arcanjo miguel

À medida que nos aproximamos da Mudança ~ Alguns bons conselhos do Arcanjo Miguel

Aviso: este artigo inclui material canalizado e é aconselhável discernimento por parte do leitor.

Neste momento, acredito que a maioria das pessoas que seguiram vários blogs a informar sobre este tempo de transição em Gaia, terá a clareza sobre o que aqui  no Preparem-se para a Mudança chamamos o Evento. Se fez o seu trabalho de casa então saberá, sem sombra de dúvidas, que este chamado “Evento” inclui uma infinidade de mudanças e, de facto, mudanças para todos de forma física, emocional, mental e espiritual.

Eu acredito que as pessoas que seguem a história da remoção do poder que está nas mãos dos nossos captores/controladores, geralmente chamados de cabala, também estão conscientes de que todos estamos a mudar desde interiormente. Estamos todos a ser preparados desde o nosso interior há já algum tempo em Gaia, e é muito mais do que o fim da pobreza, da guerra e da corrupção. O Cobra explicou há muito tempo no seu blog que a época do Evento seria o verdadeiro começo do período da Ascensão em Gaia.

Tornamos muito claro agora o poder das meditações globais para mudarmos as coisas. Estamos finalmente conscientes do poder que temos, como verdadeiros seres divinos e soberanos para impactarmos a transformação a todos os níveis. Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades. Agora estamos no processo de limpeza com as Mães Divinas. Estamos a ser levados a um ponto no nosso desenvolvimento onde absolutamente sabemos, sem sombra de dúvida, que qualquer coisa que NÃO é do Amor não nos vai levar a lugar algum. Toda a nossa antiga programação, formas de Ser de resíduos traumáticos antigos, formas de ser que nos têm dado uma sensção de controlo na nossa vida, tudo isso está a deixar-nos rapidamente. O que resta é – a nossa verdade de quem somos verdadeiramente – a nossa vulnerabilidade – uma sensação crescente de não termos qualquer necessidade de SER, em qualquer situação, nada que seja além do nosso EU – o nosso verdadeiro EU.

Renda-se e deixe-se levar pelo Universo…

Como Maria Madalena mencionou recentemente, é hora de purgar qualquer sentimento em qualquer chacra que não seja um sentimento de Paz e de calma. Isso pode ser feito facilmente ao solicitar o apoio desses Seres Espirituais, Arcanjos, dos quais se sente mais próximo. A cura causará cansaço – permita isso. É hora de realmente soltar qualquer coisa que não nos sirva.

Muitos de nós sentiram esse lugar de vazio interno e uma preocupação com o porquê mas, no entanto, ficou claro para nós que esse espaço vazio é exactamente onde a Mãe/Deusa quer que estejamos e preenchamos esse espaço com a Luz. Sempre que estejamos com qualquer preocupação com a nossa vida diária, seja pessoal ou sobre os outros e sobre o que eles estão a passar, seja dentro do nosso círculo fechado de familiares ou amigos ou globalmente, faça uma pausa, faça algumas respirações relaxantes e Conecte-se à Luz acima e abaixo, assim como fazemos nas nossas meditações e deixe essa Luz cuidar dessas preocupações.

O que nos espera depois do Evento? Qual é a nossa paixão na vida? Em que tipo de projecto gostaríamos de estar envolvidos? Talvez seja hora de clarificar isso? Todo o meu foco nos últimos 5 a 7 anos tem sido o de espalhar a Verdade como eu a sinto/conheço, tanto quanto possível, para que este momento de transição seja mais fácil, mais facilmente assimilado. Não é claro para mim o que está à minha frente após a transição. Estou a pedir orientação sobre isso e, como acredito que recebemos o que pedimos, não tenho dúvidas de que essa orientação virá quando for hora de nos concentrarmos nisso.

Recentemente, no programa de rádio Na Luz, “Uma Hora com um Anjo” [In-Light ‘An Hour with an Angel’], a Mãe Divina falou sobre o enorme evento de abertura do coração que está a caminho. Para mim, esse enorme evento de abertura do coração é aquilo para o qual estamos a ser preparados, por enquanto. Eu acredito que este evento coincidirá com o que conhecemos como o Evento. As pessoas que tiveram um gosto dessa experiência explicam como eles sentem que o seu coração físico explode e, então, resulta numa corrente de energia que flui através deles e os deixa existentes apenas num espaço amoroso e indescritível, onde nada mais existe.

O Amor e a Luz Cósmica está a começar a  alcançar-nos aqui em Gaia sob a forma de energia de Taquiões porque agora existem grandes brechas no véu. Isso vai aumentar à medida que avançamos nos próximos dias e semanas. Não é melhor que seja assim? Todos nós queríamos que o Evento fosse AGORA! Nós perguntamo-nos a nós próprios com impaciência quanto tempo mais isto pode demorar… Mas quando pensa nisso, não é muito melhor ter tido tempo para se preparar para realmente sermos os Enormes Seres da Luz que somos?

Agora estamos a começar a entender quem somos. Não é melhor sabermos agora que podemos ser aquelas ilhas tranquilas de Paz em todo o planeta quando chegar o dia e os meios de comunicação de todos os lugares informarem o planeta inteiro sobre as prisões dos membros da cabala e o encerramento do antigo e corrupto sistema financeiro. No mesmo dia, as pessoas de todos os lugares estarão a sentir essa corrente de Energia Amorosa a chover sobre elas.

Arcanjo Miguel

Recentemente no Uma hora com um Anjo, o Arcanjo Miguel preparou-nos ainda mais para este momento do evento de abertura do coração em massa que nos aproxima da velocidade do Amor.

Ele sugere que nos conectemos regularmente com o “terreno mais alto” no interior de nós, cada vez que há algo que nos preocupa à nossa volta. Esta foi em parte em resposta a uma pergunta de Steve B sobre a forma como poderemos melhor manobrar o enorme fluxo de energia no momento. Miguel pergunta-nos se alguma vez tentamos montar/surfar uma onda de tsunami, lembrando-nos de que não é possível, pois iríamos ser puxados para as correntes inferiores e, em vez disso, devemos procurar “um terreno mais alto”.

A nossa responsabilidade neste momento é sempre a de escolher um caminho de clareza e consideração gentil, que é automatico quando agimos a partir desse lugar, do “terreno mais alto” dentro do nosso coração. Este é um momento para muitos de nós em que estamos a dar estes primeiros passos de estarmos na nossa autoridade divina. É um momento difícil para nós, porque não é tão fácil para nós comunicarmos aos outros o que a Terra está a passar! É um momento em que sentimos a necessidade de agirmos, de alguma forma, e então precisamos de tempo para contemplar. Isso pode ser seguido por um refinamento do nosso Ser, de alguma forma, como informações abordadas sobre como fomos limitados anteriormente pelas nossas reacções controladas e programadas. Então precisamos de mais contemplação.

Ele diz:

“Está a trazer um equilíbrio refinado com esta expansão”.

As Nossas Diversas Funções na Nova Gaia

Então, como procedemos durante esse período de mudança? Miguel lembra que a nossa orientação está sempre lá. Então Ele também lembra de algo muito importante, a saber,

“A Mãe quer que você faça o que quer fazer”.

Ele explica que estamos a ser totalmente eliminados de qualquer sensação de escravidão e limitação.

Ele discute o que as pessoas podem estar a escolher para dedicarem o seu tempo (tanto agora quanto mais adiante), sugerindo que alguém possa ser mais feliz a cozinhar biscoitos e a gostar de partilhar essa alegria com familiares e amigos. Outros podem preferir sentar-se ou trabalharem no jardim e outra pessoa pode querer cuidar dos sem-abrigo. Ele insiste que uma escolha não é melhor do que outra – o importante é seguir a nossa paixão.

Miguel deixa muito claro nessa conversa que quando nos encontrarmos a pensar em algo como “bem, eu realmente deveria fazer XYZ porque isso seria bom para apoiar a Nova Gaia”, então estamos a ir na direcção errada. Livre-se desses “eu devo”. Eles não são a Verdade. Essa mentalidade pertence ao antigo mundo 3D. A verdade é o que nos sentimos apaixonados por estarmos a fazer o que gostamos de fazer, o que faz cantar os nossos corações.

Quando estamos no nosso “terreno mais alto”, estamos a conversar com o nosso coração e com o nosso hara (área do nosso chacra do plexo solar a partir do qual a acção começa), mas Ele sugere que “comece com o seu coração e a chave do seu Eu Superior” e se inscreva naquela vontade divina e conheça-se por dentro”. Para encontrarmos o nosso caminho para seguirmos, precisamos de focar-nos no que realmente desejamos e assim permitirmo-nos ser guiados pela Companhia dos Céus, mesmo que pensemos que é a nossa intuição que estamos a seguir. Qualquer que seja o plano/projecto, devemos planear meticulosamente o que precisamos de fazer para tornar isso realidade. Perguntem-se a vós mesmos “o que faz sentido? – então segure e sinta”. Ele pergunta: “Isso fá-lo sentir-se animado, alegre e pacífico?”. Se a resposta for sim, então mergulhemos no nosso hara para a acção. Ele lembra-nos que devemos “mover-nos com a vontade Divina porque a vontade Divina e a nossa própria vontade é a mesma coisa – não existe diferença”. Miguel afirma que esta questão da vontade Divina ou do ego/própria vontade é aquela em que estamos a “tropeçar” desde o princípio dos tempos”- “o que é vontade divina – é o que você ama – é a sua missão sagrada”.

Lembro-me de uma mensagem recente de Yeshua através de Pamela Kribbe, que aborda esta questão do nosso ego com muita clareza”… Esta visão em si é uma imagem falsa do que é o ego. Na sua forma verdadeira, o ego é um ponto focal, um prisma, para o seu Eu essencial, o seu poder único. Ele precisa estar lá e é uma parte muito especial e insubstituível da Criação, como uma peça de puzzle que o faz ser parte do Todo maior.

Abrace esse poder! Diga “sim” a ele. Responda com alegria a quem você é; você é insubstituível. E quando você se levanta na sua verdadeira força, não precisa transcender o seu ego, a sua personalidade e deixá-lo para trás; você não precisa negar nada em você mesmo. Pelo contrário, você se torna quem você realmente é… (Fonte)

Nós não estamos a sonhar o suficiente

Miguel discute connosco como, ao tomarmos Consciência da nossa verdadeira grandeza, aprenderemos que nada é imperdoável. O nosso “eu pequeno” poderia ter considerado algo tão imperdoável que o nosso “EU maior” sabe melhor. Ele lembra que vamos aprender sobre os verdadeiros malfeitores e teremos que ser suficientemente grandes para encontrarmos esse Perdão/Amor no nosso coração.

“A Mãe nunca olha para nenhum indivíduo e diz:” você está além da salvação” – “nós não te amamos”- esse não é o caminho do amor. Vemos as atrocidades cometidas pelo ego e o esquecimento do eu divino? Sim, certamente fazemos e muitas vezes intercedemos, mas muitas vezes os seres humanos estão à nossa frente, mas nunca – A Mãe nunca rejeita e expulsa. Esses seres são os mais necessitados e usamos esse termo no sentido real não de co-dependência, mas de necessidade, eles são os mais necessitados e eles precisam dessa mão auxiliar “.

“O seu corpo físico é como a semente de uma ameixa gigante”

Ao discutir com o Steve como realmente somos “grandes” e se podemos imaginar-nos a sermos espalhados para o multiverso, Miguel lembra que

“Alguns de nós foram planetas, alguns de vós carregam planetas, alguns de vós foram cordilheiras e oceanos.”

Ele discute as formas de usarmos os 100.000 dólares na nossa missão, mas em alinhamento com a nossa vontade. Ele diz que o “Dever” é a limitação e não se alinha com a expansão do livre arbítrio com a vontade divina (que é a expansão de que estamos a falar), e é amável e amorosa, e não controladora – não está preenchida com requisitos – é meticulosa e particular não só para o plano, mas para o grupo individual ou para a comunidade e assim por diante “.

O Arcanjo Miguel encoraja-nos a sonhar mais. Steve B perguntou-lhe se ele estava a sonhar muito alto se ele decidisse doar todos os 100.000 dólares. Steve foi informado de que talvez ele se devesse perguntar como poderia dar essa quantia de dinheiro a alguém que estava preso por violar 12 meninas. No entanto, a resposta a esse “problema” seria que o dinheiro poderia ser colocado num banco que ficaria disponível para essa pessoa quando ela tivesse terminado com sucesso o processo de reabilitação – “uma renovação de Si mesmo”.

Steve perguntou a Miguel

“Existe uma coisa assim tão grande” e ele respondeu: “Não, muito grande é quando permanentemente perde o seu sentido de auto-conhecimento da sua parte do Todo – mas se a perder, então perde a vontade de Criar e construir a Nova Terra. “Miguel explicou que, durante este processo de Ascensão, aprenderemos a expandir o nosso Ser para o Universo inteiro (pensamento assustador até chegarmos lá) e então de volta para si mesmo. Alguns de vós já experienciaram essa expansão.

Steve expressou que podemos precisar de um manual de sobrevivência com conselhos sobre como fazer julgamentos, etc., enquanto avançamos/transitamos e Miguel respondeu;

“O que o faz pensar que, quando chegar através dessa “porta” da vida, que muda o rumo dos acontecimentos, que terá uma clareza absoluta sobre onde está – e onde está o Norte, o Sul, o Oriente e o Oeste – sobre como proceder e o que quer fazer. Não faça a suposição – e entenda que isso é uma jornada completa de confiança – e que na realidade estará à deriva “.

Ele continua explicando que existirão desafios, mas que

“Temos de forma inata dentro de nós mesmos, e em parceria do Conselho de Amor, o GPS necessário, para avançarmos”. “E certamente o fará”.

As coisas serão mais fáceis do que imaginamos

“As coisas vão ser mais fáceis e não mais difíceis, porque o que está a fazer ao mesmo tempo, em todas essas expansões, é abrirmo-nos para recebermos mais apoio, em todos os aspectos, dos Reinos dos Céus, de Agartha, da sua Família Estelar – de Nós”

O seu manual de sobrevivência é aquela conversa do: “Eu acho que o que estou prestes a fazer é certo – o que chamaríamos de “errado “seria” girar as suas rodas e fazer coisas que não são necessárias – não é produtivo e certamente não é gratificante. Tem esse conhecimento interno e também tem a consultoria de todos nós.”

Ao escrever estas palavras, lembro-me de uma promessa que o Arcanjo Miguel fez quando ele discutiu este momento emocionante que se aproxima de nós e lembrou-nos que a comunidade angélica estaria presente em todos os lugares ajudando-nos com o que quer que acontecesse no decorrer dias da próxima transição.

Finalmente, Miguel lembra que

“Existe uma tendência – uma falsa urgência para “agirmos” porque achamos que precisamos de agir, em vez de considerarmos primeiro e agirmos depois”.

Permita que essa expansão ocorra agora – essa sensação do nosso grande EU SOU sempre presente, que não o impede de actuar, mas que funciona como uma parceria para actuar”.

Nas suas últimas palavras:

“Em nome da Mãe e de todo o Conselho, em nome da Companhia dos céus, você está a fazer um trabalho incrível. Solte a pressão. Expanda a sua Vontade – mova-se no sentido da acção – a suposição completa de que a sua autoridade divina não nasce de sentimentos de stresse ou de pressão ou do “eu devo agir já” – “aquilo que eu vou fazer”.

Deixe a calma, como se fosse um novo alvorecer de um dia perfeito e pacífico num prado, observando as nuvens a deslocarem-se, deixe essa sensação de calma permear o seu Ser e permitir a mudança sabendo que está em perfeito alinhamento com a vontade da Mãe, a vontade do seu EU Sagrado – está a fazer isso maravilhosamente – continue! Estamos consigo!

Fonte: AHWAA: Arcangel Michael On Expanding Our Freewill e Dreaming Bigger

http://inlightuniversal.com/ahwaa-archangel-michael-on-expanding-our-freewill-and-dreaming-bigger/

Isto faz parte de uma entrevista canalizada entre um leitor e o Arcanjo Miguel, e que lhe poderá dar mais Paz se tiver dúvidas quanto ao facto de que os “duelos de sabres” que vemos nos meios de comunicação não levarão à guerra nuclear planetária:

AAM: Não haverá guerra nuclear… Ponto final.

http://goldenageofgaia.com/2017/09/05/aam-there-will-be-no-nuclear-war-period/

Artigo relacionado de novembro de 2015;

UM DIA EMOCIONAL APROXIMANDO-SE À VELOCIDADE DO AMOR ~ INFORMAÇÃO PERTINENTE PARA O DIA DO EVENTO

http://www.veritasgalacticsweden.net/introduction

Deixar uma resposta

Top
%d bloggers like this: