Guerra no espaço e o conhecimento do Vaticano sobre a presença extraterrestre revelados nos e-mails Podesta

alien-face

Os Extraterrestres querem ajudar a Humanidade mas temem as nossas tendências violentas, de acordo com uma troca de e-mail revelada pelo Wikileaks. Os emails enviados pelo astronauta Edgar Mitchell para John Podesta [director de campanha de Hillary Clinton] citam uma suposta guerra espacial e conhecimento da vida alienígena por parte do Vaticano.

giphy

“Porque a guerra na corrida espacial está a aquecer, eu senti que você deveria estar ciente de vários factores, no sentido de você e eu agendarmos a nossa conversa por Skype”. Mitchell, que morreu em Fevereiro, diz a Podesta nos emails de 2015, antes de mencionar uma civilização “não-violenta” que deseja partilhar com a Humanidade a “energia do ponto zero”.

Podesta servia na altura como conselheiro do Presidente Barack Obama durante a troca de emails, antes de deixar o cargo para se tornar director da campanha presidencial de Hillary Clinton. Esses e-mails surgiram antes do segundo lote de e-mails Podesta ser divulgado na segunda-feira pelo Wikileaks.

Photo published for WikiLeaks releases 2nd batch of 2,000+ emails from Clinton campaign chair — RT America
O WikiLeaks revela um segundo lote de mais de 2.000 e-mails do director de campanha de Clinton. A WikiLeaks lançou um segundo lote de e-mails do presidente campanha presidencial de Hillary Clinton John Podesta. A nova versão apresenta 2.086 e-mails saqueados de um tesouro – RT América.

Terri Mansfield, que se descreve on-line como “o director da força para as Informações Extraterrestres e para a Paz [Extraterrestrial Intelligence (ETI) Task Force]” também é mencionado num dos e-mails de Mitchell.

Referido como o “amigo católico” de Mitchell, sobre Mansfield também é dito que estaria presente no encontro com Podesta “para os pôr a par sobre o conhecimento da ETI pelo Vaticano”.

No seu site, Mansfield descreve as ETIs como sendo “a mais elevada forma de inteligência a trabalhar directamente com Deus”.

Mitchell, que refere na sua assinatura de e-mail que ele foi o “6ª homem a andar na Lua”, adverte Podesta de que a “ETI não-violenta” está a ajudar a partilhar sistemas de energia de ponto zero com a Terra, mas não vai “tolerar qualquer forma de violência militar na Terra ou no espaço”.

A Energia de ponto zero [Zero Point Energy – ZPE] foi estudada na física quântica, e é descrita como a energia do vácuo, utilizando a energia que existe em moléculas mesmo a temperaturas próximas a zero absoluto. Se aproveitada poderia, teoricamente, permitir que uma nave espacial tripulada viajasse até Marte em dias em vez de anos, de acordo com um estudo.

Deixe um comentário

Top