA FORMA

Provas científicas irrefutáveis em breve serão apresentadas nos mistérios Ascensão revelando que planetas como a Terra, e a vida humana, são muito abundantes.

Isso inclui um especialista em evolução de Cambridge que proclamou abertamente que a vida inteligente deve parecer humana onde quer que vá – e explica as razões.

Várias culturas relatam experiências com “deuses” de aparência humana que lhes deram todas as subtilezas da nossa civilização, e depois misteriosamente desapareceram.

Como a citação da Bíblia, a grande maioria das fontes internas confirmam que os ET têm uma percepção muito diferente do tempo de nós.

Eles são capazes de se projectar no nosso mundo e interagir conosco numa velocidade que pode ser sustentada, mas aparentemente não por longos períodos.

Este parece ser um aspecto natural de como a vida inteligente é projectado no nosso universo, à medida que evolui.

O UNIVERSO PROPORCIONA UM BOM ESPAÇO DE SUPORTE PARA A VIDA DAS PESSOAS À MEDIDA QUE EVOLUEM

Como argumentamos em todos os nossos livros e programas de TV, e nos Mistérios da Ascensão, o Universo em si tem uma inteligência cósmica.

Parte do plano dessa inteligência cósmica parece estar relacionado com a existência de vastas áreas habitáveis que naturalmente surgem no interior dos planetas e luas.

Estes envolvem muitas vezes grandes sistemas de cavernas com uma estrutura de colmeia, por vezes a 20-40 milhas de profundidade, com água natural corrente, bactérias bio-luminescentes e vida complexa.

Nestes exemplos orgânicos, o calor interno natural torna-os habitáveis, mesmo que sejam fora das zonas habitáveis onde se podem encontrar planetas com água.

Noutros casos, civilizações inteligentes localizam áreas subterrâneas como estas e actualizam-nas drasticamente, tornando-as quase idênticas a um mundo semelhante ao da Terra, mas no interior da mesma.

Grandes esforços têm sido levados a cabo para manter aqueles de nós nas “ilhas” de tomarem conhecimento destes lugares, por agora, e das pessoas que neles habitam.

O TEMPO É PERCEPCIONADO DE FORMA MUITO DIFERENTE

A Ascensão é, em última análise, um salto quântico natural, altamente previsível na evolução humana. No rescaldo, viveremos por períodos muito mais longos do que antes.

Como fontes credíveis como a Lei do Um afirmam, há quatro “saltos quânticos” distintos como este que iremos percorrer antes de nos reunirmos com a Consciência Universal.

Cada um deles faz-nos sentir o tempo em blocos muito mais extensos como sendo o “normal”.

Um milhão de anos poderiam tornar-se como um ano para alguém da “sexta densidade”, como outro exemplo crú de informação que a série da Lei de Um explica.

Ninguém gostaria de viver na superfície dum planeta com água se eles soubessem que ia acontecer uma catástrofe épica a cada 26 anos, que iria acabar com eles.

Lugares seguros, felizes e vibrantes dentro do planeta são apostas muito mais seguras e melhores para civilizações com uma percepção do tempo naturalmente acelerada.

Como nós exploramos nos Mistérios da Ascensão, 35 culturas antigas diferentes tiveram os segredos do ciclo de 26.000 anos incorporados nos seus mitos.

As informações sobre este ciclo incluiem a muito redundante ideia de que o Sol emite um flash de Luz no fim e a superfície do planeta sofre catástrofes.

SUPERPODERES CODIFICADOS NO NOSSO ADN SÃO ACTIVADOS

Eu não estou nada interessado na desgraça e tristeza ou na “pornografia do medo”. As informações sobre este ciclo, e os eventos que se seguem, está extremamente difundida.

O meu objectivo é revelar os dados que já temos, e explorar as suas implicações marcantes para as pessoas da nossa própria civilização, na nossa própria frequência de tempo.

Parece impossível imaginar que uma mudança tão rápida poderia ocorrer, mas se você viu o que acontece a cada 26 anos, a verdade seria muito óbvia para si.

Isso torna-se a sua vida “normal”. A ideia do tempo que passa tão rápido como acontece com a mosca, ou mesmo mais rápido, e viver por um tempo tão curto, é quase impensável.

Nos Mistérios da Ascensão, argumentamos que este é um sistema deliberadamente concebido por uma inteligência universal.

Esses flashes de luz e energia do Sol aparentemente activar “superpoderes” incríveis que estão actualmente bloqueadas no nosso DNA.

NÃO É UMA ACTUALIZAÇÃO AUTOMÁTICA

Nem todos ganham essas capacidades quando o evento acontece.

Os seus maravilhosos superpoderes só aparecem se estiver suficientemente desenvolvido, no sentido universal, de forma a que a expressão dos mesmos já seja autorizada.

Isso significa que só se tiver a maturidade suficiente para usá-los sem estar ao serviço de si próprio e com intenções maliciosas, como dominar outros para os escravizar por exemplo.

Grandes mestres espirituais como Jesus, Buda, Maomé, Krishna e Moisés todos encorajaram-nos a ser mais indulgentes, compassivos e úteis aos outros.

Estes traços de caráter que parecem ser de importância crítica para aprender “lição” que todos estamos aqui para aprender – e classificarmo-nos para a fase seguinte através da Ascensão.

O UNIVERSO TEM UM PLANO CÓSMICO

Ainda que soe a ofensivo para algumas pessoas, o universo foi projectado com um plano cósmico muito elaborado e um propósito para cada um de nós.

Esse propósito absolutamente parece ser espiritual. Quanto mais nos afastamos da tentativa de manipular e controlar os outros, quanto mais longo parecemos chegar.

A “lição” está prestes a terminar no nosso actual ciclo de 26 “Grandes Anos” . A campaínha está prestes a tocar. A turma está dispensada.

Em breve será o tempo de terminar a formação – se você conseguiu o seu diploma. Isto é o que todos os grandes ensinamentos religiosos e espirituais estão a tentar dizer-nos.

Os acontecimentos na minha própria vida têm sido invulgares o suficiente para me convencer de que isto vai definitivamente acontecer no nosso futuro próximo.

A primeira metade dos Mistérios da Ascensão é mais pessoal do que qualquer outra coisa que eu já escrevi, e relata exactamente como cheguei a este ponto.

Ao perceber esforços positivos que foram feitos, bem como como terrivelmente eu tive de sofrer antes de conseguir dar a volta, você poderá decidir a verdade por si mesmo.

UM ESFORÇO DE ÚLTIMA HORA

Se alguém como Jesus só apareceu há dois anos, num quadro superior de referência, então esses ensinamentos agora tornaram-se num esforço de última hora para nos ajudar.

Apenas a informação da mais vital importância para a nossa própria evolução espiritual seria incluída, uma vez que os “cultos à carga” podem distorcer os ensinamentos centrais dramaticamente.

O tempo corre tão lentamente para nós que parece que um evento desta magnitude nunca vai verdadeiramente ocorrer no nosso “agora” – mas absolutamente vai.

Escrever os Mistérios da Ascensão, e resumindo tantas fontes diferentes e cruzadas que nos dizem a mesma coisa, tem sido um grande despertar.

Há também muito mais para ser dito do que aquilo que eu poderia colocar em livro, e é por isso que eu estou a partilhar tudo isto consigo agora.

A DIVULGAÇÃO TOTAL

Uma das coisas mais importantes que vai acontecer para preparar-nos para este evento é uma Divulgação muito mais ampla da verdade.

Precisamos de uma discussão aberta, mundial e sóbria das evidências disponíveis, e das conclusões a que nos levará.

Elijah Wood é apenas a mais recente celebridade proeminente a ajudar a mudar o holograma e alertar-nos para o que realmente está acontecer, e como é perigoso.

No entanto, se há pessoas poderosas cuja sobrevivência e lucro depende da nossa ignorância, eles vão fazer tudo o que podem para suprimir a verdade de nós.

Eles estão felizes em permitir que “cultos à carga” floresçam sobre as “ilhas” da Europa, Ásia, África e Américas, e manter-nos blindados de tudo e de todos os outros.

Tudo o que eu partilhei convosco até agora destina-se a ajudar-lo a familiarizar-se com o que sabemos agora a partir de múltiplos delatores, incluindo os recém-chegados.

Na realidade, alguns grupos que lutam pelo futuro da Humanidade têm-se sentido desapontados comigo por não divulgar mais deste conhecimento, assim parece.

Esperemos que este artigo ajude a mudar a maré. Não importa se os números da audiência não são tão altos. Ele só precisa de ser publicado antes que esses eventos ocorram.

AS ELITES NEGATIVAS SÃO AUTORIZADAS A EXISTIR – COMO UM ESPELHO

Os mundos como o nosso da 3.ª densidade, também têm “elites” que os manipulam e controlam-nos em grande escala.

Isto é, em última análise, permitido ocorrer por um universo amoroso. As elites seguram num espelho planetário que reflecte a nossa própria infância interior de volta para nós.

Apesar de ainda não termos tido uma grande crise visível publicamente da elite, o processo está bem encaminhado. O que você fará com esse conhecimento disponível é uma escolha sua.

LIBERTAR O KARMA E O PLANO DE SOCORRO CÓSMICO

Outra coisa que essas catástrofes sequenciais fornecem é um veículo para descarregar um karma tremendo – para aqueles que disso necessitarem.

Se o karma for real, e existem “elites” que secretamente são responsáveis por tortura, estupro e assassinato de inúmeras pessoas, eles precisam de alguma forma equilibrá-lo.

A grande maioria da população não convidou ou autorizou esses eventos catastróficos, e os seres das mais elevadas hierarquias espirituais vão garantir a sua segurança completa.

Para além disso certas fontes, como a Lei do Um, informam que a Terra dizer activará um novo nível de “quarta densidade” que aparentemente não será afectado por um evento como este.

Algumas pessoas vão passar para esta Terra da quarta densidade, que vai começar por ter todas as mesmas coisas que vemos aqui na terceira – um espelho perfeito.

Outros serão resgatadas de várias formas inteligentes, incluindo serem levadas para naves à imagem da Arca de Noé ou realojadas em certas áreas no interior da Terra.

O ARTIGO DE ACOMPANHAMENTO VIRÁ EM BREVE

Tecnicamente eu deveria estar de férias agora, mas não funciona assim. Estou a desfrutar de duas semanas de folga – ou não completamente de folga – nas Montanhas Rochosas canadenses.

Isso inclui o tempo para fazer poses ridículas para fotos para as minhas páginas do Facebook, Instagram e Twitter.

Esta foto foi tirada numa pedra particularmente tentadora na margem do lago Emerald.

 

No entanto, uma reunião muito crítica entre o nosso informador Corey Goode e a Aliança do PES (Programa Espacial Secreto) está prestes a ter lugar dentro de apenas uma ou duas horas após eu publicar isto.

Pelo que ouvi, eles não estão contentes por eu não ter feito mais para pressionar pela Divulgação Completa. Peço desculpas, mas o livro exigiu um grande esforço.

Este é o primeiro de uma série de artigos e de outros trabalhos criativos que eu espero publicar de forma gratuita para ajudar a fazer minha parte para que as coisas avancem.

Poderão haver desenvolvimentos que afectem o resto da nossa história, e essas duas primeiras partes já se tornaram enormes e, por isso, vamos acabar com isto par já.

As operações em curso estão numa fase tão sensível agora, que a Aliança está muito preocupada com com as informações que verdadeiramente vazam.

Como foi o caso em Abril, espero ter o resto deste artigo para publicar muito em breve, uma vez que consigamos esclarecer totalmente o que é seguro revelar neste momento.

 

 

 

ANTEVISÃO DOS TEMAS A ABORDAR EM MAIOR DETALHE FUTURAMENTE

Finalmente, se você gostaria de ler uma versão condensada de algumas das informações que serão apresentadas na próxima secção, clique aqui para a sinopse de Corey Goode.

O nosso programa Revelações Cósmicas também está na Gaia TV e está disponível para todos os assinantes, para além de todos os outros mais de 7000 programas, ao mesmo preço.

As experiências espirituais que tive nesta viagem, incluindo ainda um outro efeito em circuito de tempo fechado surpreendente, têm reacendido a minha confiança de que vamos ver essas mudanças a chegar.

Eu definitivamente sinto que “a solidão produtiva” é boa para todos – para ajudar a mudar as coisas e voltar à sua vida com uma perspectiva renovada.

Eu faço o meu melhor para ter certeza de que todos os meus trabalhos criativos fornecem esse sentimento de inspiração. Obrigado por ajudar-nos a espalhar a palavra!

Fonte: http://divinecosmos.com/start-here/davids-blog/1200-full-disclosure-asc

2 comentários sobre “Actualização de David Wilcock ~ A Divulgação Total e a Ascensão: A Guerra Está a Aquecer! ~

  1. Em um trecho David Wilcock cita exatamente estes 3 parágrafos:

    Para além disso certas fontes, como a Lei do Um, informam que a Terra dizer ativará um novo nível de “quarta densidade” que aparentemente não será afetado por um evento como este.

    Algumas pessoas vão passar para esta Terra da quarta densidade, que vai começar por ter todas as mesmas coisas que vemos aqui na terceira – um espelho perfeito.

    Outros serão resgatadas de várias formas inteligentes, incluindo serem levadas para naves à imagem da Arca de Noé ou realojadas em certas áreas no interior da Terra.

    Em meu entendimento confesso que fiquei um pouco perplexo com isso. Gostaria de saber seus argumentos sobre isso, se puder eu agradeço.

    • Aparentemente este tema ainda está envolto em algum secretismo e duvido que seja falado abertamente antes do Evento pois é de natureza sensível.

      O Cobra sempre disse que não falaria no assunto antes do Evento também.

      A minha opinião pessoal é a de que o Evento vai criar mudanças profundas a nível do clima como por exemplo zonas que eram tipicamente tropicais passarem a ser zonas com clima mais polar e vice-versa. Mais ainda certas zonas poderão ficar submersas e outras poderão surgir acima do nível do mar também.

      Embora eu acredite que essas mudanças geológicas e climáticas venham a ser graduais (o que dará tempo às pessoas de reagir), falar disso num contexto em que temos intervenção de hierarquias espirituais e outras civilizações extra e intraterrenas poderá levar a intrepretações distorcidas, mais ainda agora que existe muita desinformação a circular na Internet.

      Por isso a minha posição neste momento é esperar para ver, e ver para crer 😉

Deixar uma resposta

Top
%d bloggers like this: