Cobra Michael Salla

Entrevista Cobra / Dr. Michael Salla pelo Guerreiro Desconhecido da Luz ~ 26.10.2017

TRANSCRIÇÃO DA ENTREVISTA ENTRE MICHAEL SALLA, COBRA E O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ NA GROUND CREW COMMAND RADIO: PARTES 1 E 2 GRAVADAS A 26.10.2017

PARTE I

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

E estamos de volta! Está a ouvir The Ground Crew Command Radio… Eu sou O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ: E aqui vamos nós pessoal! Temos Michael Salla e Cobra, ambos em linha e, senhores, muito obrigado por reservarem um tempo para nós, porque todos nós sabemos o quanto o tempo é importante e representa para todos nós. Assim, Michael, quero começar por si, estava aqui a assistir ao seu DVD da sua apresentação no MUFON em Vegas. Pronunciei isso correctamente? E continuei a assistir, embora não tivesse nada de novo, pessoalmente, para mim e para muitos de nós, uma vez alguns de nós têm ido muito fundo na toca do coelho. Uma coisa que observei e realmente aprecio é que  muito meticuloso e enfatiza fortemente as provas daquilo que falamos de forma certa e com os pés na tetta, sabe, carta após carta e documento estava a mostrar os seus slides e foi então que eu realmente entendi o que o Exopolitics Institute realmente significava.

Por favor corrija-me sobre isso mais tarde, se eu estiver errado, ou adicione aquilo que julgar necessário. Todavia, eu notei que este ênfase meticuloso nas provas de tudo o que encontra e eu vi que o Exopolitics Institute, verdadeiramente, é para tentar legitimar a existência ETs de forma perfeita e inegável – e o nosso relacionamento com eles – para as masssas inconscientes. Ok e isso é algo com o qual sites como o meu e o do Cobra lutam, na minha opinião, porque nós tendemos a mostrar coisas que vão muito fundo na toca do coelho, facto que as masssas inconscientes, compreensivelmente, não são realmente capazes de acreditar. Não se pode efetuar saltos para níveis tão elevados de consciência de uma só vez, sabe, embora todos nós saibamos que os ETs existem e assim por diante. No entanto, também sabemos que a cabala e a NSA tem-nos espiado correto?

Todos nós já sabíamos disso há muitos anos e décadas e sentimos esse impacto quando Snowden expôs a facção da NSA – a tornou pública e divulgou – causando um enorme impacto, embora já soubéssemos disso, sabe. Ainda fez muito pela maioria inconsciente, que é onde está o truque e, então, eu não acho que não estou a exagerar ao dizer que o Exopolitics.org, verdadeiramente, está a  carregar o peso de Despertar a maioria inconsciente de uma forma que as pessoas, em sites como o meu e do Cobra, realmente não o podem fazer, uma vez que  colocamos mais ênfase nos, realmente,  aspectos mais profundos da toca de coelho com coisas que,  ao invés das coisas estritamente materiais, 3D, sóbrias em que se foca [o Michael]. Por isso prossiga e adicione tudo o que nos quer dizer a nós e ao público sobre o Exopolitics Institute.

MICHAEL SALLA:

Certo. Bem, é importante que saiba que enfatizei que os meus antecedentes provavelmente são muito diferentes dos do Cobra e outros interessados nestes temas. Eu realmente estava a dar aulas de política internacional numa grande Universidade nos Estados Unidos. Quando me envolvi nesse assunto e descobri que, depois de fazer as minhas diligências, que era tudo muito real, fiquei entusiasmado, verdadeiramente, com um novo campo da política internacional – a exopolítica – e sabe que eu realmente queria convencer os meus pares, as pessoas com as quais trabalhei ou estudantes que ensinei, que era tudo muito real. Não consegui quando lhes apresentei pela primeira vez.

Na realidade, apresentei esse material numa aula da American University, em 2001, e sabe que não consegui persuadir nenhum dos alunos de que isso era real, de facto, numa aula de 25 estudantes que eram do tipo progressistas liberais e que tinham muito bondade humanitária e experiência, em termos do que eles fizeram, antes das suas pós-graduações em resolução de conflitos. Apenas dois da turma de 25 acharam que o material que eu mostrei na Conferência de Imprensa do Projecto de Divulgação de Stephen Greer era verdade. Então, o desafio que enfrentei foi o de poder persuadir, como disse, aqueles que não tinham consciência, de que isto era muito real e, portanto, o meu site Exopolítics.org e o Exopolitics Institute, que criei em 2005 sabe, ambos, realmente, estão a tentar levar esse assunto às massas inconscientes ou ignorante, e continuo a focar-me nesse público em particular.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Ok, bem, eu aprecio e saúdo-o por tentar mostrar esse tipo de coisas ao meio académico que opera rigidamente com o hemisfério cerebral esquerdo – isso não é nada fácil. Tiro-lhe o meu chapéu, sinceramente. Isso não é fácil porque eles realmente são, eles são alguns dos mais… e isto pode soar a controverso embora o diga com todo o devido respeito,  são algumas das pessoas mais programadas e que estão nas hierarquias mais elevadas do meio académico e, sabe, David Icke diria que há uma razão pela qual o meio académico foi estruturado pela cabala de uma forma voltada estritamente para o hemisfério esquerdo – para o controlo – e, veja, é compreensível. Sabe que tínhamos… Quero dizer, deve estar a observar de perto a ofensiva dos Chapéus Brancos contra os meios de comunicação, Hollywood, meio académico e até a NFL e os deportos controlados pela cabala, de acordo com as fontes de Benjamin Fulford e estou bastante confiante de que, certamente, os meios de comunicação alternativos, particularmente os nomes mais sonantes como a Infowars, Daily Caller, Brightbart e até a Fox… estão a fazer um bom trabalho, a exporem o Estado Profundo.

Se não estiverem tão ocupados, felizes e a focarem intensamente todo o seu tempo e atenção em derrubarem, sabe, o Estado Sombra para exporem todas essas coisas que eventualmente levarão às detenções em massa, e eu acredito neles e se não fosse por isso e, sabe, toda essa devoção a isso, eu acredito que eles estão dispostos a ter alguém como você, que está mostrar isso de forma a que a maioria inconsciente possa compreender perfeitamente e estritamente dentro do plano material e, claro, quando se trata do presidente dos EUA, saber se naturalmente e esperançosamente e num futuro muito próximo vão fazer esse anúncio de que sim, os ETs existem. Adivinhe o que todos vão fazer de seguida? Uma pesquisa no Google ok? Depois vão pesquisar sites como os seus. Agora o que diz disto? Já pensou nas coisas dessa forma?

MICHAEL SALLA:

Bem, fiquei ciente de que Alex Jones conhece bem o tipo de material que publiquei mas, no entanto, acho que ele está ciente de que o seu público ainda não está realmente receptivo a ele e que, você sabe, basicamente mostra que mesmo dentro desse público que está ciente de coisas como operações de bandeira falsa, pedofilia e corrupção da elite política, e você mesmo conhece esse segmento da Humanidade como o público do Infowars conhece mas, mesmo assim, e com esse tipo de receptividade ainda é um público bastante fechado a este fenómeno extraterrestre e, portanto, ele tem sido muito cuidadoso na forma como aborda esse material. Eu sei que ele teve pessoas como David Icke e Jim Mars no seu programa mas, todavia, realmente, nunca os incentivou a entrarem profundamente em toda a casuística ET, mesmo que ambos fossem muito experientes. Deixo aqui anotado que Jim Mars recentemente faleceu. Mas imagino que, no futuro, provavelmente irei conversar com Alex Jones sobre esses tópicos e apresentá-los dentro de uma estrutura que o seu público possa achar aceitável.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Sim, bem, eu estava prestes a mencionar o InfoWars. Quero dizer, é muito seguro dizer que Alex Jones sabe tudo sobre essas coisas, incluindo todos os seus repórteres. Não há dúvidas sobre isso, mas a boa notícia é que se ele realmente – e se alguém que realmente assistir ao InfoWars, eu diria cerca de uma vez a cada três ou quatro meses – os militares positivos… eles estão envolvidos nisso, através do InfoWars onde, às vezes, mergulham o dedo do pé na água para ver a reacção da audiência a algumas coisas esotéricas, para ver o que acontece e se os seus leitores estão prontos ou não. Um exemplo disso foi quando revelaram a existência da Atlântida no Oceano Atlântico – fizeram um artigo sobre isso – e depois deixaram cair o tema. Sabe, então, e se prestar atenção, verá que, de vez em quando, eles mergulham os dedos dos pés na agua para ver o quanto as pessoas estão prontas mas, mais uma vez, é compreensível que tenham muito trabalho e que tenham que concentrar todo o seu horário disponível a expor as as habituais travessuras da cabala através do estado sombra. Então eles estão a fazer a sua parte do quebra-cabeças, sem dúvida.

Cobra, agora vamos falar um pouco sobre história senhores porque, durante muito tempo nós, na comunidade Desperta e Consciente e até muito recentemente através do Corey ou David Wilcock, pelas suas informações neste ano que passou e no anterior, muitos de nós assumimos ou pensávamos, naturalmente, eram reptilianos ou draconianos, sabe, o modo reptiliano de conquista do planeta, pelo menos no plano físico e, sabe, incluindo o planos etérico e os arcontes e assim por diante e, recentemente… graças a Corey Goode e David Wilcock eles popularizaram, devo dizer a Consciência de que, não apenas, mas também, senão principalmente, os chamados pré-Adamitas – esses humanos gigantes com crânios alongados que são os antepassados reais da linhagem das treze famílias. Sinta-se livre para adicionar qualquer coisa a isso, depois de lhe fazer a seguinte pergunta, que é …. Quando é que cada grupo chegou aqui?.. E pode começar com qualquer grupo que deseje, Cobra ou Michael…

COBRA:

OK. Então, os chamados pré-Adamitas, muitas pessoas falaram sobre isso de maneiras diferentes e este é um nome do grupo que realmente formou os Illuminati e é um, é o núcleo do grupo veio da galáxia de Andrómeda. Eu estava a referi-me a esse grupo com um nome diferente, muitas vezes no meu blog pelo que então isso não é algo novo. E algo que realmente que foi discutido muito nas últimas décadas.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Bem, como é que lhes chamaria? apenas para que as pessoas tenham um ponto de referência?

COBRA:

Famílias arcontes.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Famílias arcontes?

COBRA:

Sim, ou nobreza negra. É o mesmo, a mesma fonte, os mesmos grupos.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Ok, como eu disse e para esclarecer isto esses arcontes, essas famílias arcontes estão encarnadas no plano físico tal como esses gigantes com os crânios alongados?

COBRA:

Ok, Existem nos planos físicos e não-físicos, sendo que os do plano físico tendem a encarnar em certas linhagens, certas famílias, e a maioria dessas famílias estão concentradas na Itália para que estejam na hierarquia de… acima de todos os suspeitos habituais da rede da cabala que estão a controla-los e algumas dessas linhas de sangue tiveram tiveram as suas origens já no tempo do Império Romano e ainda mais para trás. Então eles têm um linhagem genética nalguns deles que já data do antigo Egito, por exemplo. Basicamente, são as mesmas famílias que controlaram a Atlântida e que eram os chamados magos das trevas da Atlântida.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Ok, então estes são descendentes verdadeiros desses gigantes, desses pré-adamitas com os crânios alongados… apenas para esclarecer…

COBRA:

Na verdade, na Atlântida, a raça de gigantes era muito mais frequente do que agora e, depois, foi lentamente exterminada e de geração em geração, por meio de modificações genéticas, a altura desses seres diminuiu tanto que, em algumas das antigas escavações, e podem serem vistas imagens desses gigantes e de pessoas com crânios alongados, pode ser visto com muita clareza.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Ok, e estes são, com base na sua informação arcontes, generalizando? Ou todos eles ou alguns deles ou?..

COBRA:

Na realidade todos eles formam um grupo. Um grupo muito específico e distinto que de alguma forma não interage muito com o mundo exterior. Eles têm o seu próprio grupo que é único. Comportam-se de uma certa forma, pensam de uma certa maneira. Realmente, são uma espécie distinta.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Bem, não há dúvidas de que eles certamente aperfeiçoaram a arte da sociopatologia, algo que podemos afirmar com certeza.

COBRA:

Sim, sim, exactamente. Uma das coisas que aconteceu com eles se eles foi… um … seguiram, eu diria, o rumo errado da evolução e, em consequência, a sociopatologia é uma das principais características.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Humm. Sem dúvida. Tudo bem, de acordo com a informação de Corey eles foram literalmente perseguidos aqui por várias vezes. Quando eles residiam em Marte houve uma guerra lá que causou a completa destruição de Maldek, também conhecido como Tiamat, a Super Terra e então eles fugiram para os anéis de Saturno, onde foram atacados novamente, de onde depois fugiram para a Lua e construíram uma base que ocuparam durante um longo período de tempo, aparentemente, durante centenas de milhares de anos. Depois foram atacados lá e fugiram para a Antártida, que muitos de vocês, agora, conhecem a história e que, restando-lhes apenas três naves, literalmente, aterraram na vegetação exuberante. E, antes de esclarecer essa história ou adicionar quaisquer correções… agora, isso aconteceu acerca de 50 a 60 mil anos atrás, mas então agora os arcontes não físicos, a invasão de que nos falaram, aconteceu há 26 mil anos… Então, se quiserem, o que poderiam acrescentar a isto para os nossos ouvintes/leitores? Cobra?.. E Michael sinta-se livre para falar, se tiverem alguma informação sobre isso, também…

COBRA:

Essencialmente existiram muitas… muitas ondas de invasões arcontes a acontecerem antes do tempo que você especificou. A primeira foi a chegada das forças das trevas ao Sistema Solar, há mais ou menos de 1 milhão de anos atrás. Entrando nesta galáxia através de um portal na constelação de Orion. São os Rigelianos da constelação de Orion que, realmente, vieram da galáxia de Andrómeda e alguns dos arcontes, como disse anteriormente, já tinham chegado ao Planeta Terra nos tempos atlantes. Na verdade, eles estavam… alguns deles foram os governantes da Atlântida ou governantes das trevas na Atlântida.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Então, esses arcontes iniciais, eles chegaram aqui antes de há 26.000 anos atrás?

COBRA:

Sim, esses arcontes iniciais chegaram aqui um pouco depois, eu diria por volta de há 900 mil anos atrás, quando entraram no Sistema Solar e construíram as suas bases nas luas de Saturno e, em Marte. Houve luta porque, no Sistema Solar, existiam outros grupos com os seus próprios interesses. Então construíram as suas bases na Lua, aterraram na Antártida e finalmente chegaram à Atlântida. Na verdade, um grupo desceu no Congo, outro grupo desceu na Antártica e, depois lentamente eles migraram para a Atlântida porque a Atlântida, naquela época, era uma região tropical paradisíaca. Claro que nos últimos milhões de anos houve uma história muito dinâmica, uma luta entre facções da Luz e das trevas alternando derrotas e vitórias entre si.

Até que há 25.000 ou 26.000 anos atrás houve esta, eu diria, a invasão final que selou o destino do planeta nos últimos 26 mil anos quando foi implantada a quarentena. Tornaram o Planeta Terra, realmente, num planeta das trevas em que todos, simplesmente reciclam através do processo de encarnação, não sendo a ninguém permitido entrar e sair daqui, excepto quando permitido pelos arcontes e pelo grupo quimera. O grupo quimera, basicamente, durante a maioria do tempo apenas observava isto nos bastidores e não interviu muito na história humana. Interviu apenas quando havia uma possibilidade real do estado de quarentena ser violado. E isso é o que está a acontecer agora. Todavia, controlavam a narrativa durante o tempo todo.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Desculpe, pode repetir a última frase?

COBRA:

Eles controlavam a narrativa durante o tempo todo. O grupo quimera foi, e ainda é, o topo.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Ok, então, ao longo de cerca de um milhão de anos houveram batalhas recorrentes no Sistema Solar e na Terra, mas foi somente há 26 mil anos atrás que uma invasão significativa, como eu entendi, com os arcontes  não físicos aconteceu?

COBRA:

Sim, ocorreram invasões significativas antes, mas não foram finalizadas. A invasão de há 26.000 anos atrás foi uma invasão total. Foi uma invasão à escala total nos planos físico e não físico.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Ok, interessante. Certo, agora vamos para as raças reptilianas, os draconianos e reptilianos. Quando é que eles chegaram a este planeta e?..

COBRA:

Realmente os arcontes e o grupo quimera estavam a abrir caminho e eles realmente estavam a importar escravos reptilianos e draconianos dos sistemas estelares de Orion. Nesse contexto, os draconianos eram algo como intermediários, como os estrategas, comandantes militares, proprietários de escravos…

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

… faziam o trabalho todo…

COBRA:

Sim.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Tudo bem. E os arcontes e o grupo quimera estavam acima deles, comandando-os basicamente, realmente a darem as ordens?

COBRA:

Sim.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Ok, então todos eles basicamente chegaram em períodos de tempo semelhantes ao longo dos últimos milhões de anos no Sistema Solar de qualquer forma … e o grupo quimera… pode continuar…

MICHAEL SALLA:

Sim. Simplesmente vou acrescentar que, como entendo, em termos de toda a questão extraterrestre, existam algo como três facções e sabe que esse é o meu entendimento. O Cobra, talvez, possa comentar sobre como isso se encaixa com o que ele…. Todavia, acho que a presença de reptilianos na Terra provavelmente tenha sido a mais longa de qualquer forma de vida. Eles estiveram por aqui muito tempo. Quero dizer que, se olhar para os dinossauros e, com bastante clareza, os arqueólogos conseguiram estabelecer a probabilidade de tipos inteligentes de dinossauros ou raptors possam naturalmente ter evoluído na Terra, há milhões de anos e, acho que existem boas razões para dizer que os reptilianos, provavelmente, formaram o tipo de espécies inteligentes na Terra e que, por algum motivo, os dinossauros foram destruídos por algum cataclismo e eu acho que foi quando os extraterrestres humanos vieram e, basicamente, começaram a criar a Humanidade no planeta. Talvez tivessem alterado alguns dos tipos de hominídeos precoces no planeta e eles começaram as suas múltiplas experiências. E Alex Collier e Corey Goode falaram sobre os 22 programas de experiências genéticas de longo prazo durante um período de cerca de meio milhão de anos e sabe que há existem dados que sustentam que existem vários grupos ETs que interferiram.

Arthur Horne escreveu um livro intitulado “Humanity’s Extraterrestrial Origins” [origens extraterrestres da Humanidade] onde aborda como os diferentes grupos ETs em certos pontos intervieram geneticamente e, depois, o grupo final, eu acho que aquele ao qual as pessoas chamam de Anunnaki, ou talvez possa chamá-los de pré-Adamitas – mas há boas razões para pensar que são seres que vieram há 50 mil anos ou mais e implementaram uma espécie de nova elite governante.

Geraram híbridos e criaram muitos casamentos intermediários e, como o Livro de Enoch descreve, esses são os anjos caídos e sim, acho que existe um bom motivo e acho que, talvez, esses sejam os que Corey Goode falou, que chegaram aqui através da Lua, mas que anteriormente vieram de Marte ou de Maldek e que esses três grupos competiram uns com os outros por influência e domínio sobre o planeta. Acho que os extraterrestres de aparência humana tendem a fazer as coisas mais nos bastidores. E eles tendem a apenas mexer com a genética humana e ver como somos capazes de responder ao tipo de interferência mais aberta dos reptilianos e, então, quanto a esses pré-Adamitas, acho que eu concordo com o Cobra, que eles são o tipo de elites governantes ou pelo menos a sua genética é partilhada pela cabala.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Sim, sim, bem…

COBRA:

Sobre isso tenho algo a dizer – algo a explicar – sobre os reptilianos. Existem diferentes tipos de reptilianos. Temos os chamados reptilianos nativos que faziam parte da evolução na Terra e que evoluíram a partir daqui ao longo das idades geológicas e que os dinossauros faziam parte desse grupo nativo deste planeta. É verdade que eles foram destruídos num cataclismo, mas havia uma facção de reptilianos nativos que sobreviveu abaixo da superfície do planeta, habitando em muitas cavernas e espaços subterrâneos… ocuparam áreas ao longo de rios e lagos subterrâneos e, então, acerca de 1 milhão de anos atrás, como eu disse, houve uma invasão e, juntamente com as famílias arcontes e os draconianos, vieram muitos reptilianos de Orion, que eram muito mais guerreiros e infestaram toda a população reptiliana subterrânea com essa mentalidade guerreira. Dessa forma, os reptilianos nativos que antes estavam aqui não são mais os mesmos. Eles, realmente, juntaram-se a este… um … grande grupo guerreiro que existia entre a raça reptiliana e assumiram que este planeta era deles… e consideram que os humanos são os invasores e este é o principal conflito entre a raça reptiliana e a raça humana. Na realidade não é fácil resolver este conflito, mas finalmente será resolvido porque não existem muitos reptilianos restantes no planeta e o seu número está reduzido a quase zero na superfície e muito poucos abaixo da superfície e a raça reptiliana também faz parte disto – uma parte da raça reptiliana vai regressar à Luz. Tornar-se-ão seres pacíficos que respeitarão o livre-arbítrio dos outros. Todavia, o resto da raça reptiliana deverá ir para o Sol Central pelo que, então, esse é um dos problemas que precisa de ser abordado aqui.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Sim. Bem, sim, muitos de nós ouvimos… sobre as queixas basicamente das facções reptilianas e draconianas que dizem que “estavam aqui primeiro”, a fazerem as suas experiências genéticas na sua própria versão da grande experiência, como Corey Goode a apelida e, sabe, no que diz respeito à grande experiência que os ETs humanos começaram, aparentemente, nalgum momento depois disso. Então, Michael, tem algo a dizer sobre isso….

MICHAEL SALLA:

Bem, sabe, acho que essa é uma questão importante em termos de, bem… aquilo que os reptilianos estão a fazer no planeta? Eu acho que há muitos metamorfos reptilianos que vivem entre nós e que isso vai fazer parte do problema que teremos de enfrentar como espécie, quando a Divulgação acontecer e esses reptilianos forem revelados e, sabe, eles têm uma reivindicação antiga sobre o planeta. Eles já estavam a viver na superfície e eles vão invocar isso e dizer bem,  sabem que, novamente, queremos viver abertamente na superfície e eu acho que a humanidade terá que desenvolver as ideias de coexistência com essa raça alienígena e acho que vai ser um verdadeiro desafio para muitas pessoas porque acho, e eu concordo com o Cobra, que tem havido uma espécie reptiliana extraterrena, os draconianos, que criaram muitos problemas. São uma raça imperialista e muito agressiva. E, sabe, as pessoas assumem que todos os reptilianos são como os seres draconianos e que são bárbaros que apenas estiveram a explorar a Humanidade. No entanto acho que existem certos reptilianos que vivem entre nós e que, quando a Divulgação acontecer, as pessoas terão de se acostumar à ideia de que alguns desses seres vão querer ser integrados nesse tipo de nova sociedade – nesta nova Terra – e que não será apenas uma população humana homogénea  com que teremos que lidar mas também com reptilianos, humanos e outros seres de fora do planeta que, de repente, vão gostar de sair das sombras e dizerem: “Bem, não há mais necessidade de nos escondermos. Agora que aqui estamos, como é que irão conviver connosco?”

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Bem, aqui está problema – esses reptilianos – o que quer que reste deles no plano físico, mesmo aqueles que estão disfarçados de humanos, se isso é feito através da tecnologia ou da alteração de forma verdadeira e se isso pode ser feito de alguma forma física …

COBRA:

Na verdade, eu preciso de dizer algo. Não é assim e como que de repente haverão seres com cauda a mudarem de forma e a caminharem ao redor do planeta, mas há uma certa parte do raça reptiliana que encarnou, de modo que a alma reptiliana está encarnada dentro do corpo humanoide e, por isso, parece um humano normal, mas sua composição psicológica, os sentimentos, as emoções, os pensamentos e a percepção é reptiliana e pode encontrar muitos desses reptilianos entre mercenários. Eles tendem a gravitar em direcção a esse tipo de profissão.

Na verdade, qualquer pessoa que não respeite a livre vontade terá que sair. Este será um planeta de livre-arbítrio respeitoso. Não será uma experiência em que tudo será permitido. Isto terminou. Não mais será permitido.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Sim. Eu não vejo as facções positivas na superfície – muito menos a Aliança dos PES [Programas Espaciais Secretos], muito menos a Confederação Galáctica e a os Seres da Aliança das Esferas a tolerarem a violação do livre-arbítrio secreta ou publicamente. Tenho certeza de que todos concordaremos com isso…

MICHAEL SALLA:

Posso acrescentar algo? Eu concordo que este será um planeta de livre-arbítrio e apenas na medida em que o nosso planeta ou Humanidade seja mentalmente controlado de modo a que as pessoas sejam um tanto burras – e este foi um dos temas que conversei com William Tompkins – e ele disse que, basicamente, o que a Marinha estava ciente – a Marinha dos EUA – é que, essencialmente, os reptilianos possuem naves-tanque na atmosfera superior, pulverizam todos esses gases nocivos para a atmosfera deliberadamente em torno de áreas povoadas ou onde quer que haja alguma espécie de pessoas a despertarem para idiotiza-las. Então, de repente, esquecem-se do que são as ideias ou experiências progressistas que possam ter lançado. Eu acho que sabe que, quando tivermos esse tipo de Divulgação Integral penso que isso irá parar, uma vez que a manipulação tenha parado, uma vez que esses gases nocivos não sejam mais bombeados no ar e na água e no fornecimento de alimentos e eu acho que a Humanidade vai despertar desse tipo de sono prolongado e que aí, realmente, entrará numa espécie de paraíso em comparação com o que temos agora – uma vez que se tenha cessado esse tipo de influência negativa causada pelos reptilianos e, sabe, esses grupos de controlo… essas famílias de linhagem.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Ok, bem, hum… vamos… Cobra, tem muitas informações regulares e em primeira mão sobre esse tipo de coisas, directamente do Movimento de Resistência e que, sendo um grupo de fora deste mundo, do qual você é o representante aqui na superfície. Existem muitas dessas naves, reptilianas ou do grupo quimera ou mesmo da Frota Escura, que costumavam fazer esse tipo de pulverização na atmosfera superior? E muitas delas já foram removidas agora?

COBRA:

Sim, sim, repare que o número está a mudar constantemente. Existe uma dinâmica. Na verdade está a acontecer uma batalha – uma guerra – em particular na baixa órbita terrestre e que não é detectada, porque todos essas naves estão camufladas – e o seu número está a mudar constantemente, porque a área da baixa órbita terrestre ainda não foi libertada. E a maioria dessas naves são, eu diria, algumas dessas naves comandados pelo pessoal draconiano, algumas delas de diferentes facções do Programa Espacial Secreto mas, todavia, são todos controlados pelo grupo quimera. E o objectivo – o objetivo principal do grupo quimera é o de defender o estado de quarentena. Eles não querem que este planeta seja libertado. Eles veem isso como uma invasão, veem as forças da Confederação Galáctica como invasores que estão a invadir o seu planeta e a interferirem na maneira de como lidam com os chamados escravos. É assim que eles veem a situação.

PARTE II

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Sim. Bem, eu queria chegar a esse assunto… uh … de forma muito breve, e em relação às várias frotas que ainda estão por aí sejam da Luz ou das trevas. Mas o que eu quero fazer primeiro é rapidamente avançar um pouco na história e conhece uma das posições mais populares contra os governos das linhagens, esses descendentes dos pré-Adamitas, ou como quiser, de que eles foram a causa da guerra revolucionária Americana com as 13 colónias que muito aberta e bravamente disseram “não” ao controlo das linhagens sob a liderança dos Maçons Livres positivos, os pais fundadores. Todavia, uma coisa que não é falada e à qual não foi dado devido reconhecimento – uma coisa esquecida e muito pouco reconhecida, foi a guerra civil inglesa que foi travada na década de 1640. Sabe, Oliver Cromwell e os seus exércitos parlamentares contra o rei governante da linhagem naquela época e, Cobra, talvez tenha a resposta a isso. Existe alguma ligação entre… antes de mais foi o lado de Oliver Cromwell da Guerra Civil inglesa… eles foram realmente influenciados nos bastidores por uma nobreza branca ou maçons livres positivos e se qualquer uma dessas famílias da nobreza branca e maçons positivos têm alguma ligação com o Guerra revolucionária americana e se eles são os pais fundadores?

COBRA:

Sim. Na verdade, primeiro vou falar sobre a Guerra Revolucionária Inglesa. Houve uma influência positiva de certos grupos Rosacruzes nos bastidores e certas famílias da nobreza brancs positiva. Eles queriam fazer exactamente, isso – acabar com o governo das linhagens. Esse era o objetivo e que não foi tão bem sucedido como esperavam e que desencadeou outras coisas…

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Foi bem-sucedido mas, todavia, oito anos depoiss – provavelmente através de magia negra, subornos, assassinatos, maldições, feitiços…. sabemos como eles agem… conseguiram retomar o seu caminho de volta e influenciaram e infiltraram-se, bem, neste caso, na linhagem de Saxe-Coburg.

COBRA:

Basicamente, não foi bem-sucedido porque as linhagens ainda governavam nos bastidores ou, às vezes, até mesmo directamente. Não correu como eles esperavam e as Forças da Luz criaram um plano mais minucioso para levarem a cabo através de certos grupos de Maçons positivos e que, na verdade, começou na França – no ano de 1775. Esse foi um ano decisivo porque existiam algumas lojas criadas em Paris e St. Germain era a força por detrás dessas lojas. Em ligação a Benjamin Franklin que iniciou esse movimento de independência nos Estados Unidos e a Constituição dos Estados Unidos foi implementada de forma que, se fosse completamente respeitada, erradicaria a cabala dos Estados Unidos. E é por isso que a cabala é tão alérgica à Constituição, porque protege o indivíduo e o Estado soberano, baseado num grupo de indivíduos soberanos e esse projeto específico das Forças da Luz foi bem-sucedido até certo ponto e, sem esse projecto, ainda estaríamos na Idade Média.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Sim. Muito bem. Isso encaixa-se muito bem na minha próxima pergunta que é sobre Napoleão Bonaparte. Para quem é que ele realmente trabalhava? Sabe, realmente, foram tentativas genuínas – como entendi, por maçons livres franceses positivos para descartarem o controlo das linhagens na Europa e, depois, do mundo porque as linhagens já tinham colonizado todos os outros continentes até então? Ou estavam realmente a trabalhar para os jesuítas…

COBRA:

Na verdade foi uma guerra entre os jesuítas e os Rothschilds em que, então, ele (Napoleão) estava a trabalhar para os Rothschilds. Os Rothschilds estavam contra a Igreja, embora estivessem a trabalhar para ela. Eles arrecadavam dinheiro para os jesuítas. Mas existia uma forte tensão com os jesuítas e desejavam uma Europa unificada. Basicamente, essa foi uma ideia dos Rothschild e isso era o que Napoleão queria criar, a União Européia e que, também, seria uma união monetária que arrecadaria dinheiro para os Rothschilds, onde eles deveriam dar a maior parte aos jesuítas. Todavia, existiu sempre uma forte tensão entre os jesuítas e os Rothschilds e isso refletiu-se nas Guerras Napoleónicas. E, é claro, haviam grupos de maçons livres que apoiavam Napoleão e haviam outros grupos que não… que estavam a apoiar os jesuítas… e que, também, estavam em constante tensão.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

OK. OK. Interessante. Bem, obviamente, eles conseguiram a União Europeia como todos agora sabemos.

COBRA:

Temos que dizer que as Forças da Luz também beneficiaram desse plano porque a União Europeia é uma espada de dois gumes. Não é tudo é mau ou bom. Promove… pode promover… sob certas circunstâncias, pode promover o crescimento e o desenvolvimento, mas também pode ser mal utilizada. Então, pelo que está a acontecer agora na Espanha todos nós podemos ver como isso pode azedar.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

OK. Siga em frente, Michael.

MICHAEL SALLA:

Oh, sim, eu queria dizer que gosto de ver o tipo de evolução histórica das forças numa perspectiva mais de dinâmica e tridimensional em vez de, sabe, dois grupos… dois grupos dominantes e eu acho que um grupo – o grupo mais positivo – tende a trabalhar através de apenas através da implantação de certas ideias ou ideais na Consciência humana e trabalham com pessoas gentis para promoverem essas ideias e acho que, inicialmente, acho que Napoleão foi muito influenciado por  esses grupos mais positivos, com esses ideais de autodeterminação e republicanismo e que realmente inspiraram milhões por todo o continente europeu. Quero dizer, é por isso que ele conseguiu todos esses sucessos militares impressionantes, porque recebeu muito apoio dos povos de toda a Europa e ele explorou esse potencial transportou-o para o Oriente Médio e assim por diante. Quero dizer que ele entrou no Egito e as forças reacionárias entraram em acção e eu acho que Napoleão – que… frequentemente…. Apenas tinha alguma espécie de boas intenções e pensou que a resposta viria até ele num poder engrandecedor em torno de si mesmo e, então, tornou-se imperador. Acho que é verdade de que ele passou para o lado negro, mas acho que no começo ele desempenhou um papel na divulgação dessas ideias mais evolutivas e ajudou o republicanismo e a autodeterminação a ganharem terreno na Europa e ao redor do mundo no Século XIX.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Sim. Porque eu ouvi dizer por aí que foi um movimento para erradicar de toda a Europa essas famílias reais incestuosas… a maioria dos quais são os descendentes dos chamados, ou alguns deles, se não a maioria deles descendentes dos chamados pré-Adamitas. Então, dito isto, quero abordar um assunto com vocês os dois. As 13 linhagens de sangue – a nobreza negra – perderam o controle dos nazis e, em particular, de Hitler para os seus “inimigos” draconianos? Porque sabemos sobre a influência dos draconianos – se não mesmo o controlo total sobre os nazi. Agora, a razão pela qual eu fiz esta pergunta foi por que durante muito tempo acreditamos que essas três naves pré-Adamitas – esses gigantes com crânios alongados – que chegaram à Terra pela Antarctica, há cinquenta… sessenta mil anos… nós… eu admito, eu mesmo suponho que fossem os ETs positivos que estivavam a persegui-los pelo sistema solar tentando acabar com eles. Compreensivelmente, tenho certeza de que muitos de nós pensam assim.

Mas não, foram os draconianos que estavam a persegui-los por todo o lado… e perseguiram-nos aqui também… e foi assim que muitos de nós entendemos… ok, esta é uma rivalidade intensa há muito existente entre os dois grupos ET negativos – e os seus descendentes. Então é por isso que estou a fazer-vos esta pergunta. Foi assim que aconteceu? As treze linhagens perderam o controlo?.. Deu-se o caso das treze linhagens… a nobreza negra… eles realmente… Porque inicialmente eles apoiaram o Hitler… inicialmente estiveram financiaram-o mas, então, Hitler começou a fazer… sabe… a rejeita-los totalmente mas, depois, começou a imprimir sua própria moeda, pelo que então ele tinha deixado de jogar de acordo com as suas regras e então, é claro, sabemos sobre as estreitas ligações entre o Programa Espacial Secreto Nazi e a influência draconiana e foi aí que os dois como que se fundiram. Sei que é uma forma extensa de fazer esta pergunta a qualquer um de vós mas foi assim que aconteceu? As 13 linhagens perderam o controlo? Eles tinham o controlo e depois perderam o controlo de Hitler e dos nazis para os seus inimigos draconianos?

COBRA:

OK. A situação foi um pouco mais complexa. Não se trata apenas de Hitler. É sobre tudo o que estava a acontecer na Alemanha. E a Alemanha é um caso muito especial na história dos séculos XIX e XX. Na verdade havia… antes da Alemanha ser unificada havia um país chamado Prússia. E a Prússia tornou-se parte da Alemanha maior que surgiu depois e que tinha uma indústria muito forte e era cientificamente muito avançada e foi aí que os primeiros programas espaciais secretos já tinham começado no século XIX.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Está a falar do século 19?

COBRA:

1820-1830, quando as primeiras coisas aconteceram – muito antes de tonarem tudo secreto. Era um departamento militar. Era um programa secreto militar que poucas pessoas conheciam.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Então, foi mesmo antes da guerra franco-prussiana de 1871?

COBRA:

Sim, muito tempo antes – e as forças armadas da Prússia eram uma das forças armadas mais avançadas naquela época – e o que aconteceu foi que os Pleidianos viram a oportunidade de plantarem as sementes dum programa espacial secreto positivo e, então, contactaram telepaticamente muitas pessoas na Alemanha, inspirando-as a começarem a construir as suas próprias naves espaciais. No século XIX isso já estava a acontecer e, é claro que os primeiros protótipos eram muito grosseiros e não funcionavam. Então, no início do século 20, entraram em contacto com Maria Orsic espero que saibam e que estejam familiarizados com a história de Maria Orsic. Ela era uma médium, um canal. Ela canalizava os Pleidianos do sistema estelar Aldeberan, e foi convidada para um certo grupo chamado Sociedade Thule e, mais tarde, para a Sociedade Vril. E assim começou o programa espacial secreto alemão onde, muito cedo, os Rothschild infiltraram um grupo através de Hitler.

Havia um homem que fazia parte do grupo – na verdade, um dos fundadores do grupo – que era Rudolph Glauer e ele também era conhecido por Barão de Sebottendorff, e que estava associado muito profundamente a várias forças ocultas na Turquia e essas forças eram – e eu gostaria não aprofundar muito isso – mas essas forças começaram a controlar a narrativa desde então e, depois, surgiu Karl Haushofer – um daqueles alemães que viajou muito para o Oriente e depois foi identificado pelo grupo quimera. O grupo quimera, é claro, observando todo esse desenvolvimento constataram que esse programa alemão tinha potencial para um avanço, e que havia uma possibilidade real de que começassem a construir uma nave espacial operacional para contactarem com os Pleidianos e fizeram um primeiro contacto que pudesse vir a tornar-se público e decidiram intervir.

Então eles enviaram as facções draconianas do Tibete para entrarem em contacto com Haushofer. E Haushofer voltou para a Alemanha. Ele estava em contacto com Hitler e consequentemente os homens verdes começaram a controlar Hitler. Foram os draconianos que, então, assinaram um pacto com Hitler. E, é claro, esse não foi o único grupo que estava a influenciar Hitler. Os Rothschilds também estavam assim como os jesuítas também. Provavelmente conhece o grande pentagrama jesuíta dos campos de concentração, pelo que cada uma dessas facções tenha sua própria ideia do que aconteceria nessa guerra. Os jesuítas queriam ter campos de concentração e os Rothschilds queriam ganhar dinheiro. Os draconianos queriam controlar o planeta através de Hitler. O grupo quimera queria controlar a quarentena e depois os Pleidianos… Existe uma história sobre os Pleidianos. Os Pleidianos viram o que estava a acontecer e quiseram impedir o genocídio e, antes da Segunda Guerra Mundial, assinaram um contrato com Hitler.

Estes prometeram-lhe tecnologia em troca de que Hitler não iniciasse o genocídio e essa foi sua última tentativa de evitar o genocídio. Quando isso não aconteceu eles cortaram todo o seu contacto com Hitler e com os nazis. Acho que isso foi em 1941 ou 1942 para, posteriormente, os draconianos entregarem essa tecnologia a Hitler. Então, na realidade, essa foi uma guerra por procuração entre os draconianos e a Confederação. Através dessa guerra por procuração, a Segunda Guerra Mundial, grande parte da galáxia foi limpa. Foi como parte da guerra galáctica que tinha a sua âncora no plano físico do planeta Terra em que a Confederação teve uma vitória parcial e os nazis tiveram que se refugiar no mundo subterrâneo, de modo que parte deles foi para a Antártida e a outra parte para os Estados Unidos, através da Operação Paperclip pelo que, agora, temos os principais nazis a controlarem os Estados Unidos. Isso é o que está a acontecer e essa é a chamada cabala. Estão, naturalmente, fundidos com as linhagens. Muitos deles pertencem às linhagens ou agora, é claro, trabalham para as mesmas.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Entendo. Agora, Michael, antes de entrar nesse assunto… Sempre achei que Hitler estava apenas a mostrar muita independência, embora sob o jugo do apoio draconiano, senão sob o controlo completo deles… e que… como… quero saber, a posição dessas 13 linhagens nisso tudo, porque sempre suspeitei que eles perderam o controlo de Hitler e dos nazis e foi quando elas começaram a financiar e a colocar tudo o que tinham nos Aliados EUA, Reino Unido, URSS para esmagarem algo sobre o qual eles tinham perdido o controlo. É esse o caso? O quanto é precisa é essa informação?

MICHAEL SALLA:

Acha que Hitler simplesmente se desviou da rota… e que as famílias das linhagens o apoiaram? As elites industriais da sociedade Vril que colocaram Hitler no poder pensaram que podiam controlá-lo e, quando descobriram que não podiam e que ele estava pronto para começar essas guerras agressivas eles posicionaram-se contra ele algo que, na realidade, está documentado como por exemplo que Wilhem Canaris, que era o Almirante encarregado da inteligência militar alemã e outros industriais alemães, estavam prontos para derrubarem Hitler, durante a crise checa, e foram apanhados de surpresa com o acordo de Paz alcançado entre Chamberlain e Hitler, porque isso basicamente fortaleceu a facção de Hitler e então Hitler – agora que a sua posição era inatacável na cena política alemã –  continuou e invadiu a Polónia – e o resto é história.

Mas eu acho que o que aconteceu foi por causa da sua agressividade, e que ele estava a seguir o guião que os draconianos estavam a dar-lhe, e as famílias das linhagens ou as pessoas da sociedade Thule, realmente colocaram udo o que tinham no programa da Antártida e transferiram muito do pessoal e recursos para lá, desenvolvendo os programas fora da Alemanha, longe de Hitler que, certamente, não usufruiu ao máximo das tecnologias avançadas que eles tinham lá e que planejava usar para o esforço de guerra. Então, eles negaram-lhe e… no sentido em como isso contribuiu para que a Alemanha perdesse a guerra, embora os nazis, através da Operação Paperclip… conseguissem infiltrar-se nos Estados Unidos e, basicamente, implementarem um Quarto Reich com a cooperação das elites alemãs ou do programa espacial alemão da Antártida.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Ok, Cobra, uma última palavra sobre… o que foi? O caso das 13 linhagens de sangue – a nobreza negra -terem perdido o controle de Hitler e dos nazis e depois terem usado e apoiado os EUA, o Reino Unido e a URSS para o esmagar. Foi o que aconteceu? Foi isso que aconteceu?

COBRA:

Eu não vejo isso dessa maneira. Eu vejo… como eles sempre fazem… eles queriam uma guerra. Eles queriam um conflito. Eles queriam… Porque os Rothschild estavam a ganhar muito dinheiro com isso. Todos estavam a ganhar algo pelos seus objetivos. Eles queriam essa guerra e não se preocupavam com Hitler ou com os nazis. Para eles é apenas um lado do conflito. E sabe que havia fábricas nos Estados Unidos a produzirem armas para a Alemanha, por exemplo… coisas como essas aconteceram… então era do seu interesse que isso acontecesse. Parece que, quando viram que a Alemanha ia perder a guerra eles criaram um novo guião. Acabaram por fazer um plano para a rendição da Alemanha… para a infiltração de nazis nos Estados Unidos… Remoção dos programas mais sensíveis para a Antártida e todos ficaram felizes.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Ok, então eles não eram… a nobreza negra, da sua perspectiva, não estava nervosa com o facto de Hitler e os nazis assumirem o controlo e irem trabalhar para os draconianos… os seus rivais de longa data sabe Deus desde quando?

COBRA:

Eles não estavam nervosos porque tinham o mesmo objectivo, embora de uma perspectiva diferente. É como se houvesse sempre uma rivalidade entre os draconianos e a nobreza negra, mas essa rivalidade não era como uma questão de sobrevivência. Eles estavam na mesma página. O conflito real… a polarização real… era entre as Forças da Luz e das trevas. As facções das trevas, na verdade, muitas vezes podem concordar melhor entre si do que as facções da Luz.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Sim sim. Eu estava prestes a dizer que eles muitas vezes trabalham juntos na medida em que se adequam aos seus objetivos.

COBRA:

Exatamente.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

OK. Uma coisa da qual eu me quero certificar, antes de avançarmos, é sobre quem especificamente foi o responsável pelo Holocausto. Tal como eu entendi foi como que uma operação dos jesuítas…

COBRA:

Sim.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Se foi esse o caso por que, especificamente, os jesuítas sacrificaram todas aquelas vítimas do Holocausto?

COBRA:

Eles estavam a venerar uma entidade chamada Moloch. E isso é… eles queriam realmente criar um portal através do qual transformariam o planeta Terra num planeta das trevas. Eles queriam reintroduzir a Idade das Trevas… na verdade, a Idade Média.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Humm. Sim, definitivamente. Ok, vamos em frente… aqui vamos nós. Agora, Michael, tem actualizações de estado ou qualquer informação recente sobre o o programa espacial de nível mais baixo – aquilo a que David Wilcock chamou de programa espacial secreto do complexo militar industrial [PES CMI] de nível inferior, bem como o papel da Marinha dos EUA nisso tudo? E o PES CMI é uma facção separada do programa espacial da Marinha ou são ambos a mesma coisa?

MICHAEL SALLA:

Acho que esse é o caso, que o PES CMI ou o programa espacial secreto da Força Aérea (USAF), é muito diferente do da Marinha. Eu acho que o programa da Força Aérea realmente está muito mais concentrado na vigilância da Terra e monitorização do tráfego nas proximidades e talvez algumas missões menores à Lua… talvez até Marte… mas como sabe usam as suas naves TR3… Todavia, eu não acho que eles disponham de tecnologias mais avançadas, tecnologias envolvendo algum tipo de naves espaciais interestelares e, sabe, com as tripulações que estão nesses programas de “Vinte e voltar” que é o que a Marinha faz desde há décadas. No entanto, acho que o que estamos a ver de momento é a lenta revelação do PES da Força Aérea e é isso que eles querem fazer, porque acho que eles sentem que ao revelarem esse programa terão mais recursos e talvez eles adquiram tecnologia melhor, porque acredito que qualquer… devido à compartimentalização… as pessoas do Programa Espacial Secreto da Força aérea não estejam cientes do que a Marinha conseguiu. E sabe que acredito que, devido a rivalidades e compartimentaçização entre serviços, eles não acreditam que a Marinha tenha um programa espacial. Acho que existe uma suspeita de que isso seja real – algumas pessoas credíveis que denunciaram isso e, mais recentemente, uma pessoa que acabou de se revelar – quero dizer, apenas ontem, na verdade deu a primeira entrevista gravada em vídeo, de Michael Gerloff, que na verdade fez parte dos Fuzileiros Espaciais – mas que serviu num programa “Vinte e voltar” e o que o torna diferente das outras pessoas do “Vinte e voltar” que surgiram é que ele tem muitos documentos que disponibilizou para serem divulgados e assim, ao longo dessa série de vídeos que estou a fazer com ele, vou revelar mais desses documentos que demonstram que ele é alguém que deve ser levado muito a sério e que acho que pode ser o catalisador para muitas outras pessoas que serviram no programa espacial da Marinha se revelarem e acho que isso levará a narrativa de Divulgação da Força Aérea a mudar, de modo a amplia-la um pouco, porque acho que irão perceber que eles também (USAF) foram manipulados.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Entendo, tudo bem. Bem, é óptimo saber que continua a compilar provas e depois a Divulgar esse testemunho em vídeo e assim por diante. Isso é realmente óptimo de se assistir.

COBRA:

Tenho algumas coisas a dizer sobre a situação. Primeiro sobre esse novo denunciante que apareceu e os seus documentos… havia um certo documento chamado Mars-GRAM e sobre o qual eu tenho a dizer que isso não tem nada a ver com o planeta Marte – é simplesmente um sistema militar auxiliar de rádio. É um sistema de rádio que alguns radio amadores podem usar para apoiarem as operações militares e não tem nada a ver com o planeta Marte. Eu tenho que dizer isso.

Além disso outra coisa que eu preciso de dizer é que o Programa Espacial Secreto da Marinha foi apoiado e ainda é apoiado pela Confederação Galáctica. Eu diria que o foco aplicado no programa espacial da Marinha é muito maior do que no Programa Espacial da Força Aérea e, então, novamente temos essa tensão que faz parte do…. Eu diria que uma guerra de procuração entre o grupo quimera e a Confederação, com o grupo quimera a tentar orientar a narrativa através do programa espacial da Força Aérea é a razão pela qual, agora, a Força Aérea está tão focada em aumentar a actividade da órbita Baixa da Terra e aumentar a presença militar na órbita terrestre, porque o grupo quimera teme o fim do estado de quarentena. Teme a chamada “invasão” da Confederação Galáctica. E, realmente, emitiram alguns memorandos sobre isso.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Está bem, está bem. É verdade que o PES CMI de nível mais baixo, que eu acredito que seja controlado por uma facção positiva, recentemente construiu e está a usar naves espaciais avançadas de combate tão boas quanto as da Frota Escura e da frota draconiana? E o exemplo a ser dado foi – acho que foi em Janeiro de 2016 – quando a Frota Escura tentou levantar voo da Antártica levando um número significativo de membros da cabala para tentarem fugir do planeta e foi atacada por aquelas naves de forma bifurcada que se acredita serem do PES CMI de nível inferior.

COBRA:

Essencialmente os EUA não são o único país que tem um Programa de Espaço Secreto. Também os russos e os chineses têm seu próprio programa espacial. E eu diria que a Aliança positiva apoia bastante os programas espaciais chineses e russos.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Está bem, está bem. Michael, por favor…

MICHAEL SALLA:

Sim. Da mesma forma, essa foi a informação que recebi, de que as naves que foram utilizadas na Antártida contra a frota escura e que pertencem à Aliança da Terra e que os russos e outras nações da Aliança dos BRICS foram responsáveis por isso. Mas isso é muito diferente do programa da Força Aérea. Eu diria que a Força Aérea não possui esse tipo de tecnologia avançada e que a sua tecnologia ainda é muito primitiva em relação a, sabe, ao que as Corporações têm ou ao que a Marinha tem lá em cima. Todavia, quero ressalvar que, para o Programa Espacial da Força Aérea ou para aqueles envolvidos nessa narrativa de Divulgação proveniente da Força Aérea, houve uma grande mudança no início deste ano.

Houve um documento divulgado e que foi vazado, da Agência de Inteligência de Defesa em que, pela primeira vez, a Força Aérea e a comunidade das Agências de Inteligência de Defesa falavam sobre extraterrestres de aparência humana. Isso nunca aconteceu antes com nenhum dos outros documentos do Majestic 12. Nenhum deles falava sobre extraterrestres para além de Grays [cinzentos], mas agora com este novo documento que surgiu em que a Agência de Inteligência de Defesa fala sobre Tesla e extraterrestres humanos que estiveram cá e que entraram em contacto diplomático com Eisenhower e assim por diante. Então, eu acho que o que estamos a ver é uma espécie de convergência em termos do tipo de iniciativa de divulgação que a Marinha procura e que a Força Aérea está preparada para aceitar, pelo que é muito encorajador. Porque acho que as pessoas da Força Aérea estão a começar a aceitar algumas das narrativas das pessoas da Marinha.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Ok, interessante. Bem, sim, isso é encorajador. Agora, Cobra, sei que não gosta de falar números e porcentagens e tudo isso… todavia, simplesmente não consegui resistir – bom, é para ambos. Qual é a sua mais recente ou mais actual informação sobre os números reais que sobraram da Frota Escura e da frota draconiana? Eles ainda têm forças de combate significativas – no que diz respeito à baixa orbita terrestre?

MICHAEL SALLA:

Certo, bem, de acordo com a informação de Corey Goode a Frota Escura tem sido dizimada pela quarentena imposta no Sistema Solar que impediu que reforços viessem e que, realmente, apenas o Conglomerado Corporativo Interplanetário é que viaja por aí, tanto quanto as tecnologias mais avançadas que as facções das trevas ou as facções Rothschild possam conseguir. Mas, sabe, eles estão a perder poder. Quero dizer o que nós… o que descreveu em termos da Antártica em 2016, acho que foi um grande choque para eles saberem que existia um programa espacial humano que não era controlado pelo Conglomerado Corporativo Interplanetário ou pela Frota Escura e que fosse tão avançada quanto o deles. Sim, isso não era algo que …

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

E estamos a falar da Aliança da Terra, certo? Foi a Aliança da Terra que os atacou?

MICHAEL SALLA:

Certo, correcto.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Porque essa informação veio da Aliança do PES. Sabe, a Solar Warden [Ala Solar] tal como eu entendi, pelo que então é importante.

MICHAEL SALLA:

Isso mesmo, sim. O programa Solar Warden da Marinha apenas funciona no espaço profundo. Eles não têm qualquer tipo de papel significativo a desempenhar sobre o que está acontecer em torno da Terra. Isso normalmente está, sabe, a cargo da Força Aérea que é o principal interveniente. Mas a Força Aérea não tem nenhum tipo de tecnologia para enfrentar o que Conglomerado Corporativo Interplanetário pode fazer ou o que a Frota Escura pelo que sempre tiveram carta branca para se movimentarem como entendessem. Mas agora com eta aliança terrestre o assunto… a dinâmica mudou significativamente.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Sim. Vá em frente, COBRA:

COBRA:

Ok, não vou dar nenhum número… por razões óbvias…. A razão pela qual eu não quero dar nenhum número é porque nós não somos os únicos a ouvir este programa e algumas informações são sensíveis, mas eu diria que haverá cada vez mais foco nas operações na órbita baixa terrestre. Muitas coisas estão a acontecer na órbita baixa da Terra e tornar-se-ão cada vez mais públicas. Vários grupos de interesse, várias facções irão colocar… desejarão ter presença lá, porque é a última linha de defesa antes da libertação planetária.

Então, veremos muitas novidades sobre isso no futuro próximo, com várias facções ditas do Programa Espacial Secreto a começarem – e terão que começar – a comunicarem-se uns com os outros porque cada vez mais isso é revelado e divulgado à população em geral, de modo que as pessoas em vários cargos dentro desses programas serão forçadas pela situação a começarem a cooperar de uma forma ou de outra pelo que, então, tudo isso fará parte do processo de Divulgação de uma forma ou de outra.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Ok, então, pelo menos, a Frota Escura e a frota draconiana são ainda uma força significativa na órbita baixa e superfície da Terra? Concordaria com isso?

COBRA:

Eu diria que partes da Frota Escura e da frota draconiana estão sob o comando completo do grupo quimera, mas está a diminuir muito rapidamente.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

OK. As pessoas apreciam ouvir isso não por medo mas apenas porque, sabe, tudo isso está a demorar muito e assim, por questões de inspiração e de motivação, que é aliás a razão de existir do Ground Crew Command, sabe… agora, o próprio grupo quimera… eles ainda dispõem de alguma frota importante ou resta-lhes apenas a utilização de portais ou ainda controlam rigorosamente a Frota Escura e a Frota Draconiana?

COBRA:

Ok. Eles estão no topo. Eles têm algum equipamento de topo e eles têm algumas câmaras de teletransporte. Eles não têm muitas coisas. Eles tendem a a actuar nos bastidores e não directamente envolvidos, tanto quanto possível porque, cada vez que eles fazem alguma coisa… eles expõem-se. Eles preferem expor os seus lacaios draconianos e deixá-los ser eles a fazer o trabalho sujo.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Sim, sim. É justo. Cobra, publicou numa das suas últimas actualizações que uma parcela significativa do grupo Chimue era, 80 ou algo assim, há um mês atrás, e creio que disse depois na sua última publicação… que uma parcela significativa foi retirada planeta pelas Forças da Luz. Se foi esse o caso, está autorizado a fornecer qualquer número actualizado de quantos restam… ainda estão em liberdade?

COBRA:

Novamente, por razões óbvias, não darei um novo número, mas eu diria que o grupo… sabe, os mais difíceis permanecerão até ao fim e agora temos um grupo muito difícil, muito pequeno, que está tecnologicamente no topo e uh… mas que, também, serão tratados sumariamente de uma forma ou de outro. No entanto, não vou dar nenhuma estimativa… nenhum número ou qualquer intervalo de tempo… por vários motivos.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Sim, Ok. Agora, qualquer um de vocês sabe se o PES CMI e a e o PES da Marinha estão a trabalhar estreitamente ou directamente com a Confederação Galáctica ainda? Assim como a antiga Ala Solar, aliás, a Aliança dos PES?

COBRA:

Ok, posso falar pela Frota Pleiadiana. A Frota Pleiadiana está em contacto directo com Putin e com as principais autoridades militares na Rússia. E este é agora o único país que tem uma comunicação directa. Existem planos para fazer isso também na China, mas nos Estados Unidos a situação é um pouco difícil porque há uma infiltração muito grande em todos os grupos, de modo que a frota Pleidiana é muito cuidadosa. Eles às vezes transmitem mensagens de advertência a certas facções que vão demasiado longe. E é tudo de momento.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Ok, está bem. Pode dizer Michael.

MICHAEL SALLA:

Sim, de acordo com as informações de William Tompkin, quero dizer ele disse que, historicamente, havia uma cooperação muito estreita entre os extraterrestres nórdicos e a Marinha e que actualmente os nórdicos estão a ajudar a Marinha a desenvolver a sua nova geração de grupos de batalha espacial que Bill Thompkins disse…. que actualmente existem oito grupos de combate espaciais por aí que fazem parte do programa Ala Solar. Esses foram desenvolvidos na década de 1980 e foram remodelados, mas uma geração completamente nova está a ser construída e que está projectado para estar operacional na década de 2030, e que eles foram construídos em plena cooperação com os nórdicos que ajudaram a Marinha e por isso eu acredito que essa relação é muito próxima.

Já o Programa Espacial Secreto da Força Aérea… trabalhou em estreita colaboração com os Reptilianos, com os Grays [cinzentos], com o Quarto Reich, de modo que é um programa muito mais limitado, como eu disse. Limitado às operações terrestres. Eu concordo com o que Cobra disse e que é definitivamente a informação que recebi sobre Putin, de que ele trabalha com esse Grupo Nórdico. Para além disso ele recebeu tecnologia avançada e por isso a Aliança da Terra desenvolveu tais tecnologias avançadas para se igualar aquelas que as corporações poderiam secretamente construir na Antártida.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

OK.

COBRA:

Ok, aqui tenho algo a esclarecer. Os Pleidianos foram… tiveram uma forte cooperação com o Programa Espacial Secreto da Marinha a partir da década de 1950 e até 1996. Depois houve a invasão arconte e essa ligação foi cortada. Perdeu-se a ligação. Agora, o que eles estão a fazer é… possuem um certo canal de comunicação, e não vou revelar como o fazem… mas eles… eles têm uma forma de fornecer informações a certas pessoas dentro da Marinha, através de um canal de comunicação diferente. Não é o mesmo que antes… a estrutura… a forma como eles influenciam positivamente o Programa Espacial Secreto da Marinha, agora, é diferente.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

OK. Eu apenas desejo… porque eu sei que as pessoas são curiosas apenas para se poderem guiar no que diz respeito ao tipo de estrutura de comando existente em relação à Confederação Galáctica, à Marinha dos EUA… também conhecida como… sabe … Aliança dos PES e ao nível mais baixo, o PES CMI, que tem aludido como sendo basicamente a Força Aérea. Eles são todos… eles ainda estão a trabalhar de forma independente, especificamente em relação ao PES MIC da Força Aérea e ao PES da Marinha dos EUA? Eles ainda são muito independentes ou existe algum tipo de troca de influências entre eles?

COBRA:

Então, como eu disse, o Programa espacial secreto da Marinha recebe informações e orientação dos Pleiadianos e orientação da Confederação Galáctica, de uma forma não directa. Não é como uma estrutura de comando. É mais como uma orientação inspiradora. A Força Aérea recebe… está mais no controle do grupo chimera. Eu diria que muitos dos membros restantes do grupo quimera estão posicionados dentro da Força Aérea, da Força Aérea dos EUA (USAF) e, também, entre os militares de outros países.  Pode encontrá-los mesmo na China e na Rússia também e é preciso que saibam que, também… nos Serviços Secretos… Todavia, a cadeia de comando é mais directa do grupo quimera para certas hierarquias mais elevadas na Força Aérea. É mais como uma estrutura de comando directo. E é claro que os Grays, os reptilianos, os draconianos estavam mais envolvidos nesse programa no passado e, agora, na medida em que os seus números estão a diminuir, o seu poder também. É mais como uma transmissão directa de energia do grupo quimera para as altas patentes na Força Aérea.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Ok, interessante… Desculpe, Michael, vá em frente.

MICHAEL SALLA:

Eu só queria acrescentar que eu concordo com o que Cobra disse. Só desejo adicionar… ou enfatizar o que eu disse anteriormente de que, sabe, existe estes últimos desenvolvimentos relativos ao Programa Espacial Secreto da Força Aérea, através deste documento que foi lançado no início deste ano, o documento da Agência de Inteligência da Defesa onde esta nova narrativa, agora, está a emergir, dos extraterrestres de aparência humana, realmente a trabalhar com a Força Aérea… tendo estado envolvidos em relações diplomáticas. Então, eles estão a apresentar uma nova narrativa e acho que é porque existem pessoas nas hierarquias da Força Aérea que agora pensam que, quando a Divulgação tiver início será focada em extraterrestres com aparência semelhante à nosso… e que todos aqueles tipos de cenários de invasões alienígenas não tem possibilidades de serem bem-sucedidos. Dessa forma eles vão avançar com um processo de Divulgação extraterrestre com seres de aparência humana… e a questão é saber como a Força Aérea vai trabalhar com esses tipos de… com o Vaticano e com os jesuítas… no desenvolvimento de um grupo de extraterrestres de aparência humana que realmente não estão aliados à Confederação mais positiva ou se será algum grupo verdadeiramente positivo da Confederação. Sabe, Corey Goode pensa que o Vaticano está pronto para Divulgar um grupo de extraterrestres de aparência humana que fazem parte da Confederação. Eu pergunto se as informações podem… realmente fazer isso, mas eu definitivamente acho que isso é uma possibilidade.

COBRA:

Eu diria que os Pleidianos e a Confederação não farão isso. Não abordarão a Humanidade através do Vaticano. O Vaticano, é claro, precisará ou acompanhará esse processo de Divulgação integral porque terá que, e eu diria que as civilizações extraterrestres positivas estão a entrar em contacto com qualquer pessoa que consigam, de qualquer forma que eles possível, porque querem ver este planeta livre pelo que as pessoas, em todos os sectores da vida, em todos os lugares estão a ser contatadas telepaticamente e energicamente e serão fisicamente contactada também quando chegar a hora.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Sim, eu diria sobre o Vaticano… que por razões óbvias eles precisam ser vigiados muito de perto e tenho certeza de que existe um plano… o plano de que fala ou do qual que eles estão a falar na Força Aérea. Mas Michael, só estou preocupado… Não tenho certeza se eles conhecem bem o Vaticano… o quanto eles conhecem os jesuítas. E estou apenas a questionar… sim … o quanto eles conhecem os jesuítas e os que estão no comando… Vá em frente.

MICHAEL SALLA:

Na verdade o Vaticano trabalha com a Força Aérea há muito tempo sobre essas questões. O Vaticano tem sido, sabe, uma força-chave em termos de arrecadar dinheiro para os programas espaciais secretos de nível inferior, numa lavagem de dinheiro através dos orçamentos ocultos e muitos dos mecanismos ilícitos existentes. O Vaticano esteve envolvido nisso. Para além disso, o Vaticano esteve envolvido em partilhar algumas das tecnologias avançadas com a Força Aérea, sabe por exemplo a Tecnologia do Cronovisor, em que eles conseguem ver o Futuro.

Há um livro do padre Pellegrino Ernetti chamado “The Chronovisor” [O Cronovisor] em que… ele descreve como o Vaticano desenvolveu essa tecnologia do Cronovisor e Andrew Basiago diz que ele realmente se lembra de ver o padre Ernetti a ser homenageado pela CIA por ter desempenhado um papel na partilha dessa tecnologia desenvolvida pelo Vaticano com a CIA.

Então, sim, o Vaticano tem trabalhado em estreita colaboração com a Força Aérea desde há muito tempo… e é por isso que penso que essa possibilidade de uma espécie de extraterrestre de aparência humana está a ser desenvolvida.  Como sabe, o processo de Divulgação sancionado pelo Vaticano e pela Força Aérea é uma possibilidade real. Se é um grupo positivo ou algum tipo de grupo impostor, é algo que teremos que descobrir.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Sim, algo que teremos que descobrir… porque estou com dificuldades em confiar nos jesuítas.

COBRA:

Eu preciso dizer que a Divulgação – a Divulgação real – não acontecerá no Vaticano. Não vai acontecer por aí.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Ok, sabemos cavalheiros que sabem que… que existem algumas facções envolvidas. Quero dizer, parece que isto fica como que… sabe… a maioria dos representantes da galáxia está aqui e ainda para mais com todas as várias facções da Terra, tanto positivas quanto negativas, e fica muito complicado. E tenho certeza de que existem muitas facções positivas que estão dispostas a trabalharem com o Vaticano e que existem outras facções positivas que eu tenho certeza que não… não gostariam de trabalhar com Vaticano ou qualquer coisa jesuíta – e isso seria compreensível dada a sua história… é melhor avançar com… para nossa audiência, desejo esclarecer esta única coisa. Os Chefes de Estado Maior do Pentágono e o General Dunford como o seu responsável, realmente têm o controlo efectivo do PES CMI e do PES da Marinha a este respeito?

MICHAEL SALLA:

Não, eles não têm nenhuma influência real… Quero dizer, o Estado-Maior é realmente apenas o órgão administrativo que não tem o controlo efectivo sobre o… sabe, existem dez comandos de combate por todo o planeta dos EUA  e os Chefes do Estado-Maior não controlam nenhum deles … eles reportam directamente ao Secretário da Defesa e ao Presidente, pelo que os Chefes de Estado Maior não controlam o Programa Espacial Secreto da Força Aérea ou o Programa Espacial Secreto da Marinha. Em ambos esses programas são as pessoas que têm algum tipo de necessidade de saber a informação nos compartimentos relevantes da Força Aérea e da Marinha que efectivamente estão a estabelecer a política para isso. E, sabe, uma das coisas que William Thompkins disse que fazia parte era das reuniões WEST que a Marinha fazia… As reuniões da WEST, na área de San Diego todos os ano onde eles gostariam, sabe, de ter muitas ideias, partilhar um monte de ideias e que esse tipo de fluxo era o que a Marinha planejava fazer.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Mm-hmm, ok, sim. Bem, obrigado por esclarecer isso porque as pessoas tornaram o General Dunford numa espécie de herói e, por uma boa razão, ele parecia ser um líder forte, sabe… um verdadeiro patriota constitucional dos Chapeus Brancos e … mas, sabe, nós precisávamos dessa informação, em termos do quadro maior das coisas e o que eles, realmente, são responsáveis ​​e controlam.

Ok, mudando de assunto para… vamos ao fundo da questão desta coisa toda da Loja Maçónica P2, na Itália, que nos dizem que controla o Vaticano. Agora, é aí onde… a Loja Maçónica P2 é aquela onde os cabecilhas da nobreza negra das 13 famílias de linhagens se encontram ou é composta por maçons reais de 33º grau que não são membros das treze famílias de linhagens e actuam independentemente das famílias da linhagem?

COBRA:

Na verdade, esta loja é apenas um veículo para as famílias das linhagens – e não o único – muitos são membros e pertencem às famílias, mas muitos são apenas maçons regulares de alto grau que se encontram e que não tem ideia do que está a acontecer nos bastidores, então, se é… por exemplo, se são pessoas que estão a ser… estão a subir a escada da hierarquia da maçonaria… antes de chegarem ao 32º nível, eles não sabem que há algo sinistro no topo, eles não tem ideia da infiltração, pelo que então eles começam a perceber no se meteram e a Loja P2 é apenas um dos instrumentos – um dos veículos – que as famílias de arcontes reais utilizam… e eles também têm outros grupos secretos em Roma, onde se encontram mais abertamente.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

OK. As 13 famílias das linhagens são os chamados descendentes desses gigantes pré-Adamitas, certo?

COBRA:

Sim.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Ok. Agora, eles estão acima ou abaixo dos jesuítas?

COBRA:

As verdadeiras famílias arcontes estão acima dos jesuítas… a organização jesuíta é uma das suas criações, como a Inquisição foi uma das suas criações, como os Cavaleiros de Malta são a sua criação, por exemplo.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Entendo. Entendido. Obrigado por esse esclarecimento. Comité dos 200… Em que estado estão agora?

COBRA:

Novamente, esta é apenas uma das partes que organiza a cabala… como a Comissão Trilateral…. Como existem diferentes grupos que estão interconectados… e é assim que são as redes da cabala. Eles têm redes como se tivessem sindicatos, como em muitos outros grupos de redes no lado positivo. Eles têm os seus próprios grupos de redes… não é… não existe um único grupo no topo que controle tudo – é uma rede –  uma rede interconectada.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Ok, vamos em frente. Corey tem dito que a cabala tem tido problemas para usar a IA recentemente para calcular as linhas temporais prováveis ​… onde eles sempre barrariam as linhas temporais positivas antes que o planeta chegasse a elas, por qualquer meio que eles tivessem à sua disposição – um deles sendo por meio de operações de bandeira falsa. Algum de vós tem alguma informação recente sobre essa situação, sobre se eles influenciam a selecção das linhas temporais?

COBRA:

Eles tiveram problemas com isso desde 2012. Os problemas continuarão porque eles não entendem a Luz. Eles realmente não entendem que Luz será vitoriosa… que isso vai acabar e eles não serão capazes de entender isso até que acabe.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Ok, Michael, quer acrescentar alguma coisa sobre isso antes de seguirmos em frente?

MICHAEL SALLA:

Certo. Eu acho que é porque estamos a entrar nesta região da galáxia onde há mais raios cósmicos de nível superior que vêm aumentando a Consciência ou, pelo menos, aceleram a Consciência. Sabe as pessoas, dependendo da sua orientação, tornam-se mais positivas ou mais negativas. Esse é provavelmente um dos factores pelo qual esse tipo de tecnologia não é bem-sucedida, pois é capaz de prever as linhas temporais e, portanto, torna mais difícil aos grupos negativos poderem antecipar o que… as mudanças positivas estão a superar.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

E basicamente mexer com a capacidade de eliminar algo do passado, por assim dizer, antes que o planeta continue por essa linha de tempo positiva, tal como eu entendo. Ok, agora têm sido bastante interessantes… digamos… os comentários, as observações… por exemplo, David Wilcock na sua recente publicação… diz que isto é o silêncio antes da tempestade, e nós temos as fontes de Fulford e até mesmo Trump a aludirem a que algo grande está para chegar. O recente tweet de Julian Assange, revelando apenas chaves de criptografia e também de Sean Hannity da Fox News a dizer que haverá um grande anúncio… O que é isso? Isso tem a ver com o crescendo até ao grande dia Luciferiano e Dia das Bruxas de 4 de Novembro… e outras facções positivas a tentarem derruba-los tentando vencê-los fazendo algo… digamos … muito significativo?

MICHAEL SALLA:

Existem diferentes formas de ver essa calma antes da tempestade. Eu sei que uma das coisas de que Trump foi informado é que o programa espacial secreto de nível inferior reuniu muitos dos seus recursos militares para utilizar na Coreia do Norte e está a preparar-se para revelar as suas infra-estruturas militares muito, muito rapidamente. Quero dizer, a guerra aérea contra o Iraque demorou cerca de três semanas a degradar o sistema de defesa aérea da nação iraquiana ou do exército iraquiano. Eles terão que fazer o mesmo com a Coreia do Norte, mas dentro de… em questão de minutos… e então aí… sabe, o que Trump foi informado foi da tecnologia da Haste de Deus [Rodo f God], os satélites Mazer de armas de energia dirigida e outros tipos de sistemas avançados de armas que conseguiriam destruir o arsenal militar que a Coreia do Norte tem. Mas, é claro – e essa seria realmente uma forma do programa espacial secreto – do nível mais baixo – ser revelado mas, é claro, sabe que essa não é realmente uma forma muito desejável de o fazer. Mas, acho que isso é o que Trump quis dizer com essa calma antes da tempestade.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

OK. Cobra, o que tem a dizer sobre isso?

COBRA:

Sim, eu diria que muitas coisas estão a ser preparadas nos bastidores. Não tenho permissão para falar sobre isso, mas este Outono será muito interessante, muito dinâmico. Muitas coisas a acontecerem tanto do lado bom quanto do mau. Haverão muitas surpresas. Eu simplesmente diria que precisam de estar calmos e centrados… independentemente do que aconteça… e estejam preparados para tudo. E neste momento eu tenho que ir, pelo que então eu gostaria de agradecer a todos vós, senhores, por esta interessante entrevista e desejo a todos o melhor e… Vitória da Luz.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Muito obrigado, Cobra, pelo seu tempo. Agradecemos-lhe por isso. E termino, porque este é um grande exemplo do verdadeiro poder que temos sem perceber… sem o compreender completamente. E isso é um fenómeno energético fundamental, quando viajamos para os planos não-físicos desde os nossos corpos físicos. Realmente temos muito mais poder do que se nós estivéssemos, sabe, a morrer fisicamente e depois existíssemos no plano de plasma ou o plano etérico somente. E é algo que, sabe, que descobri pelas minhas próprias experiências também, e a analogia que Julien Wells trouxe foi como a história do Super Homem, quando ele deixou o seu planeta, e também alguns vilões num desses filmes… os mais antigos dos anos 80… estavam a persegui-lo e todos vieram até à Terra e descobriram que eles tinham esses poderes incríveis ao estarem num planeta diferente.

Também descobri que, não há muito tempo, a técnica de cura crítica da recuperação de fragmentos de Alma é algo que só pode fazer enquanto ainda se está no plano físico – ou pelo plano físico – e então o que eu estou a tentar alcançar é, sabe, nós Trabalhadores de Luz na superfície, ainda temos um potencial enorme e com algum treino básico podemos aprender a projectar essa Consciência no plano físico… e, nos planos não físicos e realmente usarmos o que existe inatamente em nós – e que ainda é subaproveitado – e que centrado em torno da campanha de reactivação de 144 mil. Então o… em primeiro lugar, Cobra, e porque sabe muito sobre os aspectos não físicos das coisas… o que tem a dizer sobre isso?

COBRA:

Sim, a chave do nosso poder é ligarmos o físico e o não-físico para trazer o plano – para trazer a Luz – que já existe no não-físico através de todos os planos, perfurando o plasma, ancorando no corpo físico e executando as nossas missões. Os 144.000… nascemos com uma missão. Cada um de nós tem uma missão. Faça-a. Execute-a e teremos sucesso – e seremos vitoriosos. Vitória da Luz – e obrigado.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Falou muito bem Cobra. E, Michael, últimas palavras?

MICHAEL SALLA:

Eu sinto que o nosso poder de manifestarmos colectivamente a realidade dos nossos sonhos mais elevados vai tornar-se algo que compreendemos quando cada vez mais pessoas adoptarem a informação que foi partilhada aqui nesta noite e através da internet, através de vídeos e assim por diante, debatendo todas estas informações, na medida em que cada vez mais pessoas percebem o quão fundamental e importante é envolver-se com esse nível de informação. Então, vamos juntar-nos colectivamente e manifestarmos algo que realmente seja bastante surpreendente, e estou ansioso por isso. E obrigado por fazer este programa e convidar o Cobra para participar.

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

Sim. Bem, igualmente, Michael. Continue  a fazer o que está a fazer e foi um verdadeiro prazer conhecê-lo na conferência do eclipse solar no Monte Shasta… que foi a … 21 de Agosto? No Eclipse Solar da Divulgação Total – ou seja lá qual for o nome que lhe deram. Estou sempre a esquecer-me do título completo dessa conferência particular com o Corey Goode. E, de qualquer forma, mantenha contacto se tiver algo de novo… interessante… ou qualquer actualização. E obrigado novamente pelo seu tempo connosco.

MICHAEL SALLA:

De nada. Aloha!

O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ:

OK. Aloha. Foi o Michael Salla do Exopolitics Institute e do Exopolitics.org. Michael se ainda estiver no ar… apenas diga o nome de seu site. Eu acredito que é o Exopolitics.org – eu acredito que está correcto – e, claro, o site do Cobra – 2012portal.blogspot.com – e pessoal, aí têm. Eu prometi-lhe que seria uma discussão e entrevistas estonteantes e que iríamos fazer as perguntas mais importantes e profundas – e de facto fizemos isso – daqui fala O GUERREIRO DESCONHECIDO DA LUZ e está a ouvir a Ground Crew Command Radio. Volto de seguida, após esta curta pausa musical, para as notícias, pelo que então fiquem atentos…
Fonte: http://2012portal.blogspot.se/…/joint-cobra-dr-michael-sall…

Deixar uma resposta

Top
%d bloggers like this: