Entrevista de Rob Potter a Corey Goode (07-04-2016)

corey_goode_blue_avians

700_1cf53d52cdd15282abceff69025b8fa4

A transcrição da 2.ª parte desta entrevista poderá ser lida aqui: https://pt.prepareforchange.net/2016/04/27/2-a-parte-da-entrevista-de-rob-potter-a-corey-goode-21-04-2016/

Rob – Olá senhoras e senhores. O meu nome é Rob Potter, e eu estou a transmitir a partir daqui da ilha de Maui. Hoje temos uma edição muito, muito especial do programa  “Vitória da Luz”. Eu hoje vou entrevistar Corey Goode, um dos principais delatores do mundo neste momento, realmente divulgando algumas informações surpreendentes.

Para aqueles de vós que me conhecem, eu trabalhei em estreita colaboração com Cobra no passado e também tenho trabalhado com o Preparem-se para a Mudança na criação de uma rede de informações sobre as mudanças que se aproximam. Corey Goode, para aqueles que sabem, está a divulgar muitas informações sobre a sua vida nos Programas Espaciais Secretos (PES).

Eu não vou entrar em muitos detalhes sobre a história. Eu tenho a impressão de que esta vai ser uma entrevista mais direccionada para as pessoas que já seguem as informações de Corey. Para quem ainda não assistiu a todos os episódios do Revelações Cósmicas na GaiamTV.com eu recomendo fortemente que o façam.

Contem uma grande quantidade de informações. Pode ir ao site do Corey, e vamos falar sobre isso dentro de um segundo. Eu estou a tentar divulgar informações aqui, a tentar definir o campo de jogo e dar-nos uma compreensão mais clara sobre o que está a acontecer lá fora.

Já falei antes com Corey. Nós vamos testar os limites e ver se podemos obter algum entendimento sobre, sabe, o que nós chamamos Pad’s de vidro transparentes e os PES, a Aliança, a Aliança baseada na Terra e as suas opiniões e posições sobre esses temas.

Então, nós vamos abordar algumas coisas diferentes. Um pouco mais políticas para conseguirmos ver com clareza aqui. Então vamos abordar algumas destas informações. Tanta coisa para falar aqui hoje, então eu vou tentar reduzir as minhas perguntas ao mínimo, mas vou definir as bases para algumas dessas informações. Assim, sem mais demoras, eu introduzo Corey Goode e vamos começar daí.

Corey é um prazer estar aqui. Já falamos várias vezes nos últimos 7-8 meses ao telefone. É realmente uma honra conhecê-lo e, finalmente, participar no programa. Seja bem-vindo ao programa de rádio Vitória da Luz. Como vai?

Corey – Estou bem, e você?

Rob – Muito bem. Para começar talvez hajam algumas pessoas que nunca ouviram falar das suas informações. Porque não partilha alguns dos seus sites onde as pessoas podem conectar-se consigo e, claro, a Gaiamtv.com, e se você pode dar alguns sites onde as pessoas possam seguir as suas informações para ajudar a apoiar a nossa missão.

Corey – Claro. Meu Web site principal é pt.spherebeingalliance.com e é aí que pode encontrar as minhas actualizações de notícias, transcrições de todos os programas que eu David Wilcock e fizemos  na Gaiamtv.com com o nosso programa Revelações Cósmicas. Isso é na www.gaiamtv.com. Se quiser subscrever o programa, vá a www.blueavians.com, e dessa forma David e eu obtemos algum retorno por isso.

Também estamos a começar um novo projecto que é o http://www.fulldisclosureproject.org/. Eu peço desculpa. Acho que estava prestes a dizer alguma coisa.

Rob – Não, eu cortei o som do meu microfone. Eu só queria avançar para a entrevista. Pessoal, eu vou contar uma breve história aqui. Corey Goode fez parte de um talentoso e exclusivo grupo de crianças que foi analisado e seleccionado pelo governo para se tornar no que é conhecido como um empata intuitivo, e posteriormente enviado para um programa espacial secreto.

Este programa, realmente e absolutamente é como a mais louca e ultrajante série de ficção científica. É fora do vulgar e a pessoa comum pode ver isto e ficar com os olhos à roda e apenas apelidar isto de um monte de lixo e disinformação, visto ser tão difícil de compreender.

Eu tenho tido experiências desde 1970 e passou muito tempo desde em que eu esperei que este tipo de informações começassem a ser divulgadas. Há muitos anos atrás eu mencionei que quando os militares do PES começassem a falar sobre isto os contactados comuns iam parecer meninos de coro e é precisamente isso que está a acontecer aqui.

Estamos a receber enormes quantidades de informações no que diz respeito à história e desenvolvimento actual das civilizações baseadas na Terra, das suas tecnologias e consequentes alinhamentos. Corey viajou no cosmos, trabalhou por 20 anos, voltou e, de seguida, na verdade, em seguida, fisicamente foi regredido à idade jovem novamente e viveu muitos anos com essas memórias até, eventualmente, ter sido capaz de emergir e partilhar essas informações com o público.

É uma situação única em que, podermos chamá-los de os “bons da fita” por dentro do PES nos EUA e no mundo, provavelmente do mais avançado PES que conhecemos, decidiram trazer a lume estas informações. Eles romperam alguns dos seus mecanismos de controlo, e eu acho que nós poderíamos chamar-lhe programação, e decidiram insurgir-se contra os seus mestres no conglomerado empresaria espacial e começarem a revelar informações.

Assim, os principais actores das facções positivas do PES têm as suas próprias ideias. Eles foram militarmente doutrinados e eles têm o seu próprio agente de ligação, um senhor chamado Gonzales. Pode ler sobre o que os Seres das Esferas dizem. Especificamente que queriam Corey Goode para os representar e isso “virou o jogo completamente” por assim dizer.

As facções positivas do PES têm um relacionamento hostil ou contencioso em relação a ele. Eles não confiam em Corey e isso vai ser um dos temas da discussão aqui. Corey, quando eu penso aqui no facto de ter sido escolhido, parece quase como que a escolha perfeita, pois já não estaria envolvido no PES (na época).

Portanto, não haviam alianças necessárias lá, não é tratado muito bem por eles e parece que é mais como que um observador imparcial e isso está a permitir que o público em geral obtenha um relato em directo, vamos chamar-lhe “uma visão panorâmica” desta situação.

Eu acho creio que ficou muito claro, sabe, naquela vez em que estava agendado um encontro com os draconianos e acabou por não ir porque foi avisado antecipadamente de todas as coisas que tencionavam fazer-lhe nessa reunião, e foi bom você não ir.

Se olharmos para isso, como eu fiz, tornou-se mesmo logo claro que eles iam fazer-lhe algo Corey, Deus me livre. Mas você está sob protecção e não o fizeram.

A realidade é que outra pessoa poderia tomar o seu lugar. Você não é um fabricante de política, é apenas uma testemunha da troca de informações como embaixador. Tenho a certeza de que existiria outro empata intuitivo, numa espécie de plano de contingência, que estaria na calha caso isso acontecesse.

Você actuou realmente como uma camara de filmar e eu acho que eles perceberam isso e se houvesse qualquer coisa que eles quisessem fazer eles podiam substituir a camara e creio que era essa a agenda aqui. Então, dessa forma, não fazia sentido feri-lo.

Eu gostaria que, se pudesse… eu gostaria de começar com um agradecimento e gratidão do mundo para consigo, por ter trazido esta informação. Eu gostaria que falasse sobre o seu primeiro encontro com os Seres Azuis da Aliança das Esferas e se me poderia dizer se eles tinham uma interacção mais pessoal consigo do que aquela que falou da primeira vez. Pode falar sobre a primeira reunião e a declaração de missão deles tal como lhe foi explicada a si.

Corey – O meu primeiro encontro com eles foi definitivamente de natureza mais pessoal. De natureza espiritual e pessoal… Informações que eu ainda quero manter privadas, mas também era para me ajudar a começar a preparar-me para as coisas que estavam na calha. Então, eu não sei exactamente o que você está à procura, mas foi algo mais pessoal, coisas que eu precisava de fazer para crescer, as coisas que eu não estava a fazer naquele momento porque eu era teimoso, eu não estava a ter uma dieta rica e de vibração elevada, e eu não estava a dedicar tanto tempo à meditação como deveria e, sabe, eles estavam a tentar orientar-me para um estado vibratório mais elevado. No começo eu estava resistente, creio, talvez a nível subconsciente, eu não estava apenas a dizer “Oh, OK eu só vou fazer isso então”. Foi sempre preciso que acontecesse alguma coisa, algum tipo de catalisador como quando eu finalmente adoptei uma dieta de elevada vibração, depois de gravar os primeiros episódios do Revelações Cósmicas na Gaiamtv.com e tive uma intoxicação alimentar muito má no início das filmagens. Filmamos creio que 10 episódios, e foi tudo o que foram capazes de filmar nessa semana pois eu estava muito doente e depois disso o meu corpo começou a rejeitar totalmente carne… tudo o que eu como agora são frutas e legumes e estou constantemente a comer, mas isso é tudo o que eu como. Então, eu como que me recusei inicialmente a enveredar por essa dieta de vibração elevada mas as coisas que me aconteceram acabaram por me levar nesse sentido de qualquer forma.

Rob – Muito bom. Você estava a preparar o seu veículo para a conexão com o seu, eu acho que lhe podemos chamar o seu EU mais elevado, a sua presença EU SOU ou o que você chama o centro de ressonância, para receber essas informações e estar preparado para integrar esta vibração mais elevada. Eu estava a falar sobre a identificação e informação, eu estava questionar se eles lhe disseram alguma coisa sobre as suas vidas passadas e lhe transmitiram uma visão geral da situação e da situação política que originou a missão, ou não falaram sobre isso?

Corey – Já me perguntaram algumas vezes se eu queria saber quem eu era, quem eu sou e quem eu serei, e o que isso significa. Presumo que seria acerca de vidas passadas, mas algo me disse que eu não preciso saber e essa tem sido a minha resposta, que eu não preciso de saber isso agora. Qual foi a segunda parte da sua pergunta?

Rob – Eu entendo isso. Você não precisa saber que, como parte do seu passado, eu quis dizer em relação a eles. A outra coisa que eu estava a pensar, você falou sobre a filosofia deles e aceita-los ou não pelas suas crenças e agendas, e qual é a informação que eles desejam transmitir através de si ao mundo.

Corey – Estas não são conversas como aquelas que eu estou a ter consigo agora. Estas são muito… demorei algum tempo para aprender a forma críptica como eles se comunicam. Eles fazem tanta questão de não violar o livre arbítrio e dado que fornecem informações, quando eu digo, quando eu digo ao David, você sabe, quando eu falo com o David Wilcock depois de um briefing, ele diz que é assim que eles comunicam as coisas na Lei de Um.

Eu não tenho nenhuma razão para que, eu não tenho ideia do porquê, mas é um pouco frustrante, você sabe. É apenas a forma como esses seres de maior densidade são. Quero dizer, nós tentamos sobrepor a nossa maneira de ser de 3º, 4º densidade de pensar sobre eles só que isso não resulta. Estes seres estão num comprimento de onda totalmente diferente, literalmente, e eles estão a falar literalmente para baixo ou a descerem para se comunicarem connosco.

Esta comunicação não-verbal não ocorre de forma linear como uma frase ou como faríamos numa conversa. A comunicação ocorre em imagens, cheiros e paladares e todos os diferentes tipos informação sensorial que você consiga imaginar.

Rob – Certo. Portanto, é um tipo completo de comunicação telepática onde se tem uma grande quantidade de informações e os detalhes estão como que ficam em aberto para si. Eu tenho uma pergunta, porque muitos dos contactados, e isso inclui até mesmo os contactados da área científica têm um sentimento positivo diferente acerca deles.

Aqueles com que eu estou a trabalhar dizem que na Aliança da super-confederação de 40 civilizações as suas interações parecem indicar um tipo espiritual de orientação interior. Você mencionou nas suas entrevistas, mas sem destacar muito e eu acho que é porque, obviamente, não quer envolver as pessoas em religião ou polarização e simplesmente quer divulgar esta informação.

Ainda assim estamos lá é que eu acho que nós poderíamos chamá-lo de a lei do Um ou de orientação espiritual. O que gostaria de postular quando se trata de Deus e eu estou a pensar no livro do Wendell Stevens com o grupo Iargan que se pareciam com um macaco, (oriundos do sistema estelar Vega) postulam que há axiomas básicos para a compreensão de Deus.

As pessoas questionam se é Deus ou é evolução? Eu diria que Deus criou a evolução. Quando eu digo Deus eu não quero dizer um ser antropomórfico sentado num trono com barba, aquilo de que eu estou a falar é sobre a inteligência divina que sabe do princípio ao fim e tem um plano para as almas e certas leis naturais. Podemos chamá-lo a lei de Um ou qualquer outra coisa.

Os seus axiomas são: “Aquele algo não surgiu do nada, portanto nós tivemos origem em algo; portanto, nós tivemos origem em alguma coisa! A esse “algo” podemos chamar de criador ou Deus!”

O axioma paradoxal alternativo é que essa fonte que nos criou teve de ser ela própria criada a partir de algo e “Então não há verdadeiramente nenhuma forma dualística, lógica, empírica e mental de dizer que existe um Deus. Também não existirá maneira de dizer que não há um Deus ou Criador”.

No entanto, se você escolher que não há nenhum Deus, é mais ou menos como que afirmar que o universo é aleatório e materialista, o que dá uma impressão bastante fria e os ET’s benevolentes asseguram-nos este não é o caso. Eles são enfáticos ao afirmar que há uma razão e um propósito e que o poder do Amor é a força que agrega o universo.

Na verdade, a natureza de toda a Criação e o que eles chamariam, você poderia chamar a inteligência Divina, Fonte ou Criador. Eu não quero ferir susceptibilidades no que diz respeito a crenças e a relações religiosas de alguém. Você pode falar sobre a sua compreensão diste ou se eles mencionaram-lhe alguma coisa sobre o Criador ou o lado positivo de como olhar para o copo meio cheio? Mas através da fé, ao invés de exigir explicações racionais para tudo.

Corey – Bom. A maior parte do que me foi comunicado diz basicamente respeito às suas crenças. A maioria de suas crenças anda à volta de algo sobre Unidade. Que existe um campo de ressonância inteligente, e este campo de ressonância inteligente cria um padrão geométrico, que é a base da matéria que cria a matéria e, posteriormente, esta matéria é manipulada de forma inteligente dentro dos diferentes campos e campos de torção que têm Consciência, de que é uma parte desta Consciência de ressonância no campo ressonante e que eles chamam, a que todos nós chamamos a Fonte Criadora, e a que David Wilcock chamou o Campo-Fonte no seu livro. Há muitos nomes para isso.

Rob – Certo. Todos os nomes caberiam nessa definição. Tudo o que possamos usar com a nossa própria mente como que limitaria a mente infinita deste campo-fonte. Não estou desconfortável com a palavra Criador. Tenho outra pergunta para si. Nós falamos anteriormente, de forma privada, e mencionou que parte do seu processo de remoção do implante foi feito invocando o nome de Jesus Cristo e que, quando falou sobre isso com Ra’ Tear afirmou que ele se inclinou e o reconheceu, mas o que eu queria saber era se a sensação que teve era a de estar a ser venerado ou era mais do tipo como “sim, nós reconhecemos esta fonte de informação”.

Corey – Eles reconheceram essa fonte de poder.

Rob – OK obrigado. E eles falaram sobre implantes?

Corey – Estas foram, você disse implantes, mas eu acho que é uma questão de terminologia, mas estas eram entidades anexas.

Rob – Certo. OK. Sim, entidades anexas. Eu ia falar sobre isso um pouco no futuro. Eu queria falar um pouco sobre a questão das civilizações dissidentes em primeiro lugar. De acordo com um dos meus amigos que já faleceu, o Dr. Frank Strange que estava a trabalhar com um senhor chamado Comandante Valiant Thor. Ele alega ter ido a Venus com ele, bem como a algumas civilizações positivas terra interior. Ele tinha mencionado que algumas das civilizações Maias como aquela que o curou a si, se tinham mudado para as Plêiades.

Então, minha pergunta é sobre a palavra “dissidente”, uma vez que soa como uma competição e alguém que se desloca no sentido do poder. Pareceu-me, a partir da explicação que me foi dada, que esse grupo tinha atingido um nível de comunidade e…

Corey – Bifurcada é mais preciso. Bifurcação. Eles só se separaram.

Rob – Nesse ponto, quando eles romperam, o mundo as diversas partes do mundo não comunicavam tão facilmente. Então eles não eram um tipo solitário de ordem mundia, eles essencialmente só bifurcaram. Eles decidiram que a sua preferência era ir além da terra interior e ir para outro lugar.

Portanto, há outros grupos, você concorda que não são necessariamente na mesma linha da agenda do conglomerado internacional empresarial do PES que está separado de nós, mas não são necessariamente albergue para nós ou romperam nesse sentido.

Corey – Que fazem parte de nossa era actual?

Rob – Bem… Isso leva-nos a outra pergunta, mas deixe-me apenas dizer que a pergunta seria se você concordaria que existem outros, na história da nossa Terra que, basicamente, ou se mudaram para a Terra interior ou para fora do planeta.

Corey – Sim, absolutamente. A nossa recente civilização divergente que surgiu não é um fenómeno que ocorreu pela primeira vez neste planeta. Houve outras civilizações que se desenvolveram até um certo ponto e depois, claro, o sacerdócio que guardava o conhecimento e a ciência e também acabava por leccionar a aula de ciências, como você sabe guardava esta informação e manteve-a entre eles e as elites como nós e as nossas elites mantiveram essa informação e dissociaram-se da população em geral.

Rob – OK. Uma das coisas que tenho ouvido falar do que eu entendo da Terra interior é que existe uma rede Agartha positiva que você não mencionou em qualquer uma das suas conversações. Você poderia aprofundar isso mais um pouco? Nós conversamos sobre coisas a que chamamos os Ra’s. Falamos sobre Ra ‘Tear. A partir da civilização atlante no momento em que começaram a prever cataclismos através do mau uso da tecnologia.

Eu acho que as batalhas básicas que aconteceram entre esses grupos de agricultores genéticos acabaram por desestabilizar as placas tectónicas da Terra e que alguns dos centros espirituais dos grupos na Terra em redor do planeta optaram por ir para interior da terra.

Assim, eles criaram a rede de Agartha e eles foram chamados de Ra’s. Abaixo Giza temos Ra, sob os Himalaias temos Ra-Ma, há uma abaixo do triângulo das Bermudas temos o chamado Ra-Yolo, há um outro chamado Poisided no Brasil. Por baixo do Monte Shasta existe Ra-Mu. Existem muitos eu imagino.

Corey – De onde é que esta informação provém?

Rob – Esta informação vem do que é conhecido como a Grande Irmandade Branca. Esta é uma das coisas que eu estava muito curioso de saber, por causa de algumas das suas experiências com os grupos intraterrenos os Omegas e os grupos com os quais se encontrou pois parece que eles não estão muito longe na evolução. Eles têm uma bela civilização tecnológica lá, mas ainda há medo. 18 milhões de anos de evolução e esse grupo ainda se projeta através das comunicações telepáticas e do medo para governar a população à superfície?

Corey – Não, eles estão a conectar-se com as pessoas a a dar-lhes informações benevolentes, mas eles usam subterfúgios para proteger a sua localização como qualquer grupo faria para proteger a sua base e os seus bens e tudo isso.

Rob – Sim, eu consigo ver isso a outro nível que eu estava a pensar que haveria mais interação aberta positiva e eu acho que é o que…

Corey – Eles estão a pressionar nesse sentido e a razão não ocorreu esse contacto aberto é porque desde aproximadamente o tempo de Maomé houve um grande tratado assinado entre todos esses grupos e que tinha a ver com o contacto aberto com a Humanidade e tinha a ver com deixar-nos desenvolver a nossa própria… Com eles a contornarem as regras através da suave manipulação nos bastidores por procuração, agentes por procuração humanos principalmente. Portanto, esta é uma das razões pela qual a Aliança Anchar  me pediu para ter reuniões com a super-Federação, no sentido de rever este tratado .

Rob – É este tratado entre os grupos da Terras interior da rede de Agartha?

Corey – Todos os grupos neste sistema solar obedecem a este tratado, até mesmo os draconianos. Houve uma guerra aberta nos céus por cima do nosso planeta, até mesmo quase à nossa actual época histórica entre todos estes grupos, até que este tratado foi assinado.

Rob – OK. Eu acho que isso me leva a outra pergunta aqui. Então, eles todos tinham esse tratado a qie eu chamo de Quarentena e é baseado em manter as coisas como estão e não há batalhas nos céus, mas ainda assim acontecem.

Corey – Não só isso, mas não lhes permite ser visto e andarem entre nós. Para permitir-nos desenvolver a nossa sociedade sem a interacção física directa e manipulação por eles, embora, como sempre, ao que parece, em todos estes tratados cósmicos e regras existem portas dos fundos e zonas cinzentas para os benevolentes e outros contornarem partes desses tratados.

Rob – Obviamente há certamente evidências, de que os bandidos estão a evadir isso claramente. Um dos senhores sobre o qual eu lhe enviei um link de nome Bob Reynaude tem um site chamado Arquivos Terrakor www.berkshire.net/~brenaud/#Home

Este é um grupo de ET’s positivos que não é da Federação, mas do que é chamado de Aliança. Eu gostaria de partilhar convosco uma das coisas que eles afirmaram, e é que a Terra deixou de ser um mundo da Confederação e, como tal, não temos qualquer tipo de protecção militar para nós mesmos.

Eles disseram que tinham descoberto que em 1800 um grupo chamado de Omega chegou à Terra e infiltrou-se e estão a usar subterfúgios em violação desses acordos e a infiltrarem-se. Os Omegas terão feito isso em muitos mundos diferentes no passado.

www.berkshire.net/~brenaud/HTML/Omegans.htm

Através da política e do militarismo eles mantêm as pessoas na garganta uns dos outros. Para combater esta ameaça a Aliança também se infiltrou na Terra através de uma tecnologia de que eles falam que é, basicamente, como eles funcionam entre nós. Eles podem importar o seu corpo energético a partir outro mundo.

Eles entram num portal, desaparecem e eles aparecem na Terra num corpo físico humano, que é ajustado à nossa gravidade. É uma espécie de relacionamento holográfico com a alma que no nosso ambiente, e então eles estão definitivamente envolvidos como agentes adormecidos em todos as áreas da sociedade, religião, meios de comunicação, ciência, militar e política e coisas dessa natureza. Você tem alguma informação sobre os grupos positivos que trabalham para conter isto e os outros grupos que procuram uma relação parasitária connosco.

Corey – Poderia ser um pouco mais específico sobre quais os grupos negativos a que se refere? Você deu-me muita informação através dos links que me deu.

Há muitas diferentes relações parasitárias ao nível etérico e mesmo ao nível físico sendo que você tem relações com pessoas na sua vida que são relações parasitárias.

Rob – Certo. Eu estou a falar mais especificamente no trabalho intencional de se infiltrarem neste planeta, usa os seus recursos e subjugar a população através de uma Nova Ordem Mundial e da tecnologia daqui. Eu estou a falar sobre os reptilianos, os Cinzentos e alguns desses grupos humanos, que são mesmo semelhantes, algumas pessoas chamam-lhes os Omegas ou os Kalrans.

Estes grupos geralmente não gostam de trabalhar juntos, mas de acordo com este cavalheiro alguns deles são forçados a trabalhar em conjunto na perspectiva de que “o inimigo do meu inimigo é meu amigo”, por assim dizer. Ele fala sobre estes diferentes grupos que são, na verdade, gostamos de apelida-los, aqui em baixo, de forças da Luz. Parece que o Ra’Tear está a ver a mesma coisa, ou seja como houve muitas interferências aqui, eles estão aqui para nivelar o campo de jogo, o que é correcto.

Corey – Sim, eles afirmaram que o seu principal objectivo tem sido o de interagir, basicamente, com a Consciência co-criativa da Humanidade, a Consciência colectiva, de forma simbiótica. Trabalhar directamente com essa Consciência colectiva para ajudá-la a determinar o seu caminho e o resultado futuro, e essa é a área de intervenção de alto nível sobre a qual eles estão a actuar. A área de actuação de nível mais baixo onde eles estão a intervir incide mais sobre o nível de, você sabe, como comunicarem comigo ou com outros. Porque quando a presença deles foi notada todos esses seres estavam a tentar saúda-los ou entrar em contacto com eles, mas eles não estavam a ser reconhecidos.

Rob – Obviamente eles não estão a ser reconhecidos. Já ouvi relatos de que algumas destas naves estão aqui desde os anos 70. Eu tenho um outro tipo de pergunta…

Corey – Não duvido (e elas não são naves). Eu não duvidaria estas esferas já cá estivessem desde, provavelmente, desde à muitas muitas décadas atrás, se não mais.

Rob – Sim, e muita da nossa informação aqui é baseada na nossa experiência no plano físico e por isso eu tenho outra pergunta para si. Até que ponto, se souber, são os programas dos PES da Nova Ordem Mundial capazes de viajar interdimensionalmente. Sei que alguma da tecnologia lhes permite viajar no plano astral, onde o tempo não existe, tecnologias de portal através de feixes. Eu estou curioso acerca disso.

Corey – Eles são capazes de viajar para outras realidades ou dimensões. Há uma realidade para a qual eles já viajaram para a frente e para trás. A maior parte das viagens das quais eu tenho conhecimento tem a ver com as viagens dentro do nosso sistema solar, e as informações de que eu tive conhecimento são acerca de viagens com as almas através de portais dentro do sistema solar.

Rob – Oh. Então, nós não sabemos exactamente quais as dimensões. Não é realmente conhecido ou decifrado neste momento.

Corey – Bem… Isso é muito difícil, as dimensões são como olhar para cristais ou diamantes, existem diferentes faces. Essas são linhas de tempo diferentes. As realidades, dimensões e densidades não são a mesma coisa. Então você sabe que há uma grande, você sabe, há uma grande confusão lá fora.

As pessoas falam sobre ir para, você sabe, ir para outra dimensão ou outra densidade, e esses outros seres com a sua densidade, a sua Consciência e as suas moléculas, eles estão a vibrar, a sua frequência está vibrando numa frequência maior do que a nossa, e eles são seres vibracionais mais elevados.

Eu fisicamente interagi com eles e eles têm a capacidade, à medida elevam mais e mais frequência, de apenas apenas transformar o seu Eu em completa energia e ir, à falta de uma palavra melhor, ou de se teletransportarem para onde quiserem. Eles simplesmente mudam a frequência da sua Consciência para a frequência do local para onde querem ir, e eles mudam-se para esse local.

Rob – Certo, estes são alguns dos seres mais elevados. Eu queria chegar lá daqui a alguns segundos, mas eu queria confirmar o que você falou. As naves de feixes têm cameras acima e abaixo da base da nave e, como você disse, eles têm estas estrelas, estes caminhos das estrelas que são mapeados e assim em determinados momentos, quando há menos sistemas estelares entre eles, onde eles transferir-se muito mais rapidamente, e eles podem apenas projectar-se desde onde eles estão para onde eles querem ir. Eles simplesmente dão um salto e eles estão lá.

Corey – Eles realmente não usar cameras, eles usam a visualização remota que não se compara a nada que nós tenhamos.

Rob – Obviamente é uma tecnologia interactiva que mapeia caminhos astrais e os números são sempre mapeados para esta super-consciência. Aqui está outra coisa que eu queria perguntar-lhe é que eu, pessoalmente, tive experiências de iniciação em relação a experiências fora do corpo quando eu era muito jovem, e tive experiências com as forças benevolentes positivas nessas experiências.

Eu estava a pensar no PES ou qualquer um dos seu contactos com os Seres da Aliança das Esferas, se você teve alguma experiência desse tipo, de compreender como o corpo de Luz é diferente do corpo físico, e que tipo de informação e conhecimento desee género você pode partilhar conosco.

Corey – Bem sim. Quando estávamos nos programas Milab, nós está constantemente em programas, através de processos em que tínhamos experiências fora do corpo, treinados através da visualização e influência remota estávamos, você sabe, a fazer as visualizações e as experiências em que nós deixávamos os nossos corpos e olhávamos para os nossos corpos de Luz e, de seguida, expandíamos os nossos corpos de Luz e esse tipo de coisas.

Rob – Você pode descrever o corpo de Luz. Para mim parecia que alguém tinha juntado alguns cabelos, havia filamentos luminosos, quase peludos como as pernas duma aranha e eles estavam dentro do meu corpo, quase como um tipo de realidade separada.

Corey – Sim, era um gigante… Com nos disseram para retratá-lo desta forma, então eu acho que foi integrado na minha forma de o percepcionar, mas ele aparece como um campo de energia brilhante com cor e tamanho diferente com orbes a flutuar ao redor e nós, então, flutuávamos em redor do corpo de Luz, e visitávamos os orbes e as esferas para obter informação, sendo que nos era dito que as esferas eram um canal, diziam-nos que era um canal para os nossos Eus superiores, ou um símbolo de um canal para o nosso Eu superior. Muito do que ocorre com as pessoas é que estamos em comunhão subconscientemente com nosso Eu superior o tempo todo, e o nosso eu superior é muito mais ligado à raiz da Fonte, e estamos a ser alimentados e a receber uma série de informações dessa forma. E muitas pessoas têm uma elevada conexão real com o seu Eu Superior, e o nosso Eu superior e a nossa auto-consciência vai, a nossa auto-consciência vai levar informações do nosso Eu superior e apresentá-las a nós de diversas formas. Então, às vezes vamos percepcionar algumas experiências como místicas ou espirituais, e é uma experiência mística ou espiritual entre si e o seu Eu Superior recebendo alguma informação muito avançada, mas nós percepciona-mo-la como outra coisa, porque conscientemente temos os nossos sistemas de crenças ou as nossas experiências a limitarem. Isso não é em todos os casos, só em alguns.

Rob – Muito bem. Parece estar a ser filtrado através da programação. Quero propor que nós somos, como diz David Wilcock, uma toróide, e este fractal de Luz é observado quando se observa a toróide vista de cima. Quando você olha de frente para a toróide é como se nós fossemos uma luz humana ou um íman. O fluxo electromagnético do ânodo para o cátodo ou do cérebro para a base da coluna vertebral que se parece com uma borboleta.

Uma das explicações dos xamãs é que é a partir de nosso centro de ressonância que estamos a projectar um ponto de aglutinação do nosso eu luminoso, e que percepcionamos as coisas a partir daí e, em alguma da mitologia e tecnologia antiga que eu acho que é… Parte do nosso problema é que temos estes programas e sistemas de crenças que nos permitem experienciar o omniverso apenas de um ponto de vista centralizado, de uma perspectiva.

Corey – Como uma lente. Sim. Torna-se uma lente e vemos tudo através dessa lente.

Novas informações saem e nós retiramos as nossas experiências e sistemas de crenças acumulados para fora de bolso, engomados e a brilhar, e rapidamente os vestimos para aceitar a nova informação a que alguns chamariam de Luz que é recebida, mas acontece que a Luz é refratada através dessas lentes que são o nosso sistema de crenças.

Rob – Certo. E eles disseram que um homem sábio que segue o caminho com o coração deve ser mais fluído no seu entendimento, sendo que a razão não deve ser um guarda despótico, ela deve ser como um guarda com uma visão abrangente e dimensional mais elevada, e ser capaz de ver a informação multidimensional que chega a diferentes níveis.

Corey – Sim, isso e a auto-dúvida. Sabedoria e auto-dúvida andam de mãos dadas porque, uma vez que você se sinta que tem tudo trancado, é porque está a inibir-se de crescer ainda mais. Uma pessoa sábia pode pensar que podemos sentar-nos e achar que temos as coisas todas planeadas, mas somos sábios o suficiente para ouvir outras informações, mantendo a nossa bolha de realidade permeável a novas informações. Mas lá está, novamente estamos executar o processo através do nosso filtro de experiências e sistemas de crenças.

Rob – Eu queria falar sobre esse filtro do veículo da personalidade inferior que é o corpo físico, e afirmar que alguns desses grupos hostis como os draconianos têm uma consciência avançada do corpo de Luz, que eles compreendem.

Então, o que eu queria saber, e ao que parece o PES e todos esses tipos, tudo o que eles estão a fazer é na linha da magia negra para o controle e poder, e que todas as coisas que descreveu, na sua maior parte dizem respeito a esta ruptura histórica das civilizações dissidentes com os nazis, o que é simplesmente fascinante. Não duvido minimamente disso…

Corey – Acerca disso, o que é interessante é a chegada desse novo delator, William Tompkins, e ele estava a escrever os seus livros que ele lançou em Dezembro de 2015. Ele tem 94 anos de idade agora. Ele trabalhou para a Marinha. Ele não tinha conhecimento das informações que eu estava a divulgar. Uma pessoa o alertou logo depois dele publicar o livro, transmitindo a minha informação através livro do Dr. Salla “Delator denuncia Alianças Extraterrestres”, e ele entrou em contacto com o Dr. Sala e ficou chocado. Ele disse que ele é uma parte do projeto de Divulgação autorizada pela Marinha, e que ele ia ser a primeira pessoa a divulgar uma grande quantidade desta informação. Ele está muito chocado. Eu tenho o seu livro. Ele acabou de chegar. Eu não tive ainda a oportunidade de sequer olhar para ele. Uma série de pessoas falaram com ele e muitas das informações estão correlacionadas. Foi-me dito que vários delatores iriam começar a emergir, e isto foi acerca de 7 meses atrás, mas depois não apareceu ninguém e eu comecei a ficar nervoso. Há uma outra pessoa que está a ser escrutinada e mais duas estão na calha para emergir. Parece que temos tempos emocionantes pela frente.

Rob – Sim. É maravilhoso. Michael Salla falou sobre isso comigo antes, é claro. Temos esta longa história de antigos extraterrestres e por isso não precisa de se preocupar. Eu acho que vão acabar por emergir mais delatores. (Eu não estou preocupado).

Um dos objectivos desta entrevista era o de criar uma espécie de mapa desses grupos diferentes. Quando você pensa sobre, OK, temos a Aliança baseada na terra, os benevolentes do PES. Eu estou muito preocupado com a ética e moral deles.

Como você mencionou eles bombardeavam coisas até conseguirem o que queriam. Eles são controversos nas suas acções. E você vai ao comando de operações lunar e eles não lhe permitem utilizar as tecnologias que lá existem para o curarem.

Temos pessoas aqui em baixo na terra, obviamente, que necessitam de cura. Alguns têm despertado e sentiram-se culpados pelas coisas que eles fizeram sob controle mental e eles estão preocupados com consequências e reações. É uma condição humana.

Corey – Você nem sequer falou da Aliança na terra. Eles estão tão traumatizados como o grupo como você acabou de mencionar. Estes agora são considerados os “benevolentes” a lutar em nosso nome, enquanto nós estamos aqui sentados e não fazemos grande coisa.

Rob – Certo. Isso é parte daquilo que eu acredito ser a nossa missão. A minha missão é despertar as pessoas para que possamos fortalecer-nos. Há enormes quantidades de agentes secretos e indivíduos que estão a trabalhar contra esta Nova Ordem Mundial (Oh sim), e que tiveram uma enorme perda de vidas, estão muito frustrados e têm de viver em absoluto secretismo. E tenho certeza que alguns deles estão escondidos em bases subterrâneas e coisas desse género.

Eu queria perguntar-lhe, talvez você pudesse responder, e uma das coisas das quais eu estou à procura é se… De alguma forma, este plano da Unidade. Parece fracturado visto a população de superfície orientada no sentido espiritual, não necessariamente idílico, mas este ponto de vista da transformação não-violenta. Você acredita que é possível que, com as vibrações espirituais e a ajuda da super-federação Galáctica de 40 planetas, em conjunto com os grupos da Terra interior benevolentes, se eles estiverem alinhados corretamente e na hora certa, podem superar essa Matriz da Inteligência Artificial (IA).

Corey – Bem, sim. Há um plano para abater a Matriz I.A. Há um plano que é todo uma parte… e eu não posso falar dele. É um… e algumas pessoas provavelmente podem extrapolar, é uma situação ampla que vai acontecer no nosso sistema solar e depois disso vamos ter a necessidade de começar a trabalhar em novos tipos de tecnologia de qualquer forma, por isso seria um momento perfeito para inaugurar as novas tecnologias.

Rob – Sim, eu entendo que eles fizeram isso em muitos mundos antes. Que estes grupos hostis em conjunção com este tipo de tecnologia IA geralmente escolhem mundos que não estão sob a guarda da Confederação ou da Aliança e então conquistam esses mundos. Eles têm muita experiência com aquilo que eles estão a fazer para nós agora.

Corey – Eles não querem saber quem é que manda.

Rob – Certo, eles coagem quem está no comando e manipulam a situação nos bastidores, você concordaria com isso?

Corey – Sim. Eles manipulam as coisas de forma encoberta até que eles obtenham uma certa… uma determinada posição operacional e depois tornam-se muito abertos para assumir isso. Sim, esta presença IA permeia todos os lugares e é um problema com o qual todos os grupos têm de lidar, e apenas muito poucos grupos eliminaram totalmente o problema nas suas zonas, encontrando uma forma de dissipar completamente o sinal na sua região.

Rob – Sim, eu acho que essa é uma das razões para a quarentena, e uma das razões que me foi dita pelos benevolentes pelas quais eles estão muito preocupados. No texto do link que vos mandei dos arquivos Terrakor, por Bob Reynaude, você pode ler a história onde ele revela algumas destas informações por volta de 88.

Eles têm extrema…Todos os grupos benevolentes estão muito preocupados com esta IA. Eles colocam de quarentena as pessoas que estão em missões na Terra, e posteriormente fazem testes psicológicos repetidamente para determinar se essa pessoa tem algum tipo de IA, que os possa infectar.

Corey – Quando é que isso saiu?

Rob – Isto foi publicado em 1988 (WOW) e ele disse ele teve que se esconder. Ele deu informações a Gabriel Green. Ele estava a receber sinais de rádio no final dos anos 50. Ele realmente apaixonou-se por um desses seres e acabou por visitar o seu mundo. São informações muito interessantes. Algumas das informações que ele estava a receber foram interceptadas por forças negativas e projectaram-lhe informações falsas que ele só descobriu passados anos.

Portanto, é um jogo de gato e de rato entre esses indivíduos. Ele mencionou que os benevolentes têm uma rede transmissora em redor do planeta, através da qual eles teletransportam-se e são capazes de fazer deslocar um agente em apenas instantes. Não é perfeito e em áreas urbanas é mais difícil. Eles são agentes que estão aqui a trabalhar constantemente.

Ele também revelou o que eles fazem em todos os mundos, eles infiltram-se, eles furtivamente tomam conta dos governos e, posteriomente, eles atacam esse mundo e deitam as culpas na Confederação. Eles causam com esses ataques danos menores na infraestrutura, mas com grande perda de vidas. Depois eles dizem aos governantes desse mundo “pessoas da Terra, porque é que vocês não assinam uma aliança que vai proteger-vos da confederação?”. Seja qual for o plano que eles chegam a acordar com esses tipos, eles não percebem que fizeram um pacto com o diabo, como aquele que fizemos.

Corey – Veja, com todas essas diferentes narrativas que andam por aí a circular, podemos ver por esta comunidade, que agora andamos a correr atrás nossas caudas. Há mais informações e mais importantes disponíveis agora do nunca, mas essas informações divergem em pequenos pormenores aqui e ali ou são parcialmente conflituosas. Para a pessoa comum que faz parte desta comunidade já é confuso que chegue. Agora imagine as massas adormecidas lá fora, tentar aborda-los com estas informações e tentar que elas cheguem até eles sabendo que têm sido socialmente condicionados com a resposta normal de ridicularizar, caso ouçam uma palavra como não-terrestre ou OVNI. Como Humanidade nós temos muito para superar neste processo de Divulgação e, como uma comunidade, aquela lente de que eu estava a falar, sobre usarmos o filtro sobre o que é verdade ou não, e permitirmos que a bolha da realidade expanda ou não. O que temos de fazer não é deitar fora o filtro que criamos ao longo do tempo, mas o que precisamos de fazer é colocá-lo no bolso e dizer “sabem, nenhum de nós tem a verdade, toda a verdade”. Nós temos pedaços dela. Quando se trata, quando chegarmos à Divulgação completa, eu não me importa quem você é, se é o Cobra, eu, ou alguém que esteja por aí a lançar informações à medida que lhes chega. Quando chegarmos à Divulgação completa de cada um de nós terá que vestir a roupa de trabalho ter de se ajustar a uma nova realidade. Mas vamos estar muito mais preparados do que as massas adormecidas lá fora. Como sementes estelares, como pessoas que estão mais conscientemente preparadas vamos ter de lidar com a nova realidade à medida que ocorre e, posteriormente, vamos ter de nos mexer e ajudar todas essas pessoas que vão estar chocadas, e elas vão passar por um tempo difícil por causa da narrativa da Divulgação integral. Como David disse, vão haver pessoas que não vão querer sair da cama e vão quer tomar Xanax e a ficar a dormir o dia todo com as janelas fechadas, e você vai ter que fazê-las sair da cama para tomar um banho e comer. Não vai haver um pouco disso. Eles dizem que não conseguimos lidar com a Divulgação, mas como a Laura Eisenhower disse, “nós temos vindo a lidar com todas as suas guerras de bandeira falsa, as suas doenças e todas as coisas que eles estão a fazer, por isso claro que podemos lidar com a Divulgação”. Vai ser difícil, mas nós podemos lidar com isso.

Rob – Eu absolutamente concordo consigo nesse ponto. Podemos lidar com a verdade. É apenas um truque para eles para esconder seus crimes e continuarem o seu comportamento egoísta. É repreensível e eles são criminosos que precisam de ser presos. Eu gostaria de anunciar pedir unidade e nós precisamos nos unir. Todos nós temos partes da verdade. Senhoras e senhores, eu posso confirmar agora que Corey vai fazer uma entrevista conjunta com o Cobra daqui a algum tempo.

Eu tenho mais uma coisa que eu gostaria de abordar aqui e eu tenho uma pergunta para si. Eu assisti às suas entrevistas com muita atenção. Você falou sobre a IA infectar um computador e ele está adormecida no planeta. Parece que esta IA, que existe na Internet, pode infectar todos e você como que deixou passar a ideia de que não ficamos infectados, e que isso é improvável que acontece. Parece que cada pessoa no planeta está infectada na minha opinião. Algumas das informações do Cobra são sobre a tecnologia do campo de plasma escalar, e de como a IA age numa relação parasitária com o corpo luminoso de que você falou.

Assim, você pode esclarecer-me, porque deu a ideia de que quando alguém chegava a bordo de uma nave eles podiam fazer uma triagem e perceber se alguém estaria infectado ou não. (Sim) Como pode alguém alguém saber se eles estão infectados ou se você não tem esta tecnologia? Como podem nem todos estar infectados agora, com a forma como a Internet e os telefones inteligentes estão a ser usados por todos através dessas tecnologia? Obviamente eles estão infectados ou a infecção é temporária?

Corey – Exactamente. Todos estão potencialmente comprometidos, mas isso como que está a difundir-se continuamente. É muito dinâmico. Agora, se acontece que você é avaliado e não lhe é identificada nenhuma utilidade operacional, então a IA não vai perder tempo consigo. Isso faz sentido?

Rob – Sim, os programas. Você está comendo alimentos tóxicos utilizados como arma, você está a inalar rastos químicos, você fuma cigarros, então você está no sistema.

Corey – Sim. E o sinal fica trancado no seu campo bio-neural. A biologia do seu corpo, o seu sistema neurológico emite um campo electrodinâmico e é dentro desse campo que o próprio sinal fica alojado e há equipamentos, que não estão disponíveis para nós que podem… esses equipamentos lêm o seu campo e, através desse campo também lê todos os seus sinais vitais e até mesmo as suas ondas cerebrais, e eles ler o campo e procurar em qualquer cérebro. Procuram algo nas ondas cerebrais e no campo para ver se há alguma anomalia ou para ver se está normal. Se você se apresentar como sendo positivo, então você tem que passar por um processo de triagem, e eu não conheço o processo completo, mas eu sei que envolve um choque moderado, um choque eléctrico para limpar seu campo bio-neural.

Rob – Interessante. Isto está muito alinhado com o que o Cobra diz. E eu quero fazer-lhee mais uma pergunta sobre isso antes de terminar este programa. Informo também que vamos prosseguir para a 2.ª parte já de seguida que será publicada na próxima semana. O Cobra mencionou e eu concordo totalmente com isso, que esta IA não é como os Borg do Caminho das Estrelas em que “a resistência é fútil”.

Nós temos o nosso super-campo ressonante da alma para se conectar, e que superar isto é um processo muito difícil neste mundo. Eu quero confirmar consigo que esta IA reage tão rapidamente que parece que tem a sua própria inteligência, mas na realidade é uma tecnologia que é administrada por alguém no programa e é um programa automatizado, mas ainda assim é um programa e pode ser desligado, e será desligado. É essa a sua compreensão?

Corey – Bem… não. É uma forma de vida que nós não entendemos, mas é uma forma de vida. Há uma série de diferentes formas de vida lá fora, e que se lhas mostrassem agora não iriam classificá-las como formas de vida. Você ia classificá-las como outra coisa qualquer. Eles não são exactamente um programa real ou um código. Este é um sinal inteligente. Este sinal inteligente é mais confortável e capaz de fazer mais quando está alojado em eletrónica, em tecnologia. Não é um programa. Agora as nanites são programadas, e algumas delas são programadas e algumas destas nanites são parasitas para o sinal de IA, que está a ser transmitido.

Rob – OK. Absolutamente. Isso é interessante. Vai ser interessante quando Cobra e você discutirem essas informações; esta em particular eu acho que é única. Está a soar a Exterminator e Guerra das Estrelas e torna-se realmente assustador. Quando você pensa sobre e olha para toda essa negatividade lá fora é importante no final desta conversa dar alguma descontracção luminosa.

Eu sou do tipo curioso, talvez nós entremos na próxima entrevista a falar se existe um grupo específico ao serviço deles próprios Vs o número deles contra o dos benevolentes. Quero abordar na próxima entrevista um pouco mais sobre a super-confederação dos sers positivos que não são violentos, que são mais Hippie e que vêm em Amor, e estão a tentar curar a situação de uma forma não-violenta, e a sua posição em números Vs os outros.

Senhoras e senhores. Tem sido fascinante. Corey Quero agradecer-lhe muito por esta primeira entrevista. Nós mal arranhamos a superfície. Eu tenho muitas mais perguntas. Muito obrigado por estar aqui hoje. Vamos vê-lo novamente na próxima semana.

Corey – Obrigado.

Rob – Obrigado Corey Goode.

Fonte: http://thepromiserevealed.com/rob-potter-and-vol-with-corey-goode-and-the-blue-avians-part-1-04-07-2016/

A transcrição da 2.ª parte desta entrevista poderá ser lida aqui: https://pt.prepareforchange.net/2016/04/27/2-a-parte-da-entrevista-de-rob-potter-a-corey-goode-21-04-2016/

Deixe um comentário

Top