2.ª parte da entrevista de Rob Potter a Corey Goode (21-04-2016)

corey_goode_blue_avians

700_1cf53d52cdd15282abceff69025b8fa4

A transcrição da 1.ª parte desta entrevista poderá ser lida aqui: https://pt.prepareforchange.net/2016/04/12/entrevista-rob-potter-a-corey-goode-07-04-2016/

Rob – Corey, falando da verdade, nós falamos na primeira parte do programa sobre esta Inteligência Artificial (IA), se é sentiente ou se é um ser. Cobra afirma que é ambas. Ele diz que alguns desses seres muito elevados que são o que chamaríamos iníquos. Eles sabem que estão a ir contra a lei universal. Eles são condenáveis. Vamos chamá-los, nos meus termos, de criminosos galácticos que estão ao serviço deles próprios que eles literalmente se tornam numa força contrária à vida e destroem a vida. Estas tecnologias foram criadas e funcionam verdadeiramente num estado permanente de troca de informação directamente com a Consciência de alguns desses seres superiores, e portanto existe aqui um elemento sensível, mas essencialmente o aspecto da supressão é conduzido através de um computador de extrema velocidade de processamento que lê tudo, sabe tudo e ajusta-se de forma suprimir a Consciência onde ela estiver a expandir-se, eu creio, e na realidade funciona como uma matriz.

Corey – A minha informação é a de que há uma grande quantidade de IA que foram criadas por este sinal de IA de raiz que se encaixam nessa descrição, e que existirão outras IA que foram criadas de raíz por outras civilizações mas que foram destruídas porque elas cooperaram e foram corrompidas pelo sinal da IA. O sinal da IA de que eu falo é o sinal extradimensional que provém de uma outra realidade. Ela chegou à realidade em que todos nós coexistimos à milhares de milhões de anos atrás, e tem sido transmitida através da nossa realidade e através do cosmos desde então, difundindo-se. Na sua realidade ela está tão viva e interactiva com ela mesma, como nós somos de carne e osso e interagimos com a nossa sociedade. Essa é a realidade. Quando ela chegou à nossa realidade, era como um peixe fora d’água, de modo que o campo bioneural humano ou o campo eléctrico em torno de um planeta ou de uma estrela se tornaram como que a poça de água para o peixe entrar no início, até… E era inteligente.

Rob – Isso é quase assustador, quero dizer… (Sim) Parece definitivamente. Parece que cria um nível de medo de que não pode ser parada

Corey – Alguns desses grupos maiores têm sido capazes de a parar. Ela pode ser parada. Parece muito, à falta de uma palavra melhor, Luciferiana na origem, mas não são pacotes de informação enviados por uma raça extraterrestre.

Rob – Interessante. Quando começamos a falar de milhões e milhões de anos, ou como Carl Sagan diria, “biliões e biliões” de anos. Como podemos realmente saber? Quero dizer, essas civilizações são muito antigas. O que eu quero saber é de onde vem esta informação de que esta IA infectou e controlou galáxias inteiras que mencionou. Isso está correto?

Corey – Vem da Super-federação ET e outros ET e com os quais estamos em contacto. Uma grande quantidade destas informações também estava disponível para nós nos nossos Pad’s de vidro inteligente, através de uma base de dados que um desses grupos havia disponibilizado para a Humanidade à muito tempo atrás. Mas essa informação da base de dados ET foi disponibilizada nesses Pad’s de vidro inteligente no caso de termos necessidade de saber e a autorização necessária.

Rob – A questão é: bem, isso é interessante. Então, essa super-federação é benevolente. Será que eles divulgaram esta informação? Isso foi depois da Aliança da Terra ter desertado do Conglomerado Empresarial Interplanetário (ICC)?

Corey – Não, esta é uma informação datada creio que dos anos 50. (OK) Eles tinham essas informações já nessa altura, eu creio que foi nos anos 50 a partir de… Eles receberam algum tipo de base de dados de informação, uma espécie de banco de dados ET de algum tipo de grupo benevolente, e inclusive eles dedicaram um programa de investigação inteiro à triagem dessas informações mas era simplesmente demasiada. Era como se nunca mais acabassem. Então, eles só começaram… Eles disponibilizaram grande parte da informação nos Pad’s de vidro inteligente mas só tinha acesso quem tivesse permissão para tal, e se fosse necessária essa informação para o desempenho das suas funções.

Rob – Interessante. Eu gostava de saber como é que eles foram capazes de redactar e modificar certas informações dada a infinita informação lá contida?

Corey – Assim como os chineses fazem com determinadas palavras-chave ou tópicos.

Rob – Compreendo. ESTÁ BEM. Isso é interessante. Parece que as forças positivas na projecção holográfica do universo, os benevolentes estão a semear uma série de coisas diferentes por várias linhas de tempo para para tudo concluir num bom resultado aqui. Parece-me que existem definitivamente estes ET benevolentes – um grupo de 40. Eu considero-os muito benevolentes. A única coisa que você mencionou foi o de estarem ao serviço deles próprios. Nós conversamos sobre isso antes da entrevista. De acordo com minhas fontes e a Lei do Um, que eu não li, mas eles vieram aqui para lidar com esta situação muito desafiadora da quarentena na Terra porque a Terra tem uma espécie de localização privilegiada, a nível astral.

Eles veem a genética, ou seja alguns deles olham para a situação da Terra e respectiva diversidade genética como uma situação muito positiva com a qual podem, e eles estão aqui para tentar ajudar as pessoas da Terra a desenvolver uma compreensão ética, e para romper a quarentena, para que possamos compreender a nossa verdadeira história e alinharmo-nos mais com a lei natural. Você concorda que muitos na super-federação positiva estão a trabalhar nesse sentido?

Corey – Muitos deles estão, sim.

Rob – A Confederação não vai resolver os nossos problemas. Por outras palavras, se a experiência estiver a correr mal, eles vão descarta-la. Posto de outra forma, se eles deixarem de nos ajudar com a estabilização das placas tectónicas eles seriam responsáveis pela actividade cataclísmica. Eles iriam acabar a vida humana à superfície. Entendi bem? Isso está correcto?

Corey – Não necessariamente. Eles não são os únicos envolvidos nesta grande experiência. Eles tanto são parte desta grande experiência como participam na mesma. Eles deixaram isso muito claro. Eles não estão apenas lá em cima sentados a participar numa experiência e nós como que somos os ratos de laboratório.

Em alguns desses grupos, eles encarnam aqui e vivem entre nós como parte deste programa. Tornam-se os ratos de laboratório e vivem entre nós e posteriormente autorizam os seus vir a virem resgata-los, para depois poderem aprender sobre a experiência obtida durante todo esse tempo de vida. Assim, os diferentes programas estão numa escala flexível. Alguns deles são, na sua maioria, de natureza genética.

Alguns outros são na sua maioria, de natureza espiritual, enquanto todos eles estão nalguma escala entre os dois e beneficiam quem o faz (ou as pessoas que o fazem). Isto porque os seres que fazem a experiência beneficiam de uma forma concreta e não apenas no sentido de “Sinto-me bom porque de alguma forma estive ao serviço dos outros”. Dessa forma, alguns deles estão a receber um benefício tangível como retorno e parte da sua motivação é o de continuar a receber esse benefício. Você sabe que tem que permitir… como agora estamos a atravessar uma área onde existe um rasto de um cometa e imensos fragmentos. Podemos ver cada vez mais fragmentos a entrar na atmosfera e, talvez, até mesmo fragmentos maiores como aquele que entrou sobre a Rússia. Coisas desse género. Eles não vão parar de ser ou ser a causa para tudo. Uma grande quantidade de coisas eles simplesmente permitem que aconteça. E, dependendo do ponto de vista, muitas pessoas irão tirar ilações diferentes . Algumas pessoas vão ver isso como imoral e condenável. Como pode um ser benevolente sentar-se e assistir a um vulcão a explodir e milhares de pessoas a morrerem, ou como é que eles se podem sentar e assistir ao que aconteceu em Fukushima sem fazer nada. Então, muitas pessoas têm dificuldade em integrar esses conceitos, porque tudo se resume ao ponto de vista. Alguns desses seres são completamente amorais, e nós tentamos usar a nossa perspectiva e a nossa forma de pensar e, como eu disse antes, sobrepor a nossa forma de ver as coisas à maneira desses outros seres pensarem, sentirem e eles… Não podemos sequer fazer isso uns com os outros e muito menos o podemos fazer com essas outras espécies.

Rob – Sim, eu entendo. Então, algumas destas coisas… Eles têm uma visão de muito longo prazo, eles entendem a natureza eterna da alma e que certas experiências são acordadas. Então você concorda com algumas das razões para os benevolentes não poderem intervir em determinadas situações. Por exemplo, na situação do meteorito da Rússia, existem evidências de que uma outra luz, possivelmente uma nave espacial, terá ajudado quando esse asteróide entrou na atmosfera sobre a Rússia, ao desintegra-lo com a ajuda dos benevolentes.

Tanto quanto diz respeito a terramotos, eu entendo que eles estão a trabalhar o máximo possível para garantir que as energias telúricas e as erupções de magma no planeta são dirigidas para tão longe e distantes da civilização humana quanto possível, mas não são omnipotentes ao ponto de resolver tudo o que surja.

Corey – Não. Quanto a estas novas energias que entram. A Terra está a atravessar um período de transformação mesmo por debaixo dos nossos pés e, portanto, vão ocorrer alguns terremotos. Vão acontecer coisas por baixo dos nossos pés. Vão haver algumas catástrofes aqui e ali. Não tem nada a ver directamente com a (quarentena ou a Cabala)… nem tudo tem a ver connosco. Toda a gente quer passar a ideia de que tem tudo a ver connosco. A Terra está a passar pelo seu próprio processo e pelo seu próprio tipo de evolução e de aclimatação a essas novas ondas de energia que estão a chegar também.

Rob – OK. Outra coisa que eu gostaria de perguntar aqui, e eu gostaria que você apenas falasse o máximo que puder sobre isto para nos esclarecer sobre o contexto. Quando usamos as palavras… e uma grande quantidade desta informação… uma grande parte dela parece muito materialisticamente orientada. Nós somos seres físicos e nós estamos a olhar para a linha da meta, em particular o cidadão comum que está à procura das mudanças na sua vida, em vez do grande esquema da experiência da alma e desta cura.

A minha pergunta é se pode dizer-nos, de acordo com aquilo que sabe, qual é a grande experiência e quais são os vários grupos que estão em jogo aqui? E, obviamente, todos eles estão a alimentar a quarentena em certa medida, supostamente. E é por isso que eles não podem interferir em certas situações como a de Fukushima, mas eu tenho certeza que há definitivamente benevolentes naquilo a que é chamado a Aliança, e não a Confederação, que teriam intervindo se tivessem sido autorizados a isso pelos respectivos Conselhos. Pode partilhar connosco o que é essa experiência? É inteiramente genética? Existe uma natureza espiritual nela? Pode falar mais sobre isto?

Corey – Esses seres simplesmente informaram que toda a experiência no cosmos e o que percepcionamos como realidade é a grande experiência. Tudo o que existe é uma parte desta grande experiência a vários níveis, e eles estão num desses níveis e são parte desta Grande Experiência, assim como eles também são guardiões da Grande Experiência. E na generalidade… É de natureza espiritual (a intervenção). Isto é. Mas no nosso nível, nós somos esses seres espirituais que estamos a viver a experiência física, e por isso estamos a ver tudo a partir do espectro desta densidade, a densidade do material, do ser físico.

Rob – Sim, isso como que torna as coisas mais transparentes, e é como se a própria Fonte, como eu já ouvi dizer, no plano físico é como que o plano das ideias numa velocidade mais banda. Por outras palavras, é um pensamento divino, ou poderíamos chamá-lo de palavra viva, como já mencionado. O logos é um bom termo para a constante mudança e sempre presente da mente divina reagindo a si mesma. É uma postulação muito interessante aquela que você fez, de que tudo em todas as dimensões e em todos os planos da existência é uma experiência. Ao mesmo tempo parece que a informação que recebemos é a de que definitivamente há um plano. Há definitivamente uma coordenação aparente entre os seres superluminais de Luz, para além das dimensões, que nós ainda nem sequer falamos aqui, e que estão envolvidos na administração do universo multidimensional ou, como você disse, da Consciência e das formas de vida formas e dimensões que não conseguimos sequer percepcionar, e parece indiciar que há um projecto fruto de inteligência aqui. Existe alguma forma, obviamente Ra’Tier e os Seres da Aliança das Esferas parecem ser o tipo de, eu acho que eu não os chamaria de marionetistas, mas como que a componente de controlo à prova de falhas, do sistema, como parte desta experiência, ou também fazem parte dela?

Corey – Eles são parte dela também. Eles, se estivermos corretos nas nossas suposições aqui, eles existiram aqui à biliões de anos atrás, como uma sociedade. Tornaram-se tecnologicamente avançados e posteriormente eles tornaram-se espiritualmente avançados e, então, eles evoluíram para seres de maior densidade tendo eventualmente deixado esta área. E quando eles deixaram esta área, eles deixaram para trás restos da sua civilização que biliões de anos após, quando a nossa biosfera sintetizou novos hominídeos, hominídeos sintetizados que viviam aqui de acordo com esta frequência de ressonância – isto é o que me foi explicado – posteriormente, esses seres deviam ter seguido o caminho do seu próprio desenvolvimento, mas ao encontrar estas relíquias que foram deixados para trás, as mesmas interferiram com o seu desenvolvimento e, resumindo, eles ficaram karmicamente envolvidos com a Humanidade e com o que está a acontecer neste sistema solar. E até conseguirmos resolver as coisas no nosso plano físico… Nós estamos a ser uma espécie de pára-quedas, visto que eles não podem subir para o próximo plano da existência ou ir para o próximo nível, até que eles resolvam, ou nos ajudem a resolver, a bagunça que sucedeu a partir da, eu acho, da interação não-intencional que eles tiveram com a nossa sociedade.

Rob – Certo. Eu queria perguntar-lhe… Eu vou dar-lhe algumas informações dadas através da Confederação que têm chegado ao longo dos anos, de que o governo não iria reconhecer o contacto com os benevolentes do nosso sistema solar.

Corey – Por favor descreva a fonte dessa informação. Para mim muitas dessas coisas são novas. Eu não li ou sequer olhei para uma grande quantidade de informações e eu realmente não sei. Eu gostaria de saber quais são as fontes.

Rob – Uma das fontes é o do indivíduo chamado Richard Miller, dos grupos de contato originais com os venusianos que, assim com George Williamson, a quem a Confederação essencialmente transmitiu um pouco da história do sistema solar e desta super-terra, a que eles chamam de Maldek ou a estrela da manhã. De acordo com eles, eles tiveram uma situação semelhante e o planeta explodiu. De acordo com um dos contatados, ele foi informado por alguns seres que estavam no sistema estelar, e ele estava nesse sistema estelar, e ele disse: “Eu fui um dos bandidos responsáveis por isso?” E eles disseram: “Não”. Eles disseram que ainda mantiveram uma civilização num dos asteróides maiores, mas a maioria das pessoas foram mortas e, como você disse, a palavra que eu queria mencionar aqui é: os retardatários – as pessoas que não tenham atingido ainda o quarto nível de densidade onde a unificação do espírito, da matéria e do altruísta, vamos chamá-las de virtudes, estão conseguidas. Eles teriam mais compaixão são mais em jogo. E após esse planeta ser destruído, como você disse, diferentes civilizações vieram aqui, e por isso parece que há um monte de hábitos e padrões antigos e que a Terra tem sido, até certo ponto, não podemos chamar-lhe um saco de pancada, mas vamos chamá-lo de um hospital, que se destina a trazer toda essa consciência da separação materialista e trazer-nos de volta à verdadeira fonte da Lei do Um e à percepção de que somos todos uma parte e uma parcela do Divino, e que podemos olhar para nós mesmos como irmãos e irmãs quer sejamos um ser da Aliança das Esferas azul, um draconiano real branco ou uma pessoa humilde na Terra, e que somos todos filhos do Deus vivo, amoroso e positivo, ou da Criação ou Fonte. (Eu não quero entrar em questões religiosas aqui). Ao ver o copo meio cheio e trabalhando em unidade ao estilo Ubuntu, em oposição a esta visão separatista negativa, e materialista. Isto porque você afirma em todo o seu material que por exemplo os “Nazis e o comércio de escravos é condenável e esse género de coisas”. É este tipo de imagens de caos e negatividade que estou a tentar mostrar em relação ao meu entendimento do plano divino. E se há um aspecto positivo nelas. Então, eu gostaria que pudesse comentar e partilhar a sua opinião sobre isso

Corey – Bem, você sabe, o plano divino é para todos nós aprendermos através dessas experiências e crescermos e, posteriormente, voltar a ascender através das densidades e regressar à Fonte. E essa é a minha opinião da minha interação directa com todos esses seres diferentes.

Rob – OK. Óptimo. Isso é bom. Fico feliz por ouvir isso. E sobre o termo “retardatários” e de que à Terra foi dada uma série de oportunidades de elevar a Consciência da civilização e que, por incontáveis vezes, isso falhou (incontáveis, sim)?

Corey – Sim. Qualquer coisa que possa dizer sobre o que me foi comunicado sobre o estado da Humanidade e sobre o nosso período em que não mostramos o potencial que temos para o crescimento espiritual, tem sido muito decepcionante para muitos destes seres e frustrante para as pessoas ouvirem. Mas você sabe, porque estamos programados para simplesmente estarem sentadas à espera que alguns seres salvadores venham resgatar-nos quando, você sabe, esses seres estão a fazer o que eles… o que eles podem fazer sob a lei cósmica, mas nós somos seres livres e sencientes que são parte de uma Consciência de massa que está a fazer a sua decisão de livre arbítrio sobre como vamos progredir como uma Consciência colectiva. E como indivíduos, nós temos que participar nela. Não é algo em que podemos apenas sentar-nos, teclar umas coisas, sentarmo-nos e olhar para o céu e agitar os punhos perguntando “Quando é que eles vão aparecer? Quando isso vai acontecer? Quando é que os OVNI’s vão aparecer e limpar o sebo à cabala e teleporta-los para a frente do edifício do tribunal de Haia” ou algo parecido. Isso não vai acontecer dessa forma. Vai acontecer mas temos de fazer parte do processo e, se não estiver disposto a fazer parte do processo, então é melhor estar preparado para ser desiludido.

Rob – Eu gradeço isso. Eu quero deixar claro, e o Cobra, eu e muitos outros concordamos que eles não estão aqui para salvar-nos. Eles estão a trabalhar connosco para ajudar-nos, a cada passo que damos em frente, em responsabilidade e em plena Consciência, para usarmos o nosso centro de ressonância como um ponto focal para guiar as nossas acções, pensamentos e palavras. Quanto mais eles sejam capazes de trabalhar connosco mais temos de estar preparados para aceitar a sua presença como algo positivo, à medida que ocorrem os primeiros contactos com a população em geral. Outra coisa que eu quero dizer e que muitas pessoas dizem, é esta afirmação comum: “Livre arbítrio uma ova!” (risos) Porque nós temos uma tamanha quantidade de interferências de seres que estão a violar nosso livre arbítrio, e que estão a usar tanto subterfúgios como tecnologias avançadas.

Corey – Você está a falar a nível pessoal. Como uma Consciência de grupo e como um grupo, nós convidamos esses seres. Nós estamos a concordar em participar.

Rob – Quem está a concordar? Os governos que os convidaram para aqui como representantes pela lei cósmica. São esses que concordaram, ou é individual… É que ninguém aqui se lembra de ter assinado um contrato. No entanto o Cobra afirmou que quando você entra, você concorda com algumas dessas coisas.

Corey – Você ainda está a falar a nível individual. Nós somos parte duma Consciência de massa que é quase como se fosse a sua própria entidade e da qual nós somos facetas. Somos pessoalmente as facetas dessa entidade maior, em que a Consciência de massa, a entidade maior, é a que está a tomar as decisões e a determinar as coisas e… Nós contribuímos para isso, mas isto não funciona como, você sabe, como se cada pessoa recebesse um memorando a dizer “Nós vamos tomar esta ou aquela decisão”. É a sua escolha de livre-arbítrio optar pelo “Não”. Com o nosso livre-arbítrio nós abdicamos do nosso poder. Nós pagamos os nossos impostos. Nós votamos. Nós dissemos, “OK, eu agora votei em si. Nós colocamo-lo no poder. Você representa-me”. Bem, eles estão a representar-nos e, nalguns casos, existem muitos países com déspotas no poder. As pessoas poderiam argumentar que nesses casos o livre-arbítrio é violado, e é verdade, mas transpondo isso para os contratos de alma, estamos aqui porque concordamos em viver esta vida para experienciar, aprender a equilibrar o nosso karma.

Rob – Isso é muito bom. Isso está bem dito. Eu ainda acho que há, obviamente, alguns pontos por esclarecer. Obviamente, votar nos EUA… Eles têm computadores que viciam as eleições. Você está na realidade a votar para a ala esquerda ou direita da CIA.

Corey – É uma ilusão. É uma ilusão… mas mesmo que seja uma ilusão, se você sentir que tem dado a sua autoridade explícita ou mesmo implícita a uma pessoa para promulgar leis ou para fazer as coisas em seu nome, é porque você delegou-lhe esse poder. Este é apenas um pequeno exemplo.

Rob – Sim, eu concordo com isso.

Corey – E nós estamos programados para ser assim. Estamos programados para olhar para eles de baixo para cima. Estamos programados para olhar para fora e para cima e delegar o nosso poder, e não olhar para dentro para o nosso próprio poder. Nós passamos todo este tempo, e temos sidos programados através destes sistemas de ensino e programas sociais que fizeram com que nós não consigamos entender o poder da nossa própria Consciência co-criativa, e o poder interior que temos.

Rob – Absolutamente correto, e eu diria que esses programas são artificiais. Eu tenho mais fé na natureza e na Humanidade. Acredito que a IA e as agendas de alguns dos grupos negativos têm sido muito bem-sucedidos a gerir-nos, ao esconder a nossa verdadeira história e o facto de que não estamos sozinhos.

Corey – Esse é o problema, e acontece porque nós não estamos cientes disso. Não sabemos. É por isso que educar o público e tornar as pessoas conscientes promove o efeito do 100.º macaco, sabe. Quantas mais e mais pessoas discutirem isto mais ficará gravado na consciência de massa, e depois surge na mente de outras pessoas, e elas não sabem como receberam essa informação. É assim que a magia negra da cabala funciona e como eles nos controlam, mas também pode funcionar no sentido inverso, a forma para a qual foi concebida, para trabalhar de forma produtiva para a sociedade.

Rob – Sim, isso é aquilo para o qual todos nós estamos a trabalhar, no sentido de capacitar, e eu acho que isso é um aspecto muito importante para as pessoas captarem. É muito complexo e nós estamos a voltar à milhões de anos atrás na história galáctica, quando a maioria de nós está apenas a acordar para o facto de que “nós não estamos sozinhos” e, com a Internet, há pessoas lá fora que, literalmente, em 6 meses podem assimilar informação que eu tenho experienciado e ponderando desde à 40 anos. A sabedoria não está sempre lá. Eles não sabem onde a acreditar e por onde começar, mas eu creio que as pessoas podem filtrar. Você concorda que as pessoas precisam de filtrar toda esta informação intelectual através do seu centro de ressonância e tipo obter um resultado positivo?

Corey – Depende da informação.

Rob – Tudo. Eu disse que já olhamos para tudo. Quando você olha para tudo com o seu elevado nível de contacto e experiência, você vê um resultado positivo para a Humanidade, e é um processo inevitável e nós estamos apenas a atravessar uma fase aqui e, eventualmente, isso vai ser limpo?

Corey – Sim, eu sei. Existiam alguns pontos onde eu. . . Isso era uma dúvida que eu tinha.

Rob – Como podem 99% das pessoas que são manipuladas, passaram por lavagem cerebral, pelo sistema, usar o seu livre arbítrio?

Corey – Bem, eles não podem verdadeiramente tomar uma decisão informada, sem todas as informações. Ninguém pode, e isso não vai ocorrer até chegarmos à Divulgação completa. E assim, a um determinado nível nós não estamos a receber todas as informações que precisamos para tomar as decisões que precisamos de tomar e, portanto, muitos dos acordos em vigor foram feitos pelos nossos antepassados, com diferentes seres não terrestres. Então, você sabe, é uma coisa muito complicada na lei cósmica e existem lacunas que seres de menor densidade e grupos não-positivos de vibração mais baixa usam para se aproveitarem, e os grupos positivos não andam à procura de lacunas… Eles apenas estão a cumprir a lei cósmica o livre arbítrio, e não tentam contornar a lei cósmica.

Rob – Eu acho que é maravilhoso. E eu acho que o nosso trabalho está a ajudar a impulsionar isto para a frente. E, é claro, também está a abrir uma grande lata de vermes e muitas outras coisas. Eu queria perguntar-lhe outra coisa. Falou sobre a grande experiência e como eles fazem também parte dela. Você disse que todo o Universo e toda a Criação são uma grande experiência. Eu gostaria de focar essa pergunta. Você pode falar sobre, a partir do seu conhecimento de todos esses diferentes grupos – e talvez deixar os Seres Azuis das Esferas de fora, por agora – o que é a grande experiência aqui? É manipulação genética? Dê-nos pouco de mais de detalhes, se puder, sobre as grandes experiências na Terra.

Corey – É genética e espiritual. Tem tudo a ver com a ascensão e evolução, retornando à Fonte. Nós éramos… Essencialmente, a Fonte expandiu-se, e todas estas realidades diferentes e pontos de vista que temos como indivíduos a vivermos as nossas próprias realidades e bolhas de realidade, com as nossas experiências e aprendendo com elas. Você sabe, todos esses seres que são de alta densidade passaram pelo processo de Ascensão, elevando as suas vibrações e subindo para as oitavas superiores. É muito bonito o modelo, o modelo cósmico. E isso ocorre através da manipulação genética e através das actualizações espirituais. E você não pode separar os dois, porque nesta grande experiência, esses seres de maior densidade são tanto uma parte da experiência como nós o somos e, como eu já disse, muitos têm sido… encarnam na Terra e esquecem-se de quem eles são, fazendo parte desta experiência ao nosso lado, e algumas das pessoas que ouvem esta entrevista agora poderão ser algumas dessas sementes estelares.

Rob – Bem, tenho certeza de que, provavelmente, muitos o são. Você declarou que a Experiência tem a ver com a Ascensão. Eu estou curioso para saber qual é a situação actual de todos os programas espaciais internacionais e de alguns destes grupos hostis que definitivamente parecem… como os draconianos e os mantóides, eles certamente parece que não estão a ajudar nesse processo. Qual é a sua opinião?

Corey – Eles a utilizar uma rota alternativa para a Ascensão, que é aquela a que chamaríamos do trans-humanismo, a rota da IA, a vida eterna através da Inteligência Artificial e da tecnologia. Esse é o seu caminho da Ascensão. Eles são geneticamente e espiritualmente programados para Ascender também, mas eles estão optando por fazê-lo através dum processo não-espiritual.

Rob – Essa é uma perspectiva interessante. Eu não tenho certeza se posso analisar isso agora. Eu aqui um par de outras perguntas de pessoas. Uma pessoa disse: “Em relação à sala de realidade virtual que afecta a memória da sua mente, você acha que é possível as suas experiências na sala de realidade virtual serem acedidas e criadas por outros seres de outras dimensões ou ET?”

Corey – Elas são acedidas e recriadas…

Rob – Você crê que é possível que as suas experiências no mundo da realidade virtual serem acedidas e, portanto, criado por seres de outras dimensões ou ETs na tecnologia baseada na Terra, correto?

Corey – É uma tecnologia baseada na Terra que foi verdadeiramente criada a partir de tecnologia que nos foi dada, mas que foi manipulada e usada para esse fim, mas não era uma sala. Era um dispositivo que criava um tema da realidade virtual que depois era projectado na sua mente. Uma parte do treino tinha a ver com detectarmos se estávamos num mundo de realidade virtual. Eles colocavam-nos em todos esses cenários e tentavam que você fizesse coisas que eram contra os seus princípios ou código moral e, pelo menos para os empatas intuitivos, era um grande teste para saberem se éramos capazes de descobrir que um programa era ou não verdadeiro.

Rob – OK. Obrigado. Aqui está uma questão interessante. “O que acontece se um micro-meteorito atingir uma nave a viajar através da compressão do espaço-tempo, num portal?”

Corey – Isso não acontece. Não há meteoritos durante a passagem. Quando se viaja numa unidade de torção, e se viaja a 10 vezes a velocidade da Luz no interior da teia cósmica, nós não estamos a deambular por entre asteróides e cometas. Não é como o espaço dentro do sistema solar.

Rob – OK. Outra pergunta que alguém tinha. “Você olha para fora pela janela? Como é que é viajar a essa velocidade? Você é capaz de olhar para fora da nave espacial? Com o que se parece?”

Corey – Não há muitas janelas, e eu tenho… Eu fiquei no interior do sistema solar. Eu não viajei para fora do sistema solar em naves. Eu estava nelas quando estas viajavam muito rápido e houve um ligeiro efeito de dilatação visual da luz, mas na realidade a maioria das estrelas distantes não mudavam de muito posição, isto porque não ocorreu uma mudança da posição relativa (como se estivesse a viajar de Marte para o Sol), e a estrela não parece mudar de direcção, muito porque a sua posição relativa talvez apenas tenha mudado uma parte de um grau em relação a essa estrela.

Rob – Eu entendo isso. Isso faz muito sentido. Eu não sabia que você não tinha viajado para fora do sistema solar muito.

Corey – Somente através de portais, mas não numa nave.

Rob – OK, tudo bem. Aqui está outra pergunta de alguém, e isso poderá ser do seu conhecimento e você está… realmente muito consciente e com integridade em relação ao que sabe e ao que você não sabe. Alguém quer saber a sua opinião, sobre se Evento irá desencadear e levar à Divulgação Completa, e se ele é suposto acontecer, visto que os nossos amigos do espaço não irão intervir e ajudar-nos com especificamente com a Divulgação?

Corey – Você sabe, eu tenho dito que o evento catalisador vai ser, provavelmente, um colapso económico que vai sacudir o público e, de seguida, quando eles percebem que foram enganados, e tudo foi apenas um esquema gigante em pirâmide, eles então estarão preparados e prontos para todas as outras informações que serão divulgadas nos vazamentos de dados. Mas a Aliança da Terra e os grupos da cabala começaram a negociar partindo do princípio que talvez não seja uma boa ideia permitir que todas essas informações sejam divulgadas pois ambos tinham muito a perder. Recentemente, tivemos os Documentos do Panamá. Isso aparentou ser como que um tiro de aviso da Aliança da Terra. E eu como que estava à espera de que fossem algumas outras pessoas a estarem atrás de um novo vazamento de dados, mas este será sempre o objectivo de atingir a cabala, e e poderemos estar perante um “olho por olho dente por dente” até que ao vazamento de dados ocorra, até que tudo saia. Neste momento, ainda está tudo no ar, porque tudo é negociado. Seria muito bom se tivéssemos um representante na mesa de negociações, porque eu realmente gostaria de ter alguém a negociar em nosso nome, verdadeiramente.

Rob – Isso é um ponto muito bom. Parece que os membros da cabala, se eles têm supostamente negociado, certamente não nos representam. Outra questão aqui em relação a Obama e Putin, e eu sei que isto pode ser informação ainda classificada como secreta, mas você sabe, eu creio, é se Obama e Putin estão nessas reuniões secretas? Será que eles têm alguma coisa verdadeiramente a dizer? Será que você concorda que Putin é benevolente ou?..

Corey – Posso concordar que Putin tem estado presente em reuniões, e ele tem estado muito envolvido na Aliança, e ele é provavelmente uma das pessoas mais conhecedoras no planeta, sobre o que está realmente a acontecer.

Rob – Isso é muito bom. E, na realidade está muito em sintonia com o que Cobra disse. Aqui está outra questão. Ele disse que divulgou mais informações super-federação, a interação benevolente entre a Terra e o programa PES e como as opiniões são diferentes, de acordo com cada fonte. Corey, pode esclarecer-nos? Eu gostaria de ouvir detalhes de nomes de grupos, como é que eles interagiram e as interações positivas com, suponho, com a facção dissidente do PES. Eu tenho a certeza que eles tiveram contacto nessas reuniões antes romperem com o restante PES, os benevolentes que trabalham consigo, eles têm estado sob o controlo da mente e isso tem sido perigoso para eles. Eu não estou verdadeiramente interessado nesse tipo de informação porque eu acho que é limitada. Pode partilhar connosco informações sobre o alcance, não dos Seres Azuis das Esferas, mas a partir das alianças positivas e da sua relação com o grupo com o qual o Gonzales trabalha, embora eles estejam num contencioso com o PES? Você pode falar sobre os seus pontos de vista em relação a estes 40 grupos? Eles estão em sintonia com eles? Existem vários de grupos com os quais querem trabalhar mais de perto com e outros que são mais militaristas? Existe intercâmbio de informação positivas a ocorrer, se puder partilhar essa informação?

Corey – Sim, a super-federação é composta por entre 40 a 60 de outras federações gigantes. São grupos muito grandes, e estes grupos… Eu poderia apelida-los de positivos e negativos, mas isso vai depender do nosso ponto de vista individual.

Rob – Do seu ponto de vista, o das pessoas que estão aqui em baixo…

Corey – Eles deixaram claro que tudo o que eles estão a fazer é parte… Eles estão a fazer a sua parte nesta Grande Experiência, e eles sentem que eles estão apenas cumprindo o seu, eu acho, o que a Fonte ou o Universo quer que eles façam. O seu propósito está a ser cumprido cumprido ao entrarem e manipularem a nossa genética, e a trazer-nos informações espirituais para nos ajudar, você sabe, a evoluir. Mas alguns desses grupos veem isso como uma intervenção que não deveria acontecer. Portanto, depende totalmente do ponto de vista.

Rob – Eu só vou dizer, é por isso que há muitas agendas diferentes na super-federação. (Oh sim) Alguns não gostam de se intrometer. Outro são literalmente, como você disse… como os draconianos que acham que vamos ascender se eles nos dominarem, vencerem, comermos carne e Ascender com a Inteligência Artificial. Será que eles literalmente acreditam nisso? Isto é real?

Corey – Permita-me clarificar que a federação draconiana não faz parte da super-federação e nunca participou nas reuniões.

Rob – OK. Assim… Tudo bem, então eles não estão mesmo alinhados com isso. Você já ouviu falar de dois tipos diferentes de grupos? Ouvi dizer que há um chamado de Confederação que é muito não-violenta, não interfere com o livre-arbítrio de alguém e a sua maturidade faz com que não intervinham quando extraterrestres hostis subjugam o planeta através da ocupação furtiva, implantes e coisas dessa natureza, e há outro grupo chamado de Aliança Mundial das Nações, e eles são muito mais… Eles consideraram as políticas de não-intervenção da Confederação irrealistas. Você está familiarizado com estes dois grupos e alianças diferentes?

Corey – o primeiro. . . Há vários grupos que se chamam de Confederação. O segundo grupo… Eu não ouvi esse nome lá fora. Existem vários grupos que se chamam de “Confederação” e sistemas estelares, e alguns deles são confederações de 12, 15, centenas de sistemas estelares.

Rob – Uau. Então, eu tenho sempre dito que obtemos diferentes informações de diferentes fontes, e nós falamos sobre isso antes desta segunda entrevista, e eu gostaria que partilhasse o que você falou, como que concordando comigo na minha primeira introdução – de que nós não vamos ter a Divulgação total até a cabala ser presa ou removido alguma forma. Isso está correcto na sua opinião?

Corey – Eu não sei se a cabala terá de ser presa primeiro ou se isso vai acontecer simultaneamente. Será… Eu acho que vai demorar algum tempo para capturar todos os elementos da cabala, e essa informação vai ser divulgada antes deles estarem encarcerados e serem presentes a quaisquer tribunais mundiais, na minha opinião.

Rob – Eu meio que concordo com isso. Eu espero podermos ver algumas detenções dos principais elementos para que possamos controlar os meios de comunicação, para que possamos ter uma comunicação…

Corey – As coisas estão a mudar muito rapidamente. O PES estava a contar com a linha do tempo da Divulgação Integral a desenrolar-se entre 2018-2023. Isso foi o que eu ouvi durante todo o tempo eu estive lá. As coisas estão mudar tão rapidamente, que eu não sei como podemos chegar a 2018 sem que isso aconteça. Todos podem ver essas coisas incríveis a ocorrer, mesmo nos meios de comunicação social de massas.

Rob – É realmente encorajador Corey. Estou muito feliz por ouvir isso. Estamos aqui há muito tempo e eu sou paciente. Concordo consigo que vai ser lento, passo a passo, e talvez hajam alguns saltos gigantescos porventura para as pessoas poderem assimilar isso. Eu queria perguntar… Há um par de questões interessantes que as pessoas têm. Eu não ouvi você falar muito sobre a Atlântida. Você falou sobre grupos antigos. Você pode falar sobre qual foi a situação ou se ocorreram múltiplas situações? O que foi que causou a destruição da Atlântida e à quanto aconteceu o declínio dessa civilização? Algumas pessoas dizem que a mesma levou milhares e milhares de anos, e algumas pessoas dizem que foi em menos tempo. Você pode falar sobre a experiência Atlante e o que ocorreu, os diferentes intervenientes e o que causou o problema?

Corey – Nos diferentes pontos de vista que eu já discuti acerca da Atlântida, eu na realmente não gosto desse termo. Eles disseram que se tornou muitas coisas para muitas pessoas. As sociedades avançadas que se desenvolveram e caíram por causa desses cataclismos cíclicos maiores e menores que ocorreram no planeta, dos quais temos uma memória genética dessas diferentes quedas e ascensões, foram comprimidas numa única narrativa, sabe, e por isso, nós falamos sobre a Atlantida. Se lhe perguntarem exactamente a que civilização avançada você se refere, à quanto tempo atrás teríamos de voltar? À 17.000 anos, 28.000 anos atrás? Há um sem número de civilizações que ascenderam e caíram de forma semelhante.

Rob – Nessa mesma zona, existiu o que chamamos de civilização Atlante ou é só o nome que lhe damos?

Corey – Isso foi o nome que lhe demos mais tarde.

Rob – Quando as pessoas falam sobre a Atlêntida, eles falam sobre um tempo na antiguidade em que havia muitas interações diferentes e muitas civilizações diferentes a ascender e a cair na Terra. Isso está correcto?

Corey – Sim, e algumas pessoas poderiam estar a referir-se a uma civilização em particular, que ascendeu e caiu, mas a insistência em chamar Atlântida só surgiu mais tarde.

Rob – Ok. Obrigado. Isso é muito esclarecedor. Como nós sabemos tão pouco, os esclarecimentos dados por si são muito bem-vindos.

Corey – Você sabe, podem ter existido muitas civilizações que tiveram um nome semelhante a esse e talhamos ou mudamos o nome com o tempo. Quem sabe?

Rob – Certo. Outra questão que tenho é, eu li a informação que proveniente dos chamados contatados, fontes credíveis da federação desde à muito tempo até agora, e eles mencionaram que havia uma tecnologia. A Terra foi exposta a determinados raios cósmicos e solares, e uma das razões para a queda de algumas dessas civilizações terá sido a de uma camada de proteção concebida artificialmente. Eu sei que há cristais de gelo lançados na, e eu não tenho certeza, na ionosfera. Não tenho a certeza onde li isso, mas era supostamente para nos proteger da radiação, e que havia certas experiências, talvez como a do HAARP, que estavam a ocorrer na altura que previram que essa coisa cristalina iria cair e causar a inundação. Você pode falar sobre o dilúvio e se a história sobre o campo de força em torno da Terra é verdade?

Corey – Eu nunca ouvi falar disso. Eu nunca ouvi nada dessa natureza. A única coisa que eu ouvi sobre essa linha do tempo é que durante os maiores e menores cataclismos na Terra, não só a sua inclinação mudou, mas a sua posição e órbita em relação ao Sol mudou, o que afectou a atmosfera. A atmosfera tem, em momentos diferentes, ficado mais fina e, em diferentes momentos tem sido muito mais espessa com uma pressão barométrica superior, e houve momentos em que havia uma, eu acho, o campo magnético muito maior.

Rob – você pode abordar o que foi o dilúvio? E porque é que aconteceu?

Corey – Isso foi por causa de uma chuva de meteoritos.

Rob – OK. Eu ouvi isso também. Estava lá…  E sobre esta história do longo período de chuva? Será que isso coincide?

Corey – Sim, sim, mas se um meteoro atinge o oceano e vaporiza a água, muita da água pode ser lançada na atmosfera, mas uma grande parte vai ser vaporizada e, posteriormente, o vapor vai ter de se condensar e vai ter de descer sob a forma de chuva, devido à densidade da atmosfera. A chuva cai pela força do seu peso até que toda a humidade seja libertada.

Rob – Certo. Faz sentido. Norm Paulson, que escreveu o livro chamado de Consciência Crística, (disponível no meu site) fala sobre o ataque de meteoritos e que faz sentido. Eu tenho outra pergunta. Eu sobre por algumas fontes, e isto poderá corresponder aos três dias de escuridão, mas em determinados períodos cíclicos de tempo, e eu não sei se isso é natural, normal ou resultado de um ciclo, ou se é precipitado por algum motivo, mas a Terra irá inverter a sua rotação em relação ao Sol e é suposto que, no futuro, ocorrer mas não necessariamente, uma mudança nos pólos (e eu não sou um físico geólogo). E sobre a Terra inverter a sua rotação e o  sol nascer a Oeste?

Corey – Ouvi dizer que tem havido ocorrências cíclicas, e eu não sei exactamente a causa. Eu não sei se é a estrela Némesis do nosso Sol ou o que terá acontecido para fazer a Terra entrar em similar… como que retrógrada sendo que a órbita é afectada durante um curto período de tempo antes que a mecânica celeste seja corrigida.

Rob – Eu estava a falar sobre a rotação da Terra.

Corey – Eu não ouvi nada especificamente sobre a rotação actual.

Rob – Interessante. OK, Corey, mais uma vez, eu preciso de lhe agradecer, e senhoras e Senhores deputados, peço desculpa se eu cometi qualquer erro ou equívoco…

Corey – Estes temas são muito complicados. Vai acontecer. Nada demais.

Rob – O Corey vai-me dar folga agora. Tento permanecer honesto e denunciar tudo e, mais uma vez, eu filtro as coisas que ouço ou conheço, porque eu também quero aprender também. Corey, mais uma vez, agradeço novamente pelo seu tempo. Pessoal, desculpem o facto desta entrevista ter sido adiada uma semana. Corey tem estado muito, muito ocupado. Muitas actualizações ele tem recebido. Eu já confirmei novamente com Corey que vamos em breve agendar a entrevista com o Cobra, de modo que está para breve. Corey, muito obrigado por ter vindo. Eu estou a incentivar as pessoas, mais uma vez, a irem ao seu site aqui listado e ver as entrevistas na gaiatv.com, o que permite a Corey e a David terem algum apoio financeiro. Eles fazem um trabalho tremendo e Corey está a trabalhar 18 a 20 horas por dia pessoal. Seria muito bom se pudéssemos apoiá-lo. Corey, muito obrigado por ter vindo ao programa. Estamos ansiosos pela entrevista Cobra / Corey para unificar para pessoas que estão sob a bandeira da Divulgação Total pela qual lutamos à já tanto tempo.

Corey – Obrigado.

Fonte: http://thepromiserevealed.com/rob-potter-and-corey-goode-interview-part-2-victory-of-the-light-04-21-2016/

A transcrição da 1.ª parte desta entrevista poderá ser lida aqui: https://pt.prepareforchange.net/2016/04/12/entrevista-rob-potter-a-corey-goode-07-04-2016/

Deixar uma resposta

Top
%d bloggers like this: