Operação Mjolnir ~ Cobra ~ 16.01.2018

A operação Mjolnir é uma operação especial das Forças da Luz para impor a implementação do Código Galáctico dentro da quarentena na Terra.

A Mjolnir, também chamada de “Martelo de Thor” (comparar Norse: Thor, Roman: Iuppiter, grego: Zeus, egípcio: Wsir, antigo Atlante: Astar), é uma tecnologia especial não revelada da Confederação Galáctica que irá garantir que o Código Galáctico seja novamente respeitado no setor da quarentena da Terra:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Mj%C3%B6lnir

Um aspeto da tecnologia de Mjolnir é a deteção de qualquer ser negativo simplesmente medindo a quantidade de anomalia quântica que emana com pensamentos, emoções e ações negativas. Outro aspeto da tecnologia Mjolnir é uma tecnologia de contenção e processamento implacável que pode remover qualquer ser negativo do seu domínio e processá-lo de acordo com o Codex Galáctico. Esse processamento geralmente ocorre em instalações de

Ganimedes. Nota do autor deste site: Ganimedes é o único local do sistema solar que nunca foi conquistado pelas trevas: sempre ancorou a Luz.

A operação Mjolnir está em vigor desde Novembro de 2017.

No espaço sublunar, as Forças de Luz que pertencem à Confederação Galáctica estão a abordar todos os membros das várias facções sombrias de uma maneira não absurda, dando-lhes uma opção para aceitarem a Luz ou então serem levados para o Centro Galáctico para reestruturação:

https://www.youtube.com/watch?v=wpqPECXn3jM

A facção principal que tem causado problemas recentemente, é o chamado Complexo Separatista Illuminati (CSI). O CSI é uma fação negativa controlada pelo quimera que se separou da superfície da rede Illuminati e foi para a rede subterrânea durante a invasão arconte em 1996. Eles criaram a sua própria rede de cidades subterrâneas, conectadas com comboios (trens) de alta velocidade. A sua rede subterrânea é independente da rede subterrânea militar dos EUA (construída desde a década de 1950 e destrancada pela Resistência depois de 2000), independente da rede de metro do quimera (construída há 26 mil anos e agora quase totalmente limpa pela Resistência) e independente da rede subterrânea de Agartha ( criado há 26.000 anos e expandido nas últimas décadas, quando a Resistência se juntou a essa rede):

https://drive.google.com/file/d/1vVoUOqnBtN79gL3tdiBKAQ0N5_KP42SB/view?usp=sharing<

Abaixo da superfície, o Complexo Separatista Illuminati associou-se aos draconianos e reptilianos nativos da Terra e também aos draconianos e reptilianos que entraram neste Sistema Solar no período 1996-1999 durante a última invasão arconte. Em 2014, o grupo quimera tomou o controlo das hierarquias superiores do Complexo Separatista Illuminati. Desde 1996, a CSI estava a desenvolver o seu próprio programa espacial secreto que cooperava tanto com a frota draconiana quanto com a chamada frota negra. Agora, este programa espacial secreto com uma frota significativa de naves camufladas é a fação negativa mais poderosa presente no espaço sublunar, e é o foco principal da Operação Mjolnir.

Actualmente, o Complexo Separatista Illuminati é composto por cerca de 200.000 Illuminati e draconianos controlados pela quimera. O CSI é responsável pela maioria das crianças desaparecidas desde 2015 e eles usaram-nos como escravos nas suas bases subterrâneas:

https://www.icmec.org/press/activities-in-more-than-29-countries-around-the-globe-will-remember-missing-children-on-may-25/

As informações sobre o CSI não poderiam ser divulgadas até agora porque eles retaliariam criando uma quantidade incalculável de sofrimento sobre aqueles que estavam cativos. Uma parte da Operação Mjolnir teve a ver com a libertação, pela Resistência, da grande maioria desses cativos desde o início de Janeiro de 2018, sendo que depois os Pleiadianos levaram-os para um certo planeta perto do sistema estelar das Plêiades, para recuperação e cura.

O Complexo Separatista Illuminati também é responsável por uma grande quantidade de ataques de armas escalares e dirigidas contra os Trabalhadores e Guerreiros da Luz, em particular a atual onda de ataques que começou em Novembro de 2017.

O Complexo Separatista Illuminati também está conectado a cerca de 1 milhão de reptilianos nativos que vivem na superfície, em particular em África e na América Latina, mas também noutros continentes e são conhecidos como vampiros:

https://onvampires.wordpress.com/who-am-i/<

http://qvrc.blogspot.com/<

Outros programas espaciais secretos também tendem a gravitar mais perto da Terra, na Órbita Baixa da Terra, e a limpeza dos mesmos é responsável pelos efeitos mais visíveis da actual guerra espacial:

http://siberiantimes.com/other/others/news/stunning-bright-light-turned-night-to-day-over-vast-swathe-of-russia/

https://www.rt.com/usa/415833-hawaii-ballistic-missile-alert/

https://solarismodalis.com/solaris-modalis-commentary-photographs-taken-during-hawaii-missile-incident/

O míssil do Havaí foi uma arma dos programas espaciais secretos dirigida ao Havaí e que foi removida pela Confederação Galáctica antes de entrar na atmosfera.

O satélite misterioso Zuma (EUA 280) foi lançado com sucesso em órbita e está envolvido na actual guerra espacial. Até recentemente era possível rastrear a posição deste satélite aqui:

http://www.n2yo.com/satellite/?s=43098

Outro satélite, o NROL-47, também está envolvido na actual guerra espacial na órbita baixa da Terra:

https://www.nasaspaceflight.com/2018/01/ula-delta-iv-nrol-47-launch-vandenberg/

Este satélite foi ou não foi desenvolvido por uma fação positiva no NRO controlado pelo quimera:

https://pt.wikipedia.org/wiki/National_Reconnaissance_Office

A NRO é uma das principais organizações com o objetivo principal de manter o estado da Terra em quarentena e monitorizar constantemente qualquer possível envolvimento da Confederação Galácticacom o domínio da Terra em quarentena.

A insígnia da missão para NROL-47 é Mali Nunquam Praevalebunt, que traduzido do latim significa “o mal nunca ganha” ou que “os sombrios nunca prevalecem”.

A imagem no remendo descreve São Jorge matando o dragão que exigia sacrifícios humanos:

https://en.wikipedia.org/wiki/Saint_George_and_the_Dragon<

Colocando isso na linguagem moderna, significa a vitória das espécies humanóides positivas sobre  as espécies predadoras draconianas nesta última fase das guerras galácticas.

Vamos terminar esta actualização com um vídeo da Operação Mjolnir que pode ser interessante para muitos:

Vitória da Luz!

Fonte: http://2012portal.blogspot.com/2018/01/operation-mjolnir.html

Deixe um comentário